Cerâmica vira ‘queridinha’ para a confecção de móveis e utensílios - Emais - Estadão

Cerâmica vira ‘queridinha’ para a confecção de móveis e utensílios

03/12/2021 22:10:00

Cerâmica vira ‘queridinha’ para a confecção de móveis e utensílios

Mesas de tijolos e bandejas feitas em bases de porcelanato são exemplos de peças de decoração que utilizam o material

produtos cerâmicos. Placas de porcelanato, azulejos e até mesmo tijolos. Todos eles pensados para construir e reformar, mas, atualmente, também bem-vindos na hora de decorar. Não que a utilização de materiais como ladrilhos cerâmicos e perfis metálicos na produção de mobiliário seja propriamente nova. No caso do arquiteto carioca

Noel Marinho- para citar apenas um entre os muitos modernistas brasileiros que se dedicaram à arte da azulejaria -, a ideia remonta às décadas de 1960 e 1970. Mas só agora se tornou realidade.“Tomei contato com essa produção na pesquisa que realizamos para lançar o livro retrospectivo de sua obra. Apesar de terem sido projetados há décadas, esses móveis trazem um dado de frescor, de leveza, mais do que nunca necessário nos nossos dias”, afirma a filha do artista, a arquiteta Patricia Marinho, que durante a quarentena editou os desenhos do pai, morto em 2018.

Consulte Mais informação: Estadão 🗞️ »

O Assunto #710: Por que 'homeschooling' é contra os pobres

A Câmara dos Deputados concluiu nesta quinta-feira a aprovação da lei que introduz o ensino domiciliar no país. O texto, que agora vai ao Senado, torna realidade uma bandeira levantada por Jair Bolsonaro e alguns de seus apoiadores mais ferrenhos desde o início do governo. Consulte Mais informação >>

Peraí. Estadão, começa a contratar alguém que viveu fora da zona sul, pelo amor de Deus.

BTS faz releitura natalina de 'Butter'; ouça - Emais - EstadãoBTS faz releitura natalina de 'Butter'; ouça - via Emais_Estadao Emais_Estadao Opa vou ouvir

Santas Casas de Misericórdias pressionam para que deputados barrem piso para enfermeiros - Economia - EstadãoProjeto na Câmara prevê um piso nacional de R$ 4,7 mil para enfermeiros; presidente da entidade que representa as Santas Casas disse que esse aumento vai tornar inviável a operação dos hospitais; texto já foi aprovado pelo Senado Economia Triste Economia Machismo acredito ser um dos componentes mais fortes para que o salario da profissão seja tão baixo comparado a outros profissionais da saúde. Por ser um espaço ocupado em sua maioria por mulheres, a categoria sofre pelo estigma de que mulher pode ganhar pouco. Economia Quando se trata de dar aumento para trabalhar e isto mais bolsa família auxílio Brasil auxílio regressão aí neguem fala nada

Tatá Werneck sobre nova logomarca da Globo: ‘Parece a do SBT’ | VEJA GenteEm meio à enxurrada de elogios de outros funcionários, apresentadora ironiza nova identidade visual no perfil da empresa e vira trending topic no Twitter Não sei nem o que essa stopô está fazendo na globo....🤮🤮🤮 Hahaha A Jão marinho chutou a porta do armário 😂😂😂

BTS lidera lista da Apple Music com 'Dynamite' - Emais - EstadãoBTS lidera lista de mais ouvidas do ano na Apple Music com 'Dynamite' (via Emais_Estadao) Emais_Estadao BOLSONARO ESTÁ QUEIMANDO E DESTRUINDO AS FLORESTAS DO BRASIL.SEM NATUREZA NÃO HÁ VIDA VOCÊ PODE ME ENTENDER? A AMAZÔNIA E AS FLORESTAS DO BRASIL ESTÃO SENDO DESTRUÍDAS! ISSO VAI CAUSAR CRISES CLIMÁTICAS,SECAS,INUNDAÇÕES, FALTA DE ÁGUA,POLUIÇÃO E MORTES NO BRASIL. 'OXOSSI '

Alemanha restringe circulação de não vacinados para conter contaminação recorde - Internacional - EstadãoChanceler anunciou proibição de acesso a lojas não essenciais e estabelecimentos culturais; país estuda impor ordem geral de vacinação no ano que vem Inter Lockdown para antivaxx tem um nome, se chama cadeia. Um governante competente não pode deixar essa corja ande livremente. Inter Vai dar certo! 🤣 Inter ⭐⭐⭐⭐⭐

SP reduz para 4 meses intervalo para a dose adicional contra covid-19 - Saúde - EstadãoMedida é válida para quem já tomou duas doses de Coronavac, AstraZeneca ou Pfizer; anteriormente, Ministério da Saúde havia determinado que o espaçamento mínimo deveria ser de cinco meses Confia

e, sobretudo, produtos cerâmicos . Placas de porcelanato, azulejos e até mesmo tijolos. Todos eles pensados para construir e reformar, mas, atualmente, também bem-vindos na hora de decorar. Não que a utilização de materiais como ladrilhos cerâmicos e perfis metálicos na produção de mobiliário seja propriamente nova. No caso do arquiteto carioca Noel Marinho - para citar apenas um entre os muitos modernistas brasileiros que se dedicaram à arte da azulejaria -, a ideia remonta às décadas de 1960 e 1970. Mas só agora se tornou realidade. “Tomei contato com essa produção na pesquisa que realizamos para lançar o livro retrospectivo de sua obra. Apesar de terem sido projetados há décadas, esses móveis trazem um dado de frescor, de leveza, mais do que nunca necessário nos nossos dias”, afirma a filha do artista, a arquiteta Patricia Marinho, que durante a quarentena editou os desenhos do pai, morto em 2018. Contraponto ideal à austeridade e frieza sugeridas pela tecnologia, os materiais ligados à indústria da construção não param de ganhar popularidade também entre os designers de interiores. O concreto, a madeira compensada e o ferro já tiveram seus dias de glória. Hoje, a cerâmica , nas suas mais diferentes versões, parece ser a bola da vez. “Acho perfeitamente possível criar soluções com muita personalidade a partir de elementos considerados simples, rotineiros. Essa releitura dos materiais pode se revelar muito significativa em qualquer ambiente”, afirma a arquiteta Beatriz Quinelato (