Edp Renováveis

Edp Renováveis

EDP Renováveis produziu menos energia em 2020

A queda de 5% é justificada pela empresa com o impacto da estratégia de rotação de ativos que foi implementada no ano passado

21/01/2021 23:09:00

A queda de 5% é justificada pela empresa com o impacto da estratégia de rotação de ativos que foi implementada no ano passado

A queda de 5% é justificada pela empresa com o impacto da estratégia de rotação de ativos que foi implementada no ano passado.

...A produção de energia da EDP Renováveis baixou 5% em 2020, para 28,5 TWh (ou 28.500 GWh), uma evolução que"espelha a menor capacidade instalada média após a execução da estratégia de ‘sell-down’".

Artur Soares Dias vai apitar o F. C. Porto - Braga Ex-presidente do Barcelona passa noite na esquadra Governador de Nova Iorque investigado por assédio sexual

 No comunicado com a apresentação dos dados operacionais, a EDP Renováveis assinala que no terceiro trimestre de 2019 e no ano passado vendeu ativos com 997 MW na Europa, 137 MW no Brasil e 237 MW em Espanha, o que acabou por ter um impacto negativo na energia produzida.

 A energia produzida baixou em quase todos os mercados, com quebras de 18% em Espanha, 17% em Portugal e 8% no resto da Europa. Na divisão europeia a queda total foi de 15% para 10 TWh, o que não foi possível compensar com o crescimento na América do Norte (6%) e Brasil (38%). headtopics.com

 Na América do Norte, a maior unidade da EDPR com 17,4 TWh de energia produzida, os Estados Unidos cresceram 6%. A queda na produção em 2020 também é explicada pela descida do fator de utilização para 30% (32% em 2019), que reflete 92% da média esperada para os doze meses do ano.

 No mesmo comunicado a EDPR assinala que no final de 2020 a empresa geria um portfólio de 12,2 GW: 5,0 GW na Europa (2,3 GW em Espanha, 1,2 GW em Portugal e 1,4 GW no RdE), 6,7 GW na América do Norte e 0,4 GW no Brasil.  Consulte Mais informação: Jornal de Negócios »