PSI-20 abre sessão no vermelho - SIC Notícias

21/01/2022 12:26:00
PSI-20 abre sessão no vermelho - SIC Notícias

PSI-20 abre sessão no vermelho

PSI-20 abre sessão no vermelho

Principal índice da bolsa portuguesa acusou esta sexta-feira a tendência negativa das maiores empresas, com EDP, EDP Renováveis, BCP, Galp e Jerónimo Martins em queda.

Miguel PradoO PSI-20, principal índice bolsista português, abriu a sessão desta sexta-feira no vermelho, recuando mais de 1% face ao fecho de quinta-feira e 0,2% nos primeiros 25 minutos da sessão, pressionado pela generalidade dos pesos-pesados da bolsa.

Às 8h25, as ações da EDP, que ontem reportou um recuo na sua produção de eletricidade de 2021, recuavam 1,7% face ao fecho de ontem, para 4,56 euros, enquanto as da EDP Renováveis baixavam 2,38%, para 19,7 euros por ação.

Consulte Mais informação: SIC Notícias »

Elétricas impulsionam PSI-20 face a quebra superior a 2% do BCPPraça lisboeta terminou a sessão a subir 0,06%, para 5.663,94 pontos seguindo a tendência das suas congéneres europeias.

Pharol, Ramada e Novabase na porta de saída do PSI-20Presidente da bolsa de Lisboa admitiu que “duas ou três” cotadas podem abandonar o índice de referência em março por não cumprirem mínimo de 100 milhões de euros de capital disperso em bolsa.

Mais populares em 20 Janeiro 2022 - SAPOPortal SAPO.PT: notícias de Portugal e do mundo, desporto, capas dos jornais, mail, são só o início. Descubra mais todos os dias.

Eis os 20 carros mais comprados pelos portuguesesEm 2021, a venda de veículos ligeiros de passageiros sofreu uma queda de 35% comparativamente a 2019, antes da pandemia. Face a 2020, a subida nem chegou a 1%. Estes foram os modelos mais procurados.

Manchetes de 20 Janeiro 2022 - Jornais - SAPOVisão: Porque temos salários baixos? Público: Legislativas 2022: eleitores isolados poderão votar no dia 30 Jornal de Notícias: Infeções em crianças triplicam na primeira semana de aulas 📰 👉

Maré vermelha invade Lisboa. PSI-20 perde mais de 1%Das 19 cotadas, apenas quatro estão no verde não havendo nenhuma com a cotação inalterada.

| Miguel Prado O PSI-20, principal índice bolsista português, abriu a sessão desta sexta-feira no vermelho, recuando mais de 1% face ao fecho de quinta-feira e 0,2% nos primeiros 25 minutos da sessão, pressionado pela generalidade dos pesos-pesados da bolsa.O principal índice bolsista português, PSI 20, fechou a sessão desta quinta-feira, 20 de janeiro, a valorizar 0,06%, para 5.de 113,5 milhões de euros, a Ibersol, que explora o Burger King, Pizza Hut, KFC, entre outras cadeias de restaurantes, também arrisca a saída do PSI se as ações tiverem um mau desempenho nos próximos meses e cair abaixo da fasquia “mágica”.MultiNews · Voto dos isolados: Pessoas vão “recusar confinamento” e “nenhum médico vai poder dizer a alguém que tem de ficar em casa”, alerta Tato Borges O Presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública (ANMSP), Gustavo Tato Borges, critica a medida de permitir que pessoas em confinamento devido à Covid-19 possam sair de casa para votar, sublinhando que isso vai abrir um precedente para muitas outras situações.

Às 8h25, as ações da EDP, que ontem reportou um recuo na sua produção de eletricidade de 2021, recuavam 1,7% face ao fecho de ontem, para 4,56 euros, enquanto as da EDP Renováveis baixavam 2,38%, para 19,7 euros por ação. Já o BCP registava uma desvalorização de 2,55%, para 0,1567 euros por ação, e a Galp recuava 0,98%, para 9,48 euros, de acordo com os dados da Euronext. A fazer subir o PSI 20 estiveram entre as principais cotadas portuguesas a EDP Renováveis que disparou 5,05%, para 20,18 euros, a EDP que impulsionou 2,75%, para 4,64 euros e a construtora Mota-Engil que valorizou 1,64%, para 1,30 euros. Também a Jerónimo Martins abriu no vermelho, mas com uma queda mais ligeira, de 0,24%, para 21,18 euros por ação. “Um índice que não serve os investidores, também não serve os emitentes. No arranque de sessão, em terreno positivo seguiam apenas a Corticeira Amorim e a Ibersol, com valorizações de 0,19% e 0,39%, respetivamente. A negociar com sinal ‘vermelho’ no fecho da sessão estiveram o BCP que caiu 2,07%, para 0,16 euros, a petrolífera Galp que tombou 2,56%, para 9,57 euros, a Jerónimo Martins que depreciou 2,93%, para 21,23 euros e a Corticeira Amorim que desceu 1,30%, para 10,64 euros. .