Príncipe Harry entra com pedido de revisão judicial no Reino Unido

16/01/2022 21:29:00

Príncipe Harry entra com pedido de revisão judicial no Reino Unido

Príncipe Harry entra com pedido de revisão judicial no Reino Unido

Em causa está o facto do governo britânico o impedir de pagar por proteção policial.

O duque de Sussex quis assegurar a sua segurança, a de Meghan Markle a e dos filhos de ambos - Archie, de dois anos, e Lilibet Diana, de sete meses - numa visita que planeia fazer em breve ao Reino Unido porque, de acordo com um representante legal, teme"não ser capaz de regressar a casa" por ser muito perigoso.

A imprensa britânica, nomeadamente a Sky News, refere que Harry quer pagar a sua segurança a título particular, sem que os contribuintes tenham que cobrir essa despensa. Uma decisão que vai de encontro à sua vontade em ter saído do núcleo sénior da realeza britânica, há dois anos.

Consulte Mais informação: SAPO »

Príncipe Harry inicia ação legal contra o governo do Reino Unido para ter proteção policial no paísMundo - Príncipe Harry inicia ação legal contra o governo do Reino Unido para ter proteção policial no país

O comboio de Harry Potter está de volta. Eis as paisagens mais deslumbrantesA aventura de seis horas percorre verdadeiros tesouros da paisagem escocesa. Bilhetes já à venda.

Príncipe Harry inicia ação legal contra o governo do Reino Unido para ter proteção policial no paísMundo - Príncipe Harry inicia ação legal contra o governo do Reino Unido para ter proteção policial no país

“Sextas-feiras de vinho” em Downing Street aumentam pressão sobre Boris JohnsonSegundo o jornal The Mirror, os convívios regados a álcool no final da semana de trabalho eram uma “longa tradição”. Líder do Partido Trabalhista diz que demissão do primeiro-ministro é um “imperativo nacional”

Governo australiano congratula-se com confirmação judicial da extradição de Djokovic

Sequestrador de sinagoga nos Estados Unidos é cidadão britânico - polícia

.17:09 Harry e Meghan O príncipe Harry está a contestar uma decisão do governo britânico de que não deve receber proteção policial quando estiver no Reino Unido, mesmo que seja o próprio a pagar os custos dessa proteção, revelaram os advogados do príncipe.Seis experiências para aproveitar a vida no Convento do Espinheiro Até 31 de março, o Convento do Espinheiro convida-o a clicar no botão de pausa e a recarregar as baterias para o novo ano.17:09 Harry e Meghan O príncipe Harry está a contestar uma decisão do governo britânico de que não deve receber proteção policial quando estiver no Reino Unido, mesmo que seja o próprio a pagar os custos dessa proteção, revelaram os advogados do príncipe.

article-inline-ads-2020{width:300px;margin-left:auto;margin-right:auto;overflow:hidden;} .article-inline-ads-2020 . Posteriormente, o casal contou com uma equipa de segurança privada.ad-ctn {padding-top:14px;} .article-inline-ads-2020 ."Na ausência de tal proteção, o príncipe Harry e a família não podem voltar para casa", disse o advogado em comunicado.ad-ctn:not(:empty):before {top:0;} O príncipe Harry entrou com um pedido de revisão judicial depois do governo britânico lhe negar a hipótese de pagar para ter proteção policial. O governo já havia rejeitado duas ofertas do príncipe para pagar por proteção policial, indicaram os advogados.

O duque de Sussex quis assegurar a sua segurança, a de Meghan Markle a e dos filhos de ambos - Archie, de dois anos, e Lilibet Diana, de sete meses - numa visita que planeia fazer em breve ao Reino Unido porque, de acordo com um representante legal, teme"não ser capaz de regressar a casa" por ser muito perigoso. Questionado sobre a declaração, um porta-voz do governo disse que o sistema de segurança de proteção do governo do Reino Unido era"rigoroso e proporcional" e que era a política de longa data não fornecer informações detalhadas sobre quaisquer acordos, pois isso poderia comprometer a segurança dos indivíduos. A imprensa britânica, nomeadamente a Sky News, refere que Harry quer pagar a sua segurança a título particular, sem que os contribuintes tenham que cobrir essa despensa. Uma decisão que vai de encontro à sua vontade em ter saído do núcleo sénior da realeza britânica, há dois anos. Segundo a Reuters , Harry iniciou uma revisão judicial, ou seja uma contestação à legalidade das decisões tomadas pelo governo, em setembro de 2021. O príncipe protesta agora que a sua equipa privada de segurança nos Estados Unidos, onde vive, não tem acesso à jurisdição adequada para atuar no Reino Unido da mesma forma. Leia Também: Harry e Meghan Markle deram os parabéns a Kate num vídeo em privado Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia. "Com a falta de proteção policial vem um risco pessoal muito grande. "Com a falta de proteção policial vem um risco pessoal muito grande.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle. Subscrever Já subscrevi Os temas mais inspiradores e atuais! Ative as notificações do SAPO Lifestyle.. Subscrever Não perca as últimas tendências! Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações. .