Impunidade em feminicídio motiva greve no México

Impunidade em feminicídio motiva greve no México

29/02/2020 21:10:00

Impunidade em feminicídio motiva greve no México

Mulheres organizam paralisação em protesto contra a indiferença do governo de Andrés Manuel López Obrador diante dos assassinatos em série no país

Num domingo, dia 9 de fevereiro, a polícia da Cidade do México recebeu um alerta sobre “uma agressão contra uma mulher” em Gustavo A. Madero, um bairro de classe média baixa na capital. Chegando ao local, os agentes encontraram a cena do horror: Ingrid Escamilla, de 25 anos, havia sido morta a facadas, teve o corpo mutilado e parte da pele arrancada pelo seu companheiro Francisco Robledo, de 46 anos. Mas não era horror o bastante para o tabloide Pasala, que no dia seguinte estampou em sua capa fotos do corpo de Ingrid com a absurda legenda: “

Netos de Luiz Gonzaga divulgam 'nota de nojo' por uso de música do compositor em live de Bolsonaro Câmera instalada em fazenda no MS flagra onça-pintada se alimentando Coronavírus: OMS encerra estudos com hidroxicloroquina após ineficácia

a culpa foi do cupido”.O feminicídio é uma epidemia no México. E para quem ainda não entendeu, feminicídio não é apenas o assassinato de uma mulher. É o assassinato de uma mulher motivado pelo fato de a vítima ser mulher. É um homicídio agravado. Mas ser chamado pelo que é – feminicídio – dá nome ao problema, um primeiro passado para cobrar sua solução.

A cada dia,dez mulheres são vítimas fatais da violência de gênero no México. E 90% dos casos terminam impunes. Sem uma resposta contundente do presidente Andrés Manuel López Obrador, o AMLO, mulheres armaram um protesto em frente ao Palácio Nacional e pintaram a porta do edifício com a frase “presidente indiferente!” e “Estado feminicida”.

No mesmo dia, porém, AMLO insistiu em colocar o problema do feminicídio dentro de um contexto geral de pobreza, desigualdade e corrupção. “Hay que proteger la vida de hombres y mujeres”, disse na sua coletiva de imprensa diária. Dias antes, em uma conferência em que anunciava o leilão do avião presidencial, AMLO se recusou a responder a outra pergunta sobre o tema: “

Não quero que os feminicídios ofusquem o leilão”. Consulte Mais informação: Época »

E a quantidade de machicidios? Tem muita mulher matando homem. Vejo direto nos noticiários, e muitas vezes pelos mesmos motivos outros para ficar com com algum bem. Só não fazem esse alarde todo. Tem politica nisso ai. Feminicidios são 3% do total de assassinatos. 97% das vítimas são homens. Acho que desejam demonizar o homem e fomentar luta de classes de mulheres contra homens usando isso como pretexto

A esquerda virou a direita no quesito políticas pra mulher Só que a imprensa faz parecer que isso acontece só no Brasil

Morte de mãe e filha gera revolta em razão do feminicídio no México - Internacional - EstadãoOs assassinatos de mulheres estão forçando o acerto de contas em um país que lutou contra a violência contra as mulheres. A resposta do presidente foi duramente criticada nytimes A legislação do México também tem essa invencionice de feminicídio? nytimes Toda mulher que corre risco, só precisa de uma bolsa, um sapato e um batom: nytimes e por isso que toda mulher deve aprender defesa pessoal e saber atirar.

México permite desembarque de navio apesar de boatos sobre coronavírusEmbarcação ítalo-suíça vai poder atracar na costa mexicana após passageiros cumprirem as normas sanitárias, disse o presidente mexicano Infelizmente é inevitável uma contaminação mundial.. paciência e fé nas vacinas.. É aquela coisa Só tem doença quem faz exame fodase

Como foi o incêndio que destruiu Teotihuacán, a Cidade dos Deuses no MéxicoHistória de um velho palácio ilumina a luta de classes que levou a urbe multiétnica ao colapso há quase 1500 anos

Justiça veta política de Trump que obriga requerentes de asilo a esperarem no México - Internacional - EstadãoTribunal de Apelações da região de São Francisco derrubou medida argumentando que migrantes são enviados para regiões perigosas

Coronavírus chega ao México e cruzeiros são barrados no CaribeCom 6.000 passageiros e tripulante a bordo, o MSC Meraviglia foi barrado em duas ilhas; o cruzeiro Braemar permanece em alto mar Esses cruzeiros estão sinistros heim! Mano, 6 mil pessoas num prédio flutuante. Não consigo me animar pra embarcar num negócio desse.

Morte de mãe e filha gera revolta em razão do feminicídio no México - Internacional - EstadãoOs assassinatos de mulheres estão forçando o acerto de contas em um país que lutou contra a violência contra as mulheres. A resposta do presidente foi duramente criticada nytimes A legislação do México também tem essa invencionice de feminicídio? nytimes Toda mulher que corre risco, só precisa de uma bolsa, um sapato e um batom: nytimes e por isso que toda mulher deve aprender defesa pessoal e saber atirar.