Costa diz que um político não afirma a sua credibilidade ″com graçolas″

Costa diz que um político não afirma a sua credibilidade 'com graçolas'

António Costa, Ps

16/01/2022 21:16:00

Costa diz que um político não afirma a sua credibilidade 'com graçolas'

O secretário-geral do PS afirmou, este domingo, nos Açores , que o presidente do PSD , Rui Rio , 'tinha obrigação de saber o que era o voto antecipado' e sustentou que um político não afirma a sua credibilidade 'com graçolas'.

"Eu acho que o dr.Rui Riotinha obrigação de saber o que era o voto antecipado.Se resolveu disfarçar o seu desconhecimento como tendo sido uma graçola, pronto é uma graçola. Mas, enfim eu não creio que propriamente um político afirme a sua credibilidade com graçolas.

Eu acho que a nossa credibilidade afirma-se procurando responder com seriedade aos problemas sérios do país", sustentouAntónio Costa, aos jornalistas.

Consulte Mais informação: Jornal de Notícias »

Credibilidade de um político 🤣🤣🤣 rime com vontade…. Mas nao e isso que os politicos fazem todos os dias ? gracejar faz parte Costinha andas a mentir muito, o Povo merece saber a Verdade, lembra-te o que fizeste com a Geringonça Eu prefiro as graçolas de Rui Rio, às aldrabices do Costa... Claro é distribuindo pelos amigalhaços

ALDRABAO QUE ESTAS A ENGANAR O NOSSO POVO. A terceira profissão mais antiga é a do político. Um resultado tão natural simbiose das duas primeiras profissões - prostitutas e ladrão. António Costa está a ser vítima de bullying, leva baile todos os dias Concordo com Costa. Para termos um político-graçolas é preferível contar com RAP, Bruno Nogueira ou Fernando Rocha! A política é um espaço sério e responsável e Rio está a demonstrar bastante imaturidade política num momento muito importante para o país!

Fala o gajo da vaca voadora? Sim, porque ele quando fala é a sério!!! TaxasTaxinhas

Campanha eleitoral do PS com pontapé de saída nos Açores

Claro que não, é com mentiras. E com mentiras?

Açores com 552 novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horasNo arquipélago açoriano, 789 pessoas recuperam da doença e hoje, dia 15 de janeiro, há 37 pessoas internadas devido ao coronavírus,

Telmo Arcanjo: «Chegar com tudo aos Açores»Médio quer capitalizar confiança do apuramento para as meias-finais da Taça de Portugal

PS vs. IL: o sonho do “liberal” Costa era “viver num país nórdico”Em certas coisa Costa é “muito liberal”. “O meu sonho era viver num país nórdico onde o Estado não tem que intervir e o diálogo social funciona. Aqui não”, diz a Cotrim de Figueiredo, que murmura: “Faremos por isso”. O parvalhão do Cotrim! Como se algum português de bom senso trocasse Portugal por um país nórdico! E levava o país e os bons costumes para lá?! A que preço?! Oh Cotrim, vá dar banho so cão e aproveite para lavar as ideias! O sonho do friorento Costa era viver na Finlândia O sonho do gourmet Costa era viver na Inglaterra O sonho do laico Costa era viver na Arábia Saudita O sonho do acrófobo Costa era viver no Nepal

Legislativas: IL acusa PS de campanha do “agora é que vai ser”, Costa fala de “aventura”...

Debate entre Costa e Rio lidera com mais de 3,2 milhões de telespetadoresO debate foi 'visto por mais de 3,2 milhões de portugueses, a que correspondeu a um 'share' total de 59,9%'.

, numa visita à empresa Grupo Marques, que se dedica a várias atividades em diversas áreas, desde a construção civil à saúde, numa ação de campanha para as eleições legislativas de 30 de janeiro. "Eu acho que o dr. Rui Rio tinha obrigação de saber o que era o voto antecipado. Se resolveu disfarçar o seu desconhecimento como tendo sido uma graçola, pronto é uma graçola. Mas, enfim eu não creio que propriamente um político afirme a sua credibilidade com graçolas. Eu acho que a nossa credibilidade afirma-se procurando responder com seriedade aos problemas sérios do país", sustentou António Costa , aos jornalistas. Questionado se está preparado para uma campanha com humor, o secretário-geral do PS respondeu que"humor é uma coisa", e"desconhecimento do funcionamento básico da democracia é outra"."Esta manhã tive oportunidade antes de embarcar para os