Mota-Engil com carteira de projetos em Cabo Verde de 30 milhões de euros

24/01/2022 11:40:00

Mota-Engil com carteira de projetos em Cabo Verde de 30 milhões de euros

Dv, Empresas

Mota-Engil com carteira de projetos em Cabo Verde de 30 milhões de euros

O consórcio luso-cabo-verdiano constituído pelas empresas Mota-Engil e Empreitel Figueiredo vai construir o Terminal de Cruzeiros do Mindelo, uma das maiores obras públicas dos últimos anos em Cabo Verde.

A Mota-Engil tem uma carteira de projetos em Cabo Verde a rondar os 30 milhões de euros, incluindo o Terminal de Cruzeiros do Mindelo, cuja construção arrancou na quarta-feira, disse à Lusa fonte da construtora portuguesa"Neste momento [o valor de carteira das encomendas em Cabo Verde] ronda os 30 milhões de euros", disse Pedro Branquinho, representante da construtora no arquipélago africano.

Além do Terminal de Cruzeiros do Mindelo, de quase 27 milhões de euros, a cargo de um consórcio luso-cabo-verdiano constituído ainda pela Empreitel Figueiredo, avançou que a Mota-Engil está também ligada à construção de um projeto do Nucelo Operacional da Sociedade de Informação (NOSi).

Consulte Mais informação: Dinheiro Vivo »

Mota-Engil com carteira de projetos em Cabo Verde de 30 milhões de eurosAlém do Terminal de Cruzeiros do Mindelo, de quase 27 milhões de euros, a Mota-Engil está também ligada à construção de um projeto do Núcleo Operacional da Sociedade de Informação (NOSi).

Homicidas de Mota JR pedem absolvição por causa de antenasRecurso de arguidos condenados a 23 anos por morte de rapper alega que falta prova da sua presença no local do crime. Advogado diz que a única testemunha comprometedora é 'mentirosa e manipuladora'.

Rosa Mota considera Rui Rio um «nazizinho» (Política)A BOLA, toda a informação desportiva. Acompanhe todas as notícias do seu clube ou modalidade preferida, para onde quer que vá. Trocando a cabeça desta Sra pela de um um burro, claramente o bichinho fica a perder. A rosa mota, neste momento é uma casal no ferro velho. É mais um monte de merda!

Motociclista morre em colisão entre carro e mota em ValençaPortugal - Motociclista morre em colisão entre carro e mota em Valença

Mota-Engil com carteira de projetos em Cabo Verde de 30 milhões de eurosAlém do Terminal de Cruzeiros do Mindelo, de quase 27 milhões de euros, a Mota-Engil está também ligada à construção de um projeto do Núcleo Operacional da Sociedade de Informação (NOSi).

Contratualização avança rápido e já chega aos 92% do montante global do PRRVários avisos de concursos foram publicados ainda em dezembro, com as entidades públicas nacionais a contratualizarem já uma boa parte do envelope de 16,6 mil milhões de euros destinado a Portugal.

Comentar A Mota-Engil tem uma carteira de projetos em Cabo Verde a rondar os 30 milhões de euros, incluindo o Terminal de Cruzeiros do Mindelo, cuja construção arrancou na quarta-feira, disse à Lusa fonte da construtora portuguesa "Neste momento [o valor de carteira das encomendas em Cabo Verde] ronda os 30 milhões de euros", disse Pedro Branquinho, representante da construtora no arquipélago africano.Assine para partilhar E usufrua de todas as vantagens de ser assinante A Mota-Engil tem uma carteira de projetos em Cabo Verde a rondar os 30 milhões de euros, incluindo o Terminal de Cruzeiros do Mindelo, cuja construção arrancou na quarta-feira, disse à Lusa fonte da construtora portuguesa "Neste momento [o valor de carteira das encomendas em Cabo Verde] ronda os 30 milhões de euros", disse Pedro Branquinho, representante da construtora no arquipélago africano.Comentar Recurso de arguidos condenados a 23 anos por morte de rapper alega que falta prova da sua presença no local do crime.Por Gabriela Melo A campeã olímpica Rosa Mota tomou posição a favor do PS na campanha eleitoral para o escrutínio do próximo dia 30 ao referir-se ao presidente do PSD, Rui Rio, como «nazizinho», numa referência aos mandatos como autarca do Porto.

