Kevin Mirallas: do mundo para Moreira de Cónegos

Futebol: Kevin Mirallas: do mundo para Moreira de Cónegos

Moreirense, Bélgica

24/01/2022 22:00:00

Futebol: Kevin Mirallas: do mundo para Moreira de Cónegos

Indicado por Sá Pinto, ex-internacional belga reforça ataque do Moreirense numa missão de resgate, contando com as vivências de 16 épocas em clubes da primeira linha europeia.

DRO Moreirense acaba de garantir o internacional belga Kevin Mirallas, de 34 anos, para reforçar a linha ofensiva do quarto ataque menos produtivo do campeonato, numa investida cirúrgica que contou com o dedo de Sá Pinto, a precisar de um aliado de peso para colocar a equipa nos lugares de salvação.

Mirallas chega a Moreira de Cónegos depois de ter representado os turcos do Gazientep em 2020-21, precisamente sob o comando do técnico português, facto que terá, obviamente, ajudado a estabelecer e agilizar as negociações.

Consulte Mais informação: Público »

OFICIAL: Kevin Mirallas é reforço do MoreirenseInternacional belga vai jogar na Liga

Kevin Mirallas em Portugal para voltar a brilharExtremo está sem clube e vai juntar-se ao Moreirense no reencontro com Sá Pinto Adoro a parte onde notícia não se trata sobre este indivíduo mas continua a ter de estar na fotografia da notícia. Deve ser para pagar os impostos ao que o jornal não paga.

Kevin Mirallas em Portugal para voltar a brilharExtremo está sem clube e vai juntar-se ao Moreirense no reencontro com Sá Pinto Adoro a parte onde notícia não se trata sobre este indivíduo mas continua a ter de estar na fotografia da notícia. Deve ser para pagar os impostos ao que o jornal não paga.

OFICIAL: Kevin Mirallas é reforço do MoreirenseInternacional belga vai jogar na Liga

Líderes do PS e do PSD a norte, CDU, BE e IL em LisboaA agenda de campanha de alguns dos lideres inclui paragem para votar antecipadamente.

O momento certo para debater o contributo de Portugal para um mundo justo e sustentávelAs eleições legislativas do próximo dia 30 de janeiro de 2022 acontecem numa altura importante para o país e para o mundo. A pandemia aprofundou os desafios globais e, mais do que nunca, é fundamental encontrar soluções para responder em conjunto ao

Foto DR O Moreirense acaba de garantir o internacional belga Kevin Mirallas, de 34 anos, para reforçar a linha ofensiva do quarto ataque menos produtivo do campeonato, numa investida cirúrgica que contou com o dedo de Sá Pinto, a precisar de um aliado de peso para colocar a equipa nos lugares de salvação. Mirallas chega a Moreira de Cónegos depois de ter representado os turcos do Gazientep em 2020-21, precisamente sob o comando do técnico português, facto que terá, obviamente, ajudado a estabelecer e agilizar as negociações. Com 60 internacionalizações pela selecção principal da Bélgica, ao serviço da qual marcou dez golos, Mirallas dispensa grandes apresentações, contando no currículo com passagens por França (Lille e Saint-Étienne), Grécia (Olympiacos), Inglaterra (sete épocas no Everton), Itália (Fiorentina), Bélgica (Standard Liège e Antuérpia) e Turquia (Gazientep). O Moreirense pode, assim, contar com a experiência e classe extras de um talento de uma geração extraordinária, que deu ao mundo futebolístico nomes como Eden Hazard, Lukaku e Witsel, entre tantas referências de uma selecção de tremenda qualidade. Mirallas soma quase 600 jogos e mais de uma centena de golos como profissional, tendo conquistado dois títulos de campeão na Grécia , onde foi o melhor marcador do campeonato, com 20 golos, há uma década. Ao longo do trajecto, que o levou à fase final do Mundial do Brasil, em 2014, Kevin Mirallas foi deixando uma marca apurada na escola do Standard Liège e sublimada no Lille, fase em que pôde evoluir nos diferentes escalões das selecções belgas. Em Portugal, onde em 2016 a Bélgica foi derrotada (2-1) pela selecção lusa num jogo amigável, em Leiria, Moreira de Cónegos acaba por ser uma espécie de primeira experiência, já que o belga não chegou a actuar nesse encontro de preparação. Isto depois de, em 2005-06, ao serviço do Lille, também ter falhado a deslocação ao Estádio da Luz, para a Liga dos Campeões, limitando-se a defrontar as “águias” na partida da segunda mão, em França. Para Mirallas, esta poderá ser a última aventura longe de casa, depois de 16 épocas em campeonatos estrangeiros, invariavelmente em clubes de primeira linha, a contrastar com o desafio que agora aceitou, de ajudar a tirar o Moreirense dos lugares de despromoção, numa Liga que já vai a meio e a que o atacante belga terá de adaptar-se com máxima urgência.