Entrou na história mas pelas piores razões: Tribunal confirma deportação de Djokovic e sérvio falha Open da Austrália

Entrou na história mas pelas piores razões: Tribunal confirma deportação de Djokovic e sérvio falha Open da Austrália

16/01/2022 11:55:00

Entrou na história mas pelas piores razões: Tribunal confirma deportação de Djokovic e sérvio falha Open da Austrália

Número 1 do mundo apostava tudo no torneio para se tornar o jogador com mais Grand Slams mas, após uma novela de mais de uma semana, está fora do país, da prova e, talvez, da liderança do ranking.

Em atualizaçãoNovak Djokovic assumiu a derrota no US Open de 2021 de forma natural, naquela que foi a final menos conseguida da carreira não só pelos números do desaire com o russo Daniil Medvedev mas sobretudo pelos erros não forçados em catadupa que impediram de somar o 21.º Grand Slam. No entanto, e naquela que foi uma das primeiras declarações após a surpresa, deixou uma promessa: “Vou voltar”. E o voltar não estava apenas a referir-se ao torneio de Nova Iorque mas sim ao que estava há muito na sua cabeça – tornar-se o jogador com mais Majors, à frente de Roger Federer e Rafa Nadal.

Consulte Mais informação: Observador »

Tiques de nazista!! Entrou pela arrogância… Como é que se impede um atleta saudável, que vai competir um evento com uma “ bolha “ ? Por decisão política. Vergonha!!! O Observador se vá encher de Foder... Que jornalismo mais merda ObservadorMAL É exatamente o oposto, ele lutou pelos Direitos Humanos que supostamente prezamos nas sociedades ocidentais. Observador com péssima qualidade.

Muito bem Os nazistas se orgulhavam em deportar os 'judeus impuros'. Na cabeça deles estão fazendo do mundo um lugar melhor. AustráliaAuschwitzOpen BoycottAustralianOpen Igualdade perante a lei. Se tem liberdade para decidir não se vacinar, também tem que aceitar a liberdade de um estado estabelecer os requisitos para a entrada no seu território. Liberdade pressupõe responsabilidade

Devia ser deportado e colocado num campo sanitário até terminar a pandemia pois se não tem a vacina é um perigo para a saúde pública. Duas observações: deveria haver uma vírgula logo após a palavra 'história'. Ele já estava na história antes disso, pelos melhores motivos. Pode ser o numero 1, mas sai pela porta pequena.

Desta vez o teatrinho do costume não resultou. Quem entrou na história pelas piores razões foi a administração australiana, exibindo o autoritarismo próprio dos regimes totalitários. POBRE OBSERVADOR !!! DÁS NOTÍCIAS DESSAS TAMBÉM PELAS PIORES RAZÕES !!! Herói direi Ninguém está obrigado seguir crime Covid-19 o q é? Patente registada moderna Pfizer Enriquecimento ilícito N importa quantos matam ou estão em cadeiras de rodas Importante é Negócio Em especial Portugal q tanta carência tem de dinheiro Tudo por culpa salafrarios

normalmente não dá o nome... o jornalista barato deste jornal... mas desta vez teve coragem... mas devia era ter vergonha 'Activistas' do Observador a dizer ao publico o que pensar. Já devia ter saído à muito. Não é mais que os outros.. Se não quer ser vacinado tudo bem agora não venha com atestados de merda nem com desculpas esfarrapadas! Não é mais que os outros, existem regras. Quer jogar ok vacina se, não quer tudo bem vai para o país dele.

Para que fique registado Observador como sempre, está no lote do jornalixo. Não sei se desaprenderam, ou foram pagos para fazer lavagem cerebral, mas todos serão recordados pelo caos que têm feito. Há de chegar o vosso dia. 🇧🇷 Pátria Amada e Armada Djokovic já é o grande campeão da liberdade e a Austrália campeã da hipocrisia. Enquanto Djokovic, cientificamente portador de anticorpos era retirado do Open, 4 tenistas vacinados testaram positivo para a c19.

Quem fica na história pelas piores razões deve ser o autoritário governo Australiano por este teatro todo, usam um desportista como arma política para apaziguar os prisioneiros no seu continente durante o covid. Pelo contrário, pelas melhores razões. Já fazia parte da história como desportista, agora faz parte como pessoa.

Aa maleita da moda... Dalila Jakupovic é forçada a abandonar o open da Austrália devido a dores no peito.. Melbourne, Austrália Defender o direito sobre o próprio corpo e lutar contra um regime que impõe restrições aos não-vacinados é 'entrar para a história pelas piores razões'? Que merda é esta, Lá vão os gajos invadir a Bósnia.

Piada , entrou na história pois é o melhor do mundo , reportagem medíocre ! Chico esperto

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante. Em atualização Novak Djokovic assumiu a derrota no US Open de 2021 de forma natural, naquela que foi a final menos conseguida da carreira não só pelos números do desaire com o russo Daniil Medvedev mas sobretudo pelos erros não forçados em catadupa que impediram de somar o 21.º Grand Slam. No entanto, e naquela que foi uma das primeiras declarações após a surpresa, deixou uma promessa: “Vou voltar”. E o voltar não estava apenas a referir-se ao torneio de Nova Iorque mas sim ao que estava há muito na sua cabeça – tornar-se o jogador com mais Majors, à frente de Roger Federer e Rafa Nadal. Podia ser mas terá de esperar. No final de uma novela de mais de uma semana onde chegou a estar detido duas vezes mas pelo meio teve possibilidade de treinar diariamente na Rod Laver Arena, o sérvio viu os três juízes do Tribunal Federal (cada um em sua cidade, entre Sidney, Adelaide e Melbourne) decidirem por unanimidade contra o recurso que tinha sido apresentado após a revogação do visto pelo ministro da Imigração, Alex Hawke. Ou seja, e em termos práticos, com essa decisão o jogador não poderá permanecer no país e jogar o Open da Austrália, o primeiro Grand Slam da época, faltando ainda saber quando irá deixar a cidade de Melbourne. PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR Leia também: