Fifa anuncia uso do impedimento semiautomático na Copa do Catar; veja como tecnologia funciona - Esportes - Estadão

01/07/2022 22:00:00

Recurso tem como objetivo diminuir o tempo de checagem do VAR e tomar decisões mais certeiras

IMPEDIMENTO AUTOMÁTICO Como vai funcionar nova tecnologia da Fifa para a Copa do Mundo no Catar? Assista e saiba mais

Recurso tem como objetivo diminuir o tempo de checagem do VAR e tomar decisões mais certeiras

irão utilizar uma tecnologia semiautomática para detecção de impedimento, com o objetivo de dar mais agilidade às partidas e diminuir o tempo de checagem do VAR. O uso do recurso vinha sendo debatido há algum tempo dentro da entidade e, até o início de junho, ainda era incerto se haveria aprovação.

O"impedimento semiautomático" promete decisões certeiras a respeito de marcações difíceis dentro de 20 a 25 segundos. Hoje, com o VAR, o tempo médio é de 70 segundos. A implementação do mecanismo envolverá uma série de adaptações que vão do estádio à bola utilizada nas partidas. No Brasil, alguns impedimentos levam mais tempo para ter uma checagem correta.

Consulte Mais informação: Estadão 🗞️ »

Human Rights Watch diz que direitos indígenas estão sob ameaça grave no Brasil

Relatório cita invasão de terras indígenas e os assassinatos do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips. Consulte Mais informação >>

FIFA anuncia utilização de tecnologia de impedimento na Copa do Mundo de 2022Recurso semiautomático utilizado no Mundial de Clubes e na Copa das Nações Árabes vai auxiliar árbitros e assistentes na marcação das irregularidades. Conheça:

Falso: Mundial de Clubes vai mudar o formato, mas Fifa não pensa em ignorar títulos antigosFalso: Mundial de Clubes vai mudar o formato, mas Fifa não pensa em ignorar títulos antigos No Twitter, publicação usa fala de 2019 do presidente da federação para sugerir que vencedores do passado seriam desconsiderados Só era oq faltava apagar a história dos clubes..n tem cabimento mesmo ganhou já tá na história

Fifa receberá mais US$ 92 milhões em compensações por investigação de corrupçãoDinheiro foi confiscado das contas bancárias de ex-autoridades envolvidas nos esquemas e posteriormente processadas Receber de quem?

Felipão festeja 20 anos do penta, conta bastidores da Copa e afirma que faria tudo do mesmo jeito - Esportes - EstadãoAtualmente no comando do Athletico-PR, treinador relembra trajetória da seleção brasileira no Mundial de 2002, quando bateu a Alemanha na final por 2 a 0, com dois gols de Ronaldo Esporte 20 anos sem ganhar uma copa 😭 Esporte 7 X 1 também faria tudo igual... Esporte Tem combinar se a arbitragem vai ajudar igual fez em 2002 contra a Bélgica.

Ao vivo - América-MG x Botafogo - Copa do Brasil 2022 - Acompanhe todos os lancesAcompanhe tudo sobre o jogo América-MG x Botafogo. Gols, escalações, placar ao vivo, resultado em tempo real, lance a lance.

20 anos do penta: onde estão os jogadores que conquistaram a Copa do Mundo?Todos os 23 jogadores já anunciaram sua aposentadoria, mas alguns ainda seguem no ramo esportivo...

Copa do Mundo do Catar irão utilizar uma tecnologia semiautomática para detecção de impedimento, com o objetivo de dar mais agilidade às partidas e diminuir o tempo de checagem do VAR.Mundial de Clubes e na Copa das Nações Árabes neste ano, será responsável por auxiliar os árbitros e assistentes na marcação das irregularidades.Competição tem novo formato anunciado, porém sem previsão concreta de sair do papel Lance! Galerias Nesta terça-feira (28), uma publicação sobre o Mundial de Clubes da Fifa ganhou popularidade no Twitter.Fifa suspende Joseph Blatter e Jérôme Valcke do futebol por mais seis anos Desde que o departamento revelou o inquérito em 2015, mais de 50 réus individuais e corporativos de mais de 20 países diferentes foram denunciados, segundo o Departamento, no geral por suborno relacionado a direitos de transmissão e marketing.

