COLUNA | Caderno do Coronavírus #2: mais anotações enquanto a pandemia não passa

COLUNA | Caderno do Coronavírus #2: mais anotações enquanto a pandemia não passa

26.3.2020

COLUNA | Caderno do Coronavírus 2: mais anotações enquanto a pandemia não passa

A quarentena ficará na nossa memória com uma moldura retangular, pois nossos dias são indissociáveis de janelas: literais, virtuais, de navegadores, de oportunidades

PUBLICIDADE Como a quarentena e o isolamento continuam, agora com maior rigor e sem previsão de acabar, mudei de canto: trouxe o caderno para perto da janela. Assim, também eu continuo com minhas notas, mas agora com paisagem. Uma nesga de rua, a lateral de um supermercado, um fragmento de céu e sol, os prédios da vizinhança, onde à noite ecoam com força os golpes nas panelas, os gritos indignados, por vezes uma salva de palmas para médicos. * Impressão, aposta: a quarentena ficará na nossa memória com uma moldura retangular. As cenas destes dias que revisitarmos, quando tudo passar, serão indissociáveis de janelas: janelas literais, janelas virtuais, janelas de navegadores, janelas de oportunidade. Pela janela do quarto, pela janela do carro, pela tela, pela janela, (...) eu vejo tudo enquadrado, como na canção de Adriana Calcanhotto. Algumas memórias têm cheiros; outras, cores; as destes dias bem podem ter formatos: 4:3, 16:9. * Outra moldura retangular: os livros para lidar com a pandemia, com o tédio, com a ansiedade da quarentena. Multiplicam-se as listas de dicas pela internet , abrangendo da Antiguidade ao pós-guerra. Não tirei da estante Boccaccio, nem Camus; preferi Peste e cólera (Editora 34), de Patrick Deville, que comecei a ler ontem. Também ele trata das pandemias, inclusive da que precipitou o Decamerão: “A grande peste da Idade Média, a peste negra, causou vinte e cinco milhões de mortes. Metade da população da Europa foi dizimada. Nenhuma guerra jamais provocou tamanha hecatombe. A amplitude do flagelo é metafísica, revela a ira divina, o Castigo.” No “romance sem ficção” de Deville, acompanhamos Alexandre Yersin, médico suíço formado na França e responsável por identificar o bacilo da peste. Transformou nosso entendimento da doença, esclarecendo que ela se transportava por uma pulga muito comum em ratos – uma vacina de concretude e ciência, algo tão desejável no século XIX, quando se passa o livro, quanto hoje. PUBLICIDADE * As chamadas virtuais, em geral com vídeo, agora são rotina. Conversas com amigos e familiares, mas também terapia, pilates, aulas, reuniões, trabalho. Numa delas, fico sabendo de um amigo de um amigo, em Milão, que não sai de casa há mais de quinze dias. Pede comida por delivery e toma sol no seu metro quadrado de varanda. Mora perto de um dos grandes hospitais da cidade, a dois quilômetros de distância; o principal barulho que ouve é o das ambulâncias, indo e vindo, dia e noite, pneus contra o asfalto e sirenes atravessando a avenida vazia. * Entre as dicas de filmes para a pandemia, ainda não vi uma menção a Ilha dos Cachorros (2018), animação em stop motion dirigida por Wes Anderson. Nela, uma gripe se alastra pelo Japão, talvez vinda dos cães – as autoridades rapidamente isolam todos os animais numa ilhota. Seguimos o ponto de vista dos cachorros, tentando processar seu abandono, reinventando sua vida. Um garoto, porém, desafia o regime – que aproveita o momento para recrudescer seu autoritarismo – e vai à ilhota, na esperança de reencontrar seu cachorro. Vale a dica para quem quiser uma história de solidariedade entre espécies, em vez do parasitismo entre humanos e vírus que tem dominado o noticiário. Vale, ainda mais, para ver Tilda Swinton dublando Oracle, um pug que prevê o futuro porque entende a televisão. * Meu amigo francófilo está em Paris desde janeiro. Vive agora restrito a seu apartamento, como todos os outros moradores, sob a vigilância da cavalaria. Perguntamos a ele quão ruim a situação está – embora as notícias informem, elas raramente nos dão a dimensão humana dos acontecimentos, falham em traduzir os eventos para nossa escala humilde, cotidiana. Não fazem como uma amiga do meu amigo francófilo, uma médica francesa, que assim resumiu o efeito do vírus no corpo dos pacientes: ele rói os pulmões. Roer (“ronger”) – verbo expressivo, clareza e precisão, a palavra exata. * Na janela, com o caderno aberto enquanto as palavras não vêm, às vezes fico olhando a lateral do supermercado. Já não era vazio; nos últimos dias há um movimento constante de carrinhos, indo e vindo, da manhã à noite, sempre abarrotados de produtos; alguns clientes vêm sozinhos, outros em dupla (para carregar mais coisas ao voltar a pé?). Dia desses vi ali, emoldurado pela soleira da porta, um cachorro. Preso pela coleira, sozinho e deitado, mas alerta. Latia para dentro do supermercado. Acompanhava com os olhos e o focinho cada pessoa que entrava, perplexo. Por que o deixaram ali? Aonde foram todos? O que está acontecendo? Voltaram para pegá-lo na saída, o que sem dúvida o tranquilizou, mas recolho suas dúvidas no meu caderno. Assim como a quarentena – e por tabela estas notas –, elas continuam, sem previsão de acabar. Consulte Mais informação: Época

