Legislativas: Catarina Martins quer “contas certas” do trabalho e contra o crime económico

16/01/2022 21:14:00

Legislativas: Catarina Martins quer “contas certas” do trabalho e contra o crime económico -

O conteúdo completo está disponível apenas para Subscritores.e receba as informações em primeira mão.BE pede acordo para que salários e direitos laborais "sejam levados a sério" por Antena 1 cancelar Nuno André Ferreira - Lusa A coordenadora do BE, Catarina Martins, defendeu hoje a urgência de um acordo para que"os salários e direitos do trabalho sejam levados a sério", considerando a externalização e o trabalho temporário"um dos processos mais nocivos" em curso.Debate.

.

Consulte Mais informação:
Agência Lusa »

Privatizações, impostos e SNS marca debate sem convergências entre BE e CDS-PPDebate entre Catarina Martins e Francisco Rodrigues dos Santos marcado pela ausência de convergências. Claro que não! O BE está inspirado na ideologia Karl Marx e o CDS baseia-se no sistema Sociedade democratica em Capitalismo. Tal como os donos do DN que são capitalistas correcto?

BE pede acordo para que salários e direitos laborais 'sejam levados a sério'

Debate. CDS ou BE, 'a direita que acredita no Pai Natal' ou a 'fábrica de impostos'?Economia dominou os 25 minutos de debate em que Catarina Martins e Rodrigues dos Santos frisaram as suas diferenças. Quem meteu na cabeça de João Adelino Faria que ele tem jeito para a moderação, enganou-o bem.

Mesmo a cumprir calendário, Catarina ganhouCatarina Martins mostrou que a esquerda dura do Bloco tem um pensamento mais estruturado sobre economia - tema que dominou quase todo o debate - do que o CDS de Francisco Rodrigues dos Santos.

Catarina Martins desiludida com debate entre Costa e RioCoordenadora do BE não poupa críticas aos dois adversários na luta pelas Legislativas. Mas porque ela deveria estar satisfeita?

BE: País não precisa de maiorias absolutas com PAN nem de navegação à vistaA coordenadora do BE, Catarina Martins, defendeu este domingo que as 'várias declinações' da maioria absoluta pedida pelo PS, incluindo com o PAN, não são solução para Portugal, rejeitando uma 'navegação à vista' e pedindo 'um novo ciclo mais exigente'.

O conteúdo completo está disponível apenas para Subscritores.e receba as informações em primeira mão.BE pede acordo para que salários e direitos laborais "sejam levados a sério" por Antena 1 cancelar Nuno André Ferreira - Lusa A coordenadora do BE, Catarina Martins, defendeu hoje a urgência de um acordo para que"os salários e direitos do trabalho sejam levados a sério", considerando a externalização e o trabalho temporário"um dos processos mais nocivos" em curso.Debate.

.