Boric anuncia gabinete de governo com maioria feminina no Chile

Neta de Allende, presidente que morreu durante golpe militar do general Pinochet, ocupará a chefia da Defesa #g1

21/01/2022 18:46:00

Neta de Allende, presidente que morreu durante golpe militar do general Pinochet, ocupará a chefia da Defesa g1

Novo governo do político esquerdista terá 14 ministras e 10 ministros em um perfil moderado. Neta de Allende ocupará a chefia da Defesa chilena, veja lista de ministros.

O presidente eleito do Chile, