Barbados, Onu, Reino Unido, Caraíbas, Isabel Iı

Barbados, Onu

Barbados elege primeira Presidente da República após independência

Barbados elege primeira Presidente da República após independência

22/10/2021 02:56:00

Barbados elege primeira Presidente da República após independência

Barbados elegeu, esta quinta-feira, a sua primeira Presidente da República, deixando de ser governado pela rainha Isabel II, 55 anos depois de o país caribenho ter-se tornado independente do Reino Unido e ingressado nas Nações Unidas.

de Inglaterra, conforme relatado hoje pelo Executivo do país caribenho.Sandra Mason foi a primeira mulher a servir no Tribunal de Recursos de Barbados.Após ter sido eleita numa sessão conjunta da Câmara da Assembleia e do Senado, Mason disse que havia chegado o momento de Barbados deixar completamente para trás o seu passado colonial.

Barbados não é a primeira antiga colónia britânica nasCaraíbasa converter-se numa república, uma vez que a Guiana se tornou em 1970, seguindo-se de Trinidad e Tobago em 1976 e Dominica em 1978.As restantes colónias do Reino Unido na região, territórios membros da Comunidade das Caraíbas, optaram pela monarquia constitucional, permanecendo como parte da Commonwealth (Comunidade das Nações) que reúne territórios com relações históricas com Londres.

A monarquia constitucional implica que a monarca britânica é a chefe de Estado.PUBA primeira-ministra de Barbados, Mia Mottley, disse que espera que a eleição de Sandra Mason, como a primeira mulher presidente do país, leve a uma maior unidade na luta contra várias ameaças externas que podem afetar a ilha. headtopics.com

Em defesa da decisão do governo em eleger Sandra Mason, como o primeiro passo para transformar Barbados numa república, a primeira-ministra disse que a eleição é importante para o povo lutar e lidar com dificuldades, como a pandemia e as alterações climáticas.

Mia Mottley alertou que a confluência da pandemia com as alterações climáticas foi uma tempestade perfeita que tem prejudicado a estabilidade e a propriedade de Barbados."Estamos muito certos sobre a confiança necessária para enfrentar os desafios que temos pela frente", atentou.

A primeira-ministra ressalvou que uma ilha de 267 quilómetros quadrados como Barbados não consegue lidar com os desafios que enfrenta dividida, razão pela qual, considera, a união é fundamental. Consulte Mais informação: Jornal de Notícias »

Novo estudo sobre a origem da Covid-19 aponta para mercado de Wuhan

Porto. Rui Moreira compromete-se a concluir projetos que a pandemia atrasouPresidente da Câmara do Porto tomou posse com promessas de 'independência e liberdade'. Tanto amigalhaço com negócios por abrir 👏

Patrões questionam constitucionalidade das propostas de alteração à legislação laboralA CIP vai mesmo recorrer ao Parlamento e ao Presidente da República.

Costa pede que todos meditem no aviso de eleições antecipadas feito por MarceloO primeiro-ministro salientou esta quarta-feira que o Presidente da República já indicou a consequência de eleições antecipadas caso a proposta de Orçamento para 2022 seja reprovada no parlamento e defendeu racionalidade e equilíbrio para evitar uma crise política.

Presidente da República assinala 'escolhas políticas' para enfrentar situação que se pode prolongarSociedade - Presidente da República assinala 'escolhas políticas' para enfrentar situação que se pode prolongar

Costa: “Esta semana voltaremos” a baixar o adicional ao ISPPrimeiro-ministro diz que o Presidente da República já terá promulgado decreto que permite a fixação de margens máximas nos combustíveis. Por algum motivo se chama 'adicional' já nem deveria existir. Acham que baixar ja fazem um grande serviço... Teem de meter um travão nas gasolineiras! Afinal uns vendem muito mais barato que outros porquê? Não se trata de baixar mas sim... Acabar! Jmm

Marcelo sugere avaliação intercalar da execução de fundos europeus em 2022Presidente da República diz que se trata de uma 'sugestão' mas que resultou de uma conversa com um governante.