Convidados de máscara e dança só à distância: Nova Iorque autoriza casamentos com 150 pessoas a partir de 15 de março

Convidados de máscara e dança só à distância: Nova Iorque autoriza casamentos com 150 pessoas a partir de 15 de março

04/03/2021 00:00:00

Convidados de máscara e dança só à distância: Nova Iorque autoriza casamentos com 150 pessoas a partir de 15 de março

Com os casos de covid-19 a baixar, o estado norte-americano anuncia a reabertura das festas matrimoniais, mas com um conjunto restrito de regras: todos os participantes, incluindo os funcionários do evento, têm de fazer previamente um teste que prove estarem negativos

O estado de Nova Iorque, nos Estados Unidos, deu um sinal de querer reabrir a economia, após o confinamento a que obrigou a pandemia de covid-19, e anunciou que vai permitir casamentos com o máximo de 150 pessoas a partir de 15 de março, que serão submetidas a um conjunto extenso de regras sanitárias.

Meia centena de golfinhos entraram no Tejo Presidente da Pfizer admite que será necessária uma terceira dose de vacina ″Existe na cultura política chinesa um sentimento de superioridade civilizacional″

Os nova-iorquinos estão nesta fase desejosos de poder voltar a celebrar casamentos, mas o estado norte-americano ainda enfrenta receios de um aumento dos casos da infeção e do surgimento de novas variantes de covid.Neste sentido, foi preparado um extenso conjunto de regras para os casamentos se poderem celebrar em Nova Iorque, o que inclui a obrigatoriedade de todos os participantes usarem máscara (excepto no momento de comer ou de ingerir bebidas) e de apresentarem um teste PCR negativo à covid realizado até 72 horas antes do evento.

Os funcionários dos locais onde o casamento se vai realizar devem ainda ser submetidos a testes à covid a cada duas semanas. As pessoas que já tenham recebido as duas doses da vacina até duas semanas antes de se realizar o evento ficam isentas destes requisitos. headtopics.com

As regras são explícitas em relação ao banquete do 'copo de água': as mesas dos convidados têm de estar a dois metros de distância e os comensais de cada mesa só podem dançar na respetiva zona, não se podendo misturar com outros grupos, nem deslocar-se de uma zona para outra, mesmo para confraternizar.

Também os músicos que irão atuar ao vivo devem estar distanciados dos convidados do casamento, especialmente se tocarem instrumentos de sopro.“Graças ao trabalho árduo e ao compromisso de todos os nova-iorquinos, a nossa taxa de infeção é agora a mais baixa que vimos em três meses e, portanto, iremos reabrir várias atividades recreativas em todo o estado, incluindo salas de bilhar, casamentos e cinemas na cidade de Nova Iorque, vamos demonstrar que sabemos fazer isso com segurança e inteligência", frisou Andrew Cuomo, governador do estado norte-americano.

Consulte Mais informação: Expresso »