Marcinho e Bruno Nazário pedem consciência contra o COVID-19Jogadores do Botafogo se manifestaram por meio de redes sociais para alertar aos cuidados para que a pandemia do novo coronavírus não faça mais vítimas

Messi faz doação de 1 milhão de euros a hospital de Barcelona - Esportes - EstadãoEspanha vem se tornando um dos países mais atingidos pela pandemia do novo coronavírus nos últimos dias Esporte Aprende neymarjr Esporte Cadê os bilionários brasileiros para fazerem uma doaçãozinha! Liviamorenita Esporte Agora chama o parça Neymar Jr pra fazer a mesma coisa

Federação Mineira estende parada do Estadual até 30 de abrilEntidade resolveu manter a pausa de suas competições até que a pandemia do coronavírus seja solucionada Se o brasileirão for pelo mesmo caminho, o cuzeiro vai acabar ficando dois anos na segundona...

Neto detona clubes brasileiros: 'Estão aproveitando para não pagar salário'NA BRONCA COM OS CLUBES🤬🚫💰 Neto detona clubes brasileiros: 'Estão aproveitando para não pagar salário' lancenet Neto e Bolsonaro direto pra fossa. Kkkkkkk Quem entrevista isso ainda E ta errado? Dxa os governos e as federacoes pagar os atletas...

Por coronavírus, venda online no Brasil cresce e sobrecarrega sistema das empresas - Brasil - EstadãoPandemia do novo coronavírus faz crescer comercialização pela internet; empresas podem contratar funcionários para o período Isso ai pessoal! Vamos manter a economia rodando, quando ficar doente descanse! Sem remuneração táokei?!

José Mourinho vai às ruas distribuir itens de higiene e comida para idosos - Esportes - EstadãoTécnico do Tottenham ajuda pessoas em situação de vulnerabilidade durante a pandemia do coronavírus Esporte Isso é SER humano....parabéns..belíssima atitude



Mortos em casa e cadáveres nas ruas: o colapso funerário causado pelo coronavírus no Equador

Da Vera: Ao se associar a Lula, Doria comete seu maior erro na crise

Com coronavírus, empresário faz festa com cerca de 15 pessoas no RN; 'Errei feio, fui irresponsável'

Internações por problemas respiratórios cresceram na última semana, mas em ritmo menor, diz Fiocruz

Mesário, sócio do Vasco, assinante do BBB: dados pessoais de general Heleno viram piada na internet - Política - Estadão

Médica que associou 'soro da imunidade' à Covid-19 nega intenção de enganar, mas aceita acordo com MP

Criador do #Futirão lamenta saída de Prior, mas se orgulha: 'Nunca tinha visto união tão grande'

Escrever Comentário

Thank you for your comment.
Please try again later.

Últimas Notícias

Notícia

26 março 2020, quinta-feira Notícia

Notícias anteriores

Deputado aparece com cachorrinha no colo em sessão virtual do coronavírus

Próxima notícia

'Não vamos pedir autorização para proteger população', diz governador do Pará sobre Bolsonaro e coronavírus
Brasil tem 299 mortes e 7.910 casos confirmados de coronavírus, diz ministério Covid-19 já mata mais por dia que a tuberculose, doença infecciosa mais letal do mundo Governadores do Sul e Sudeste pedem urgência à União para evitar 'colapso econômico', diz Doria - Política - Estadão Bradesco, Itaú e Santander doam R$ 50 milhões para compra de máscaras Espanha está à beira do colapso sanitário com a Covid-19 - CartaCapital O Rio em silêncio: vídeo mostra a cidade em tempos de isolamento Ao deixar de recomendar quarentena, Bolsonaro se isola de líderes globais Número de casos confirmados de novo coronavírus passa de 1 milhão, diz levantamento Curado da covid-19, Alcolumbre defende decisões de governadores por isolamento - Política - Estadão Mandetta diz que Brasil tem 'plano de logística' para buscar equipamentos na China - Saúde - Estadão Neto diz que Neymar deveria voltar ao Barça e se casar com Marquezine: 'Ganharia 3 bolas de ouro e a Copa' Camisa do Palmeiras é eleita a mais bonita de fornecedora no mundo todo
Mortos em casa e cadáveres nas ruas: o colapso funerário causado pelo coronavírus no Equador Da Vera: Ao se associar a Lula, Doria comete seu maior erro na crise Com coronavírus, empresário faz festa com cerca de 15 pessoas no RN; 'Errei feio, fui irresponsável' Internações por problemas respiratórios cresceram na última semana, mas em ritmo menor, diz Fiocruz Mesário, sócio do Vasco, assinante do BBB: dados pessoais de general Heleno viram piada na internet - Política - Estadão Médica que associou 'soro da imunidade' à Covid-19 nega intenção de enganar, mas aceita acordo com MP Criador do #Futirão lamenta saída de Prior, mas se orgulha: 'Nunca tinha visto união tão grande' Bolsonaro apaga vídeo de desabastecimento em BH “Chance de morrer de Covid-19 é de 1 em 10.000 em jovens. Problema é se 100 milhões de brasileiros pegarem ao mesmo tempo” Diretor de TV se desculpa após fazer comentários racistas sobre Maju e Thelma - Emais - Estadão Barroso proíbe que Bolsonaro faça campanha para população furar isolamento Felipe Prior é eliminado do 'BBB20' com 56,73% dos votos