O camarão é uma metáfora do Brasil - ISTOÉ Independente

“Os bolsonaristas acham que têm o direito de comer iguarias, enquanto os outros brasileiros devem implorar por restos de comida” Leia a coluna de Felipe Machado:

17/01/2022 01:00:00

“Os bolsonaristas acham que têm o direito de comer iguarias, enquanto os outros brasileiros devem implorar por restos de comida” Leia a coluna de Felipe Machado:

O Brasil é tão curioso que um pequeno elemento que surge por acaso acaba nos ensinando mais sobre o País que páginas e páginas de análises sociológicas. Me refiro ao camarão, crustáceo que nos últimos tempos deixou de ser tratado como item gastronômico para se tornar um inusitado player político. Com a internação do presidente […]

O camarão é uma metáfora do BrasilO Brasil é tão curioso que um pequeno elemento que surge por acaso acaba nos ensinando mais sobre o País que páginas e páginas de análises sociológicas. Me refiro ao camarão, crustáceo que nos últimos tempos deixou de ser tratado como item gastronômico para se tornar um inusitado player político. Com a internação do presidente

Jair Bolsonaro, motivada por uma obstrução intestinal causada pelo dito cujo, o camarão foi ainda mais longe: virou uma espécie de “herói da resistência”, fonte de inspiração para memes e piadas. Esquecendo um pouco o lado caricatural do caso, acredito que há outra maneira de encará-lo.

Consulte Mais informação: Revista ISTOÉ »

O Programa de Todos os Programas – Saiba tudo sobre TV

Saiba tudo sobre TV no Programa de Todos os Programas. Acompanhe o que acontece no mundo da televisão no Portal R7. Consulte Mais informação >>

😂😂lembrei do meu amigo estávamos tomando uma cerveja domingo com tira gosto de camarão 🍤 ele não foi trabalhar hj porque ele tava morto de ressaca e mandou um áudio pro patrão dele dizendo que estava internado porque tinha comido camarão 😂😂 o patrão falou tá bom bolsonaro 😂 É a Classe média que pensa assim. Independente de ser Bolsonaristas, Morista... São todos uns medíocres.

Esses são os petistas socialistas. No Brasil de Bolsonaro, enquanto o povo revira o lixo, a corja de parasitas torrando dinheiro público no luxo! ESCÓRIA!!! 'NO BRASIL, A IMPRENSA É MUITO SÉRIA. SE VOCÊ PAGAR ELES ATÉ PUBLICAM A VERDADE'. ... Juca Chaves, Calma. Sei que é difícil, mas é só mais esse ano. Depois esse governo vai embora e viveremos com um pouco mais de paz.

Artigo imbecil, assim como veículo que dá pano para tal militante Imprensa de merda, que vcs falam das despesas pagas aos ex presidentes As lagostas dos ministros! É só não ser hipócrita que já tá bom, militante... ACHO QUE A LAGOSTA DO STF É MAIS EMBLEMÁTICA

A súcia está à solta, no Brasil e no mundo, e precisa ser combatida - ISTOÉ IndependenteRealizar a insignificância da vida terrena, a finitude de tudo aquilo que amamos, a certeza do fim inexorável e o tanto que nós – a maioria esmagadora das pessoas, ao menos – (não) representamos para a humanidade, ou seja, absolutamente nada!, conduz o homem comum – homem, aqui, como espécie e não gênero – a […] Agora definam o lulismo, só quero ver as primícias kkkkk vão a merda ! Tudo isso é narrativa dessa imprensa sedenta por contratos, exemplificada pelo Isto É! Trecho da entrevista de Dr Ze Ballos. Lúcido, corajoso e essencial.

💩 Tem fofoqueiros que tem cabeça de camarão 🦐 E a KiChulé não se envergonha de apresentar colunas de tão baixa qualidade. Silenciam diante dos desvios e desperdícios dos governos anteriores e acham que podem falar das comitivas do atual Governo. 😂 Bem isso mesmo, hoje só apoia o genocida possivelmente terrorista quem está bem de vida e está lucrando muito com esse cambio ridículo.

Agora escreva algo com esse mesmo enrendo, falando de Lula, seus filhos, complacência com os corruptos de seu governo, os privilégios dos camaradas. Quero ver se teu olhar sobre os fatos é isento ou é caolho. Estarei esperando. O vaga bundo do jornaleiro, cria uma narrativa nem se sabe de ontem ele se baseou, pra fazer dos lulistas, as vitimas coitadinhas e os outros os maus

Em q país vcs dessa imprensa imunda viviam antes do governo Bolsonaro q em 3 anos fez mais do q os 25 anos de governos anteriores?

Brasil registra quase 50 mil novos casos de Covid-19 nas últimas 24 horas - ISTOÉ IndependenteO Brasil registrou neste sábado (15) mais 49.459 casos de Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando a 22.975.323 diagnósticos desde o início da pandemia. As informações são do consórcio de veículos de imprensa. O número de mortes ficou em 160 nas últimas 24 horas, e a média de óbitos dos últimos 7 dias é de […] Está porra de narrativa chula na cola mas imbecis Fiquei surpreso em saber que essa revista Ainda existe Pensei que já tinha falido Ainda tem gente que ler isso ? Mortes COM covid e não POR covid

Mimimi bolsonaro Bolsonaro, Mimimi Aff é reportagem ISSO IstoEra, o ativismo da imprensa… Em resumo, é bem isso mesmo. ✌🏼 Na concepção deles, só eles podem frequentar shoppings, viajar, consumir, ser empreendedores, etc.