O uso do recurso vinha sendo debatido há algum tempo dentro da entidade e, até o início de junho, ainda era incerto se haveria aprovação. O"impedimento semiautomático" promete decisões certeiras a respeito de marcações difíceis dentro de 20 a 25 segundos. A tecnologia de impedimento semiautomatizado é uma evolução dos sistemas VAR que foram implementados em todo o mundo. Hoje, com o VAR, o tempo médio é de 70 segundos. Porém, tanto o novo formato da competição quanto essa afirmação de Infantino não são totalmente verdadeiras. A implementação do mecanismo envolverá uma série de adaptações que vão do estádio à bola utilizada nas partidas. A tecnologia será utilizada por meio de 12 câmeras espalhadas pelo estádio que vão acompanhar a trajetória da bola e até 29 pontos do corpo de cada jogador, calculando a posição exata dos atletas no campo. No Brasil, alguns impedimentos levam mais tempo para ter uma checagem correta.

Leia Também Fifa autoriza seleções a levarem até 26 jogadores para a Copa do Mundo do Catar "Estamos cientes de que, às vezes, o processo de verificação de um impedimento leva muito tempo. Com a utilização do recurso, um alerta de impedimento será imediatamente enviado à sala do VAR, que vai rever o lance manualmente pelos árbitros responsáveis na cabine. O formato, a distribuição de vagas e os critérios de seleção dos times não tinham sido decididos. É aqui que entra a tecnologia, para oferecer decisões mais rápidas e precisas", disse Pierluigi Collina, presidente do Comitê de Arbitragem da Fifa. "Os testes foram um sucesso e estamos muito confiantes de que, no Catar, teremos uma ferramenta de apoio muito valiosa para ajudar os árbitros e árbitros assistentes a tomar a melhor e mais correta decisão em campo. “O VAR já teve um impacto muito positivo no futebol e podemos ver que o número de grandes erros já foi drasticamente reduzido. Eu sei que já chamaram isso de 'impedimento robô', mas não é. O calendário de 2022 é apertado por causa da Copa do Mundo do Catar, realizada no final do ano — período no qual geralmente acontece o Mundial de Clubes. Os árbitros e os assistentes ainda são responsáveis pela decisão no campo de jogo", disse. “Os testes foram um grande sucesso e estamos muito confiantes de que, no Catar, teremos uma ferramenta de apoio muito valiosa para ajudar os árbitros e árbitros assistentes a tomar a melhor e mais correta decisão em campo", afirmou o chefe de arbitragem da FIFA, Pierluigi Collina.

  Como funciona Os estádios serão equipados com 12 câmeras superiores para rastrear a bola e a posição exata dos jogadores, com capacidade de diferenciar 29 pontos específicos do corpo de cada atleta, 50 vezes por segundo. A bola, por sua vez, terá um sensor instalado em seu centro para determinar o momento exato em que o autor do passe fez o contato com ela.. Quanto à suposta fala do dirigente, Infantino foi, na realidade, mal interpretado. Ou seja, o sistema automático promete juntar as duas informações primordiais para a marcação do impedimento: a posição do jogador que recebeu a bola e o instante do passe. Uma vez percebida a irregularidade, os dados serão processados por uma inteligência artificial que enviará um alerta à sala da equipe de arbitragem de vídeo. Os árbitros, então, vão checar a posição e a linha de impedimento, ambos gerados automaticamente, substituindo o atual traçamento manual de linhas, antes de comunicar a decisão ao árbitro de campo.

Depois, uma animação 3D será gerada com base nesses dados e exibida nos telões dos estádios e nas transmissões televisivas, no intuito de deixar o processo mais transparente e o torcedor mais calmo. Isso, contudo, não ocorrerá logo após o lance. As imagens só devem aparecer ao público na paralisação seguinte ao impedimento. Ajustes De acordo com a Fifa, uma pesquisa do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique está sendo realizada para trazer mais informações sobre a capacidade dos sistemas de rastreamento multicâmera. Além disso, afirmou que novos testes serão realizados nos próximos meses para"ajustar o sistema antes que um padrão global seja implementado".

A Fifa sempre determina que suas novas regras sejam treinadas em competições. "Essa tecnologia é o desfecho de três anos de pesquisa e testes dedicados para fornecer o melhor para as equipes, jogadores e torcedores que irão para a Copa do Mundo do Catar no fim deste ano. A Fifa está orgulhosa desse trabalho, pois esperamos que o mundo veja os benefícios da tecnologia semiautomática de impedimento na Copa. A Fifa está comprometida em aproveitar a tecnologia para melhorar o jogo de futebol em todos os níveis", afirmou Gianni Infantino, presidente da entidade. Os detalhes sobre a configuração da nova tecnologia serão apresentados às seleções participantes da Copa do Catar entre os dias 4 e 5 de julho, quando será realizado o Team Workshop, em Doha.

Notícias relacionadas .