Além do Terminal de Cruzeiros do Mindelo, de quase 27 milhões de euros, a cargo de um consórcio luso-cabo-verdiano constituído ainda pela Empreitel Figueiredo, avançou que a Mota-Engil está também ligada à construção de um projeto do Nucelo Operacional da Sociedade de Informação (NOSi). Entretanto, o mesmo responsável disse que devido à pandemia, o mercado cabo-verdiano não tem tido grandes projetos, admitindo que o Terminal de Cruzeiros é o mais relevante atualmente no país. Leia Também China financia campus universitário de 50 milhões em Cabo Verde Entretanto, o mesmo responsável disse que devido à pandemia, o mercado cabo-verdiano não tem tido grandes projetos, admitindo que o Terminal de Cruzeiros é o mais relevante atualmente no país. Fechar Subscreva a nossa newsletter e tenha as notícias no seu e-mail todos os dias Subscrever Muito obrigado pelo seu registo. Pedem a absolvição, alegando que as antenas telefónicas não os situam no local do crime, tendo elas um raio de ação de cinco quilómetros. "Estaremos cá quando efetivamente surgirem outros projetos de relevância e que possamos dar o nosso contributo", garantiu Pedro Branquinho, lembrando que a empresa de obras públicas está há 20 anos em Cabo Verde, com projetos de referência, com especial relevo para a área marítimo-portuária. "Estivemos envolvidos em alguns projetos como na ilha do Sal, da Boa Vista, do Fogo, na Brava, e agora em São Vicente, neste novo projeto bastante inovador, que irá potenciar e muito o turismo da ilha de São Vicente", perspetivou. "Estivemos envolvidos em alguns projetos como na ilha do Sal, da Boa Vista, do Fogo, na Brava, e agora em São Vicente, neste novo projeto bastante inovador, que irá potenciar e muito o turismo da ilha de São Vicente", perspetivou. A resposta ao «insulto» não tardou mas o presidente do PSD optou por «nem conferir grande importância porque é dar importância de mais a quem a não deve ter».

O porta-voz da empresa em Cabo Verde apontou que nos últimos 20 anos os maiores projetos no arquipélago foram na área portuária, com destaque para dois de expansão portuária da ilha do Sal, num valor global à volta de 50 milhões de euros. Mas recordou igualmente projetos nas ilhas do Fogo e da Brava, na casa dos 35 milhões de euros, bem como a ligação da empresa ao projeto no âmbito do Millennium Challenge Account (MCA), financiado pelos Estados Unidos, para o abastecimento de água na ilha de Santiago.. Mas recordou igualmente projetos nas ilhas do Fogo e da Brava, na casa dos 35 milhões de euros, bem como a ligação da empresa ao projeto no âmbito do Millennium Challenge Account (MCA), financiado pelos Estados Unidos, para o abastecimento de água na ilha de Santiago. Conforme anúncio feito em 15 de abril de 2021, o consórcio luso-cabo-verdiano constituído pelas empresas Mota-Engil e Empreitel Figueiredo vai construir o Terminal de Cruzeiros do Mindelo, uma das maiores obras públicas dos últimos anos em Cabo Verde. O país pretende passar a receber anualmente cerca de 200. O país pretende passar a receber anualmente cerca de 200.000 turistas de cruzeiros com esta obra, que é cofinanciada pelo Fundo ORIO, dos Países Baixos, e pelo Fundo OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo) para o Desenvolvimento Internacional. A Lusa noticiou na quarta-feira que oito portos de Cabo Verde movimentaram em 2021 mais de 11 mil turistas em navios de cruzeiro, número que a pandemia de covid-19 reduziu em 41% face a 2020, acumulando a segunda forte quebra anual consecutiva. Ler Mais.

A Lusa noticiou na quarta-feira que oito portos de Cabo Verde movimentaram em 2021 mais de 11 mil turistas em navios de cruzeiro, número que a pandemia de covid-19 reduziu em 41% face a 2020, acumulando a segunda forte quebra anual consecutiva. De acordo com o relatório de tráfego anual elaborado pela Enapor, empresa pública responsável pela gestão dos portos do arquipélago, foram movimentados 30 navios de cruzeiro em escalas no país em 2021, menos 11 face a 2020. Em 2019, no ano de maior movimento na procura turística por Cabo Verde, e antes dos efeitos da pandemia de covid-19, os portos cabo-verdianos receberam 149 movimentos de navios de cruzeiro e 48. Em 2019, no ano de maior movimento na procura turística por Cabo Verde, e antes dos efeitos da pandemia de covid-19, os portos cabo-verdianos receberam 149 movimentos de navios de cruzeiro e 48.500 turistas. Esse movimento de turistas caiu mais de 60% em 2020, para 18. Esse movimento de turistas caiu mais de 60% em 2020, para 18.

872 turistas e 41 navios, e mais 41% em 2021, segundo os dados da Enapor. Cerca de metade do movimento de turistas e de navios de cruzeiro em Cabo Verde em 2021 voltou a ser no Porto Grande, cidade do Mindelo, ilha de São Vicente, construído em 1962. Cerca de metade do movimento de turistas e de navios de cruzeiro em Cabo Verde em 2021 voltou a ser no Porto Grande, cidade do Mindelo, ilha de São Vicente, construído em 1962. Partilhar .