Governo pede esclarecimentos à Comissão Europeia e desmente-a: não, não há qualquer problema com os certificados de vacinação

14/01/2022 12:29:00

Serviços Partilhados do Ministério da Saúde desmentem esta informação: não, não há qualquer problema com os certificados de vacinação.

Serviços Partilhados do Ministério da Saúde desmentem esta informação: não, não há qualquer problema com os certificados de vacinação.

CNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

Controlo nas fronteiras terrestres (Lusa/Nuno Veiga)Comissão Europeia admitiu existirem problemas em Portugal na emissão de certificados covid-19 com a informação da dose de reforço da vacina, mas os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde desmentem esta informação

PUBOs Serviços Partilhados do Ministério da Saúde"não têm registo de quaisquer constrangimentos técnicos associados à emissão de Certificados Digitais Covid da UE com a informação referente à

Consulte Mais informação:
CNN Portugal »

Loucura na relvaOs escândalos sexuais dos políticos ingleses no século XX já não eram grande coisa à escala europeia mas, pelo menos, escandalizavam os leitores dos tablóides.

Sérgio Conceição: «Não há nenhum treinador que goste de ver os seus jogadores sair»FC Porto - Sérgio Conceição: «Não há nenhum treinador que goste de ver os seus jogadores sair»

Bruxelas nega que Lufthansa seja obrigada a fazer voos fantasma para manter ″slots″O porta-voz da Comissão Europeia para a área dos transportes, Stefan de Keersmaecker, lembrou que ″as companhias aéreas podem pedir para não utilizar as faixas horárias″.

Lusoponte vai ser controlada pela Mota-Engil e Vinci“A Comissão concluiu que a transação proposta não suscitaria preocupações em matéria de concorrência'.

Incêndio consome prédio de dois pisos em Gaia e bombeiros evitam alastramentoNão há registo de feridos, referiu o comandante da corporação de bombeiros de Coimbrões.

Movimento de boicote a Israel pede a Mariza que cancele concerto em TelaviveA associação israelita Boycott! apela à fadista para que não pactue com as “políticas de opressão, ocupação, apartheid e limpeza étnica” do actual governo. É preciso ter lata!!! E quem é que boicota a Palestina👎🤔😡😠🤬

Há 1h e 28min Controlo nas fronteiras terrestres (Lusa/Nuno Veiga) Comissão Europeia admitiu existirem problemas em Portugal na emissão de certificados covid-19 com a informação da dose de reforço da vacina, mas os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde desmentem esta informação PUB Os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde"não têm registo de quaisquer constrangimentos técnicos associados à emissão de Certificados Digitais Covid da UE com a informação referente à ", garante à CNN Portugal fonte oficial da SPMS, E.Bem-vindos a mais um capítulo da ópera saponácea Albion, Albion ! em que se lamenta o estado a que chegou a Inglaterra desde o descalabro do “Brexit”, perguntando, mais uma vez, se é desta que bateu no fundo.Assine para partilhar E usufrua de todas as vantagens de ser assinante Questionado sobre o mercado de transferências, nomeadamente a saída de Sérgio Oliveira para a Roma, Sérgio Conceição voltou a defender que este mês de janeiro não é fácil para ninguém.Comentar A Comissão Europeia negou, nesta quinta-feira, que a Lufthansa tenha sido obrigada a realizar 18 mil voos fantasma para não perder as faixas horárias de aterragem e descolagem, lembrando que as regras para"slots" foram aliviadas devido à pandemia.

P.E. A  esta quinta-feira existirem problemas em Portugal na emissão de certificados covid-19 da União Europeia e que estariam já técnicos da instituição em contacto com as autoridades portuguesas. PUB “É verdade que parece haver problemas em Portugal quando se trata da emissão de certificados na sequência da administração de uma dose de reforço. Os nossos peritos estão em contacto com as autoridades portuguesas”, informou fonte oficial do executivo comunitário em resposta escrita enviada à agência Lusa. Porém, devido à pandemia de covid-19 e às restrições adotadas para conter os surtos, tal obrigação foi suspensa para evitar também os chamados"voos fantasma", operados pelas empresas apenas para estas não perderem os seus"slots" aéreos.

Mas os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde garantem que não têm qualquer conhecimento sobre esta situação:"Na ausência de qualquer reporte de constrangimentos técnicos pela própria Comissão Europeia, a SPMS, E.P.E. já solicitou à referida entidade os necessários esclarecimentos quanto à matéria publicada", responde fonte oficial, quando questionada pela CNN Portugal. PUB . De acordo com fontes europeias, todas as companhias aéreas europeias aproveitaram esta medida, incluindo a Lufthansa e as suas subsidiárias (Brussels Airlines, Swiss e Austrian Airlines).