Reféns são libertados de sinagoga e sequestrador é morto nos EUA - ISTOÉ IndependenteOs reféns em uma sinagoga do Texas foram resgatados com segurança e o sequestrador foi morto no sábado (15), informaram as autoridades dos Estados Unidos. De acordo com a polícia e a mídia local, o homem dizia ser irmão de uma mulher condenada por terrorismo, conhecida como “Lady al-Qaeda”, e estava exigindo que ela fosse […] E iraram-se as nações, e veio a tua ira, e o tempo dos mortos, para que sejam julgados, e o tempo de dares o galardão aos profetas, teus servos, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a pequenos e a grandes, e o tempo de destruíres os que destroem a terra. Meu Jesus come a ceia nos 7 dias da Páscoa e o dízimo de Deuteronômio 26:12 a cada 3 anos e me salva em Mateus 25:34 O Jesus de vocês a Igreja ROMANA criou construindo Igreja e colégio fundando as capitais do mundo com os escravizadores e M. Lutero com ex escravos

Mulher asiática morre após ser empurrada para os trilhos do metrô em Nova York - ISTOÉ IndependenteUma mulher, de 40 anos, morreu após ser atingida por um trem no metrô de Nova York, nos Estados Unidos, no sábado (15). De acordo com as autoridades, a asiática Michelle Alyssa Go foi empurrada para os trilhos por um homem, identificado como Simon Martial, 61 anos. Após jogar a mulher contra o trem, o suspeito […] Revista de 💩

Historiador Max Hastings lança nova obra sobre Guerra do Vietnã: não houve vencedores - ISTOÉ IndependenteEm Vietnã — Uma Tragédia Épica, obra definitiva sobre o conflito militar que durou três décadas no sudeste asiático, o renomado historiador britânico Max Hastings defende a tese de que não houve vencedores, apenas derrotados Quando você visita o mudei da guerra em Ho Chi Minh, você vê que foi isso mesmo. É como a Dilma disse: vai todo mundo perder. Isto é, uma merda de revista!!

Burnout é reconhecido como doença e casos aumentam em todo o mundo - ISTOÉ IndependenteA comunidade científica internacional classifica, finalmente, a Síndrome de Burnout como enfermidade. Comprova também que a sua origem é o estresse advindo de qualquer atividade profissional e diz que ela só pode ser tratada por especialistas silvioluiz Doença de quem não aguenta trabalhar...

14/jan/22 - 09h30 O camarão é uma metáfora do Brasil O Brasil é tão curioso que um pequeno elemento que surge por acaso acaba nos ensinando mais sobre o País que páginas e páginas de análises sociológicas. Me refiro ao camarão, crustáceo que nos últimos tempos deixou de ser tratado como item gastronômico para se tornar um inusitado player político. Com a internação do presidente Jair Bolsonaro , motivada por uma obstrução intestinal causada pelo dito cujo, o camarão foi ainda mais longe: virou uma espécie de “herói da resistência”, fonte de inspiração para memes e piadas. Esquecendo um pouco o lado caricatural do caso, acredito que há outra maneira de encará-lo. Em novembro de 2021, o ator Wagner Moura , diretor de “Marighella”, foi fotografado comendo acarajé durante a exibição do filme em uma ocupação do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto). Acarajé, como se sabe, é um bolinho baiano recheado com vatapá, caruru, vinagrete e camarão. É tão comum em Salvador como cachorro-quente nas esquinas de São Paulo ou biscoito Globo nas praias do Rio de Janeiro. Não custa nem R$ 10 e equivale a uma refeição. Bastou ver Wagner Moura comendo acarajé para que a corja virtual liderada pelo filho do presidente, Eduardo, criticasse o ator: “enquanto a elite come camarão, a massa fica no esgoto”, escreveu. A ignorância bolsonarista não tem limites, mas um deputado federal não saber sequer o que é um acarajé é um pouco demais. Detalhe: o comentário foi publicado a partir de Dubai, onde uma gigantesca e inútil comitiva se divertia torrando dinheiro público de forma nababesca para tirar fotos com roupas de sheik. Os bolsonaristas acham que têm o direito de comer iguarias, enquanto os outros brasileiros devem implorar por restos de comida Corta para dezembro de 2021 – a internação do presidente. Com um pouco de lógica, é fácil associar os dois casos. Se Eduardo Bolsonaro classificou quem come camarão como “elite”, fica óbvio que ele considera seu pai parte dessa aristocracia. O problema é esse: os bolsonaristas acham que têm o direito de comer camarão, enquanto os outros brasileiros devem implorar por restos de comida. Bolsonaro pode até se empanturrar com o crustáceo; Wagner Moura e os trabalhadores Sem-Teto, não. O camarão está para Bolsonaro assim como o brioche estava para Maria Antonieta: ele escancara as causas da desigualdade social no Brasil. Há uma parcela que se acha a “elite” do País e se considera superior ao resto da população. Não é: são apenas uma massa de ignorantes e preconceituosos, alimentados pelo ódio que emana da família de artrópodes que ocupa o Planalto. Tópicos