Sílvia Chiola em cena na TVI e RTP1 com vontade de conquistar o mundo

Sílvia Chiola em cena na TVI e RTP1 com vontade de conquistar o mundo

Pessoas, Sílvia Chiola

16/01/2022 21:10:00

Sílvia Chiola em cena na TVI e RTP1 com vontade de conquistar o mundo

Atriz pode ser vista diariamente na novela 'Para sempre' e às quartas em 'Causa própria'. Também estudou música.

Atriz pode ser vista diariamente na novela"Para sempre" e às quartas em"Causa própria". Também estudou música.Dona de uns olhos verdes cativantes e longos cabelos ondulados, Sílvia Chiola tem encantado no papel de Joana Novais na novela da TVI"Para sempre". Ao mesmo tempo, estreou-se na RTP1 como Clara na série"Causa própria". Passo a passo, vai conquistando espaço na ficção nacional.

O projeto agora exibido na estação pública"foi intenso e incrível". As gravações duraram um mês e meio e a atriz de 25 anos reconhece que foi uma grande aprendizagem:"Pude contracenar com atores que admiro e trabalhar com um realizador [João Nuno Pinto] com um método que me fascinou". No final, como descreve, às quartas-feiras chega"um novo episódio cheio de suspense, drama policial e alguma risota".

Consulte Mais informação: Jornal de Notícias »

Sempre!

Coreógrafa Sílvia Real visita três décadas de referências noConcerto n.º 1 para Laura

Tânia Ribas exibe os looks da semana: 'Fico à espera de saber os vossos favoritos'Antes do arranque de cada episódio do programa 'A Nossa Tarde', da RTP1, Tânia Ribas de Oliveira partilha nas redes sociais uma fotografia do look com o qual

Rita Pereira em Quero é Viver! Saiba o dia em que gravou a primeira cenaA ação já arrancou há duas semanas, mas a primeira cena que Rita Pereira gravou só foi para o ar na passada sexta-feira. Foi quando Maria, a personagem que

Covid-19: Risco de morte com vacinação completa é três a seis vezes menor - SIC NotíciasO risco de morte nas pessoas com a vacinação completa contra a covid-19 foi, em dezembro, três a seis vezes menor em relação às não vacinadas ou sem o 0,003 para 0,001. Um estudo norte americano, noticiado também por vós, diz que, com a omicron já é 90% menor o risco de morte e 75% menor o risco de doença grave, mesmo para não vacinados. Como tal é pouco relevante agora estas 3 a 6 vezes menor o risco de morte! 😂😂😂😂💉🦠☠️⚰️

Tsunami atinge Tonga após erupção de vulcão submarinoNa costa da ilha do Pacífico Sul, uma grande onda atingiu algumas casas e edifícios em frente à praia e inundou rapidamente as imediações, de acordo com vídeos publicados nas redes sociais.

Wolverhampton de Bruno Lage volta a vencer e sobe a oitavoO Wolverhampton de Bruno Lage venceu, este sábado, o Southampton por 3-1, subindo ao oitavo lugar na Liga inglesa, com dois jogos em atraso nas 22 rondas já disputadas. Viva o Lage, não prestava para o Benfica.

Comentar Atriz pode ser vista diariamente na novela"Para sempre" e às quartas em"Causa própria". Também estudou música. Dona de uns olhos verdes cativantes e longos cabelos ondulados, Sílvia Chiola tem encantado no papel de Joana Novais na novela da TVI"Para sempre". Ao mesmo tempo, estreou-se na RTP1 como Clara na série"Causa própria". Passo a passo, vai conquistando espaço na ficção nacional. O projeto agora exibido na estação pública"foi intenso e incrível". As gravações duraram um mês e meio e a atriz de 25 anos reconhece que foi uma grande aprendizagem:"Pude contracenar com atores que admiro e trabalhar com um realizador [João Nuno Pinto] com um método que me fascinou". No final, como descreve, às quartas-feiras chega"um novo episódio cheio de suspense, drama policial e alguma risota". Já em"Para sempre", Sílvia é o elemento conciliador numa família com segredos e problemas. Por isso,"fazer a Joana deu-me oportunidade de explorar uma realidade que não é assim tão próxima de mim, o que é bastante exigente mas muito enriquecedor". Na ficção, é filha de Marina Mota (Antónia Novais),"um privilégio que traz uma grande responsabilidade. A Marina é uma pessoa que eleva o nível de exigência em qualquer projeto em que participe, pela forma como se entrega e se dedica inteiramente a tudo aquilo que faz. Foi uma autêntica escola e um verdadeiro exemplo de como ser uma excelente pessoa e profissional tanto dentro como fora de platô". Sílvia Chiola sempre quis ser atriz, mesmo sabendo da instabilidade da profissão. Por isso, diz-se"recetiva à imprevisibilidade da vida", sem deixar de"idealizar e sonhar a longo prazo"."Os meus planos são evoluir como pessoa e tornar-me melhor atriz", acrescenta. Caso não tivesse seguido a representação, admite que"certamente iria procurar outro meio de expressar" a sua criatividade. Até porque também estudou música, consciente de que"um ator tem de ser o mais versátil possível e quantas mais coisas conseguir aprender, melhor". "Trabalhar para lá de Portugal, conhecer outros modos de fazer teatro, cinema e de viver tudo isso" é um objetivo assumido pela intérprete, que se vê"a fazer espetáculos e filmes em qualquer parte do mundo". Enquanto isso não acontece, subirá ao palco de 15 a 27 de fevereiro com"Guerra", a partir de um texto de Lars Norén encenado por Ivo Alexandre, no Teatro Boutique da Cultura, em Lisboa. Além de continuar no ar com os projetos na TVI e RTP1 e ter outros desafios a chegar. Sara Oliveira