Monique Medeiros, mãe de Henry, continuará isolada por 'temer pela vida' - ISTOÉ Independente

Monique Medeiros da Costa e Silva, que testou positivo para Covid-19, continuará em isolamento, mesmo após término do período de quarentena obrigatória, por “temer pela própria vida”.

16/05/2021 02:41:00

Monique Medeiros da Costa e Silva, que testou positivo para Covid-19, continuará em isolamento, mesmo após término do período de quarentena obrigatória, por “temer pela própria vida”.

Monique Medeiros da Costa e Silva, que testou positivo para Covid-19, continuará em isolamento no Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói, no Rio de Janeiro, mesmo após término do período de quarentena obrigatória. Ao dar entrada no sistema prisional do estado, na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, em 8 de abril, ela alegou […]

Monique Medeiros da Costa e Silva, mãe de Henry, em foto do sistema penitenciário - ReproduçãoDa Redação15/05/21 - 20h34Monique Medeiros da Costa e Silva, que testou positivo para Covid-19, continuará em isolamento no Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói, no Rio de Janeiro, mesmo após término do período de quarentena obrigatória. Ao dar entrada no sistema prisional do estado, na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, em 8 de abril, ela alegou “temer pela própria vida” caso fosse incluída no convívio coletivo. As informações são do Extra.

Menino raspa cabelo em apoio a amigo internado com câncer em Barretos, SP: 'Sempre iguais' Militares planejam se manter no poder 'com ou sem Bolsonaro', diz coronel da reserva - BBC News Brasil Bolsonaro lidera motociata em São Paulo, sem máscara e com capacete irregular - Política - Estadão

A cela de isolamento tem seis metros quadrados e é equipada com um beliche com colchonetes, pia, vaso sanitário e chuveiro de água fria. Monique retornou ao local em 30 de abril, depois de ficar 11 dias no Hospital Penitenciário Hamilton Agostinho, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio, local em que recebeu tratamento contra o coronavírus.

Monique foi presa como suspeita do homicídio contra seu filho, Henry Borel Medeiros, de 4 anos, ao lado do namorado Jairo Souza Santos Júnior, o Dr. Jairinho (sem partido), médico e vereador. Consulte Mais informação: Revista ISTOÉ »

Adnet na CPI: episódio 1

Em programa no Globoplay, Marcelo Adnet narra, em tom de humor e crítica, o desenrolar da CPI da Covid. G1 mostra trechos do primeiro episódio.

Sa fa da! Do menino mor rer ela não teve medo! Ela não é melhor que ninguém. Tem que estar em cela comum É BANDIDO. Comprovado : sangue ruim mata o virus, Ao garotinho ninguém deu o direito de se afastar do miliciano. Vagabunda ! essa chance de viver o seu filho queria ! A do filho ela não temeu 😞 Se eu comentar o que ela e o Jairinho merecem, serei banido do Twitter para sempre. Então utilize a sua imaginação.