BE pede ao PS resposta clara sobre acordo à esquerda

Legislativas2022, Be

24/01/2022 22:41:00

Catarina Martins mostrou-se satisfeita com o facto de o PS ter deixado de falar de maioria absoluta e reconhecer a necessidade de entendimentos.A coordenadora do BE, Catarina Martins, mostrou-se satisfeita com o facto de o PS ter deixado de falar de maioria absoluta e reconhecer a necessidade de entendimentos, esperando agora que deixe o ‘nim’ e seja mais claro sobre acordos à esquerda.

Catarina Martins foi questionada sobre as declarações de António Costa, que se mostrou disponível para dialogar com todos os partidos à exceção do Chega e afirmou que nunca teve as portas fechadas ao BE, um dia depois do convite que fez ao líder do PS para uma reunião no dia a seguir às eleições.

Consulte Mais informação: ionline »

Já rastejas...como sabe bem o poder,

Legislativas: José Luís Carneiro acusa adversários do PS de “oportunismo” e “taticismo...Este deve ser muito estupido São uns piadistas a começar pela cor que escolheram 😂😂😂 Mas alguém foi mais oportunista que o líder do PS Antônio Costa? Por acaso você já se esqueceu que quem ganhou as eleições em 2015 foi o PSD eo oportunista do seu líder em geringonça com os extremistas da esquerda subiu ao poder para colocar Portugal na cauda da Europa

Rui Rio denuncia 'lata' do PS de falar sobre 'austeridade' do passadoRui Rio diz que o PS tem 'muita lata' em falar do passado, e refere que tem tido o pudor de não falar de José Sócrates nesta campanha.

PSD passa à frente do PS com 34,5% das intenções de votoA distância entre socialistas e sociais-democratas foi encurtando nos últimos dias e, de acordo com a sondagem diária da TVI/CNN, o PSD segue agora à frente do PS, separados por um ponto percentual. Wind of change Agora só falta o Cabrita aparecer na campanha. Uma sondagem favorável ao PSD

CDU encosta BE à direita e acusa PS de 'cinismo e hipocrisia' - SIC NotíciasCDU encosta BE à direita e acusa PS de “cinismo e hipocrisia” 'CDU encosta BE à direita' AHAHAH É ver a extrema-esquerda em autofagia.

Legislativas: Costa diz que há 'diferença abismal' entre projeto de futuro do PS e PSDFalando aos jornalistas depois de ter visitado a empresa Ibermoldes, na Marinha Grande, António Costa acusou o PSD ser “contra a subida do salário mínimo nacional, quanto mais dos outros”, e de recusar a “descida do IRS ao longo dos próximos anos”, só a admitindo “como mera possibilidade a partir de

Costa diz que na governação PS ganha ao PSD em 'todos os pontos de comparação'Líder socialista afirma que durante o seu Governo, geriu 'melhor as finanças públicas' e teve 'melhores resultados orçamentais'. Principalmente nas bancarrotas. Quando vejo o Costa a falar, a primeira coisa que me ocorre é a história de : 'O Rei Vai Nu'... Porque será? Por isso é que Portugal foi ultrapassado pelos países de Leste! Um país que quer crescer deve libertar-se do socialismo quanto antes!

Email Catarina Martins mostrou-se satisfeita com o facto de o PS ter deixado de falar de maioria absoluta e reconhecer a necessidade de entendimentos. A coordenadora do BE, Catarina Martins, mostrou-se satisfeita com o facto de o PS ter deixado de falar de maioria absoluta e reconhecer a necessidade de entendimentos, esperando agora que deixe o ‘nim’ e seja mais claro sobre acordos à esquerda. Catarina Martins foi questionada sobre as declarações de António Costa, que se mostrou disponível para dialogar com todos os partidos à exceção do Chega e afirmou que nunca teve as portas fechadas ao BE, um dia depois do convite que fez ao líder do PS para uma reunião no dia a seguir às eleições. “Registo que o PS deixou de falar de maioria absoluta e fala de necessidade de entendimentos, ainda bem”, afirmou a bloquista, acrescentando que espera que “seja possível nestes dias que faltam ainda de campanha o PS dar um outro passo”. “Deixar este ‘nim’ e ser mais claro sobre a necessidade de precisarmos de um contrato à esquerda pela saúde, pelo trabalho em Portugal”, desafiou. “Nós aqui estamos no dia 31 de janeiro para construir esse contrato para o país”, garantiu. Ler Mais