GNR resgata coruja-das-torres 'muito debilitada' em Vila Nova de Foz Côa

22/06/2022 01:31:00

Coruja, Foz Coa

Uma coruja-das-torres foi resgatada, esta segunda-feira, pelo Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Pinhel, em Vila Nova de Foz Côa.Segundo um comunicado da Guarda Nacional Republicana (GNR) divulgado hoje, os militares receberam um alerta de um popular a avisar que tinha encontrado e recolhido o animal adulto, na localidade de Hortas do Douro.

“Os elementos do NPA deslocaram-se ao local onde procederam ao seu resgate, apurando que se encontrava bastante debilitada”, indica a GNR, ao acrescentar que a coruja foi transportada para o Centro de Ecologia, Recuperação e Vigilância de Animais Selvagens (CERVAS) em Gouveia para “monitorização e recuperação do seu estado de saúde e posterior devolução ao seu habitat natural”.

Consulte Mais informação:
Jornal SOL »

GNR diz ter condições para agregar competências policiais do SEF - RenascençaRui Clero foi ouvido na comiss&227;o parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, numa audi&231;&227;o pedida pelo PSD a prop&243;sito do processo de reestrutura&231;&227;o do Servi&231;o de Estrangeires e Fronteira

GNR diz ter condições para agregar competência policiais do SEF - SIC NotíciasO comandante-geral da GNR foi ouvido numa comissão parlamentar a propósito da reestruturação do SEF.

Pelo menos 9 detidos em megaoperação da GNR contra o tráfico de droga na Margem SulEstão a decorrer 26 buscas domiciliárias e não domiciliárias com o objetivo de apreender drogas e armas.

GNR, PSP e PJ querem receber pessoal do SEF mas ninguém sabe ainda quem nem quantosApenas 19 polícias aceitaram a comissão de serviço para ficarem sob as ordens do SEF no aeroporto de Lisboa. Forças de segurança queixam-se de não terem acesso às 23 bases de dados do SEF, o que dificulta o trabalho de investigação. As várias forças policiais a quererem o SEF é tipo o CR7 'anda, anda, tu bates bem'. Vai ser uma tourada com a diferença de salarios entre as 2 entidades. Isto é se houver extinção do SEF

Duzentos militares da GNR saíram à rua e a TVI/CNN Portugal acompanhou - CNN Portugal200 militares da GNR saíram à rua para executar 26 mandados de busca e nove mandados de detenção no Pinhal Novo, Moita e Barreiro. Em causa, suspeitas de tráfico de droga. A TVI/CNN Portugal acompanhou a GNR nas detenções. Seixal

Exclusivo CNN: megaoperação da GNR na Margem Sul já fez nove detidos - CNN PortugalA GNR está a realizar, desde as 03:00 desta terça-feira, uma megaoperação contra o tráfico de droga na Margem Sul, que está a ser acompanhada pela CNN Portugal. Até ao momento, foram detidas pelo menos nove pessoas. Em causa estão crimes de... Espero que esta operação se realize por todo o país

gnr Uma coruja-das-torres foi resgatada, esta segunda-feira, pelo Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Pinhel, em Vila Nova de Foz Côa.Foto: Manuel de Almeida/Lusa A Guarda Nacional Republicana está em condições para agregar algumas das competência policiais do SEF, não tendo identificado “problemas de maior” ao receber as novas atribuições, disse esta terça-feira o comandante-geral da corporação, Rui Clero.SIC Notícias A Guarda Nacional Republicana está em condições para agregar algumas das competência policiais do SEF, não tendo identificado “problemas de maior” ao receber as novas atribuições, disse esta terça-feira o comandante-geral da corporação, Rui Clero.Enviar o artigo: O meu email.

Segundo um comunicado da Guarda Nacional Republicana (GNR) divulgado hoje, os militares receberam um alerta de um popular a avisar que tinha encontrado e recolhido o animal adulto, na localidade de Hortas do Douro. “Os elementos do NPA deslocaram-se ao local onde procederam ao seu resgate, apurando que se encontrava bastante debilitada”, indica a GNR, ao acrescentar que a coruja foi transportada para o Centro de Ecologia, Recuperação e Vigilância de Animais Selvagens (CERVAS) em Gouveia para “monitorização e recuperação do seu estado de saúde e posterior devolução ao seu habitat natural”. Rui Clero foi ouvido na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, numa audição pedida pelo PSD a propósito do processo de reestruturação do Serviço de Estrangeires e Fronteiras No âmbito da extinção do SEF, que entretanto foi adiada até à criação da Agência Portuguesa para as Migrações e Asilo (APMA), as competências policiais do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras vão passar para a PSP, GNR e Polícia Judiciária, enquanto as atuais atribuições em matéria administrativa relativamente a cidadãos estrangeiros passam a ser exercidas pela APMA e Instituto dos Registos e do Notariado. A força de segurança recomenda a população a usar a Linha SOS Ambiente e Território (808 200 520) em situação de denúncia de infrações ou esclarecimento de dúvidas. Aos deputados, o comandante-geral da GNR afirmou que a corporação “não identificou um problema de maior ao receber estas novas atribuições” Quando o SEF for extinto, a GNR ficará responsável por “vigiar, fiscalizar e controlar as fronteiras marítima e terrestre”, “agir no âmbito de processos de afastamento coercivo e à expulsão judicial de cidadãos estrangeiros, nas áreas da sua jurisdição” e “assegurar a realização de controlos móveis e de operações conjuntas com forças e serviços de segurança nacionais e congéneres espanhóis”. Os comentários estão desactivados. “Passamos a ter um conjunto de responsabilidade no âmbito da vigilância e também do controlo da fronteira das pessoas para as fronteiras marítima e terrestres”, disse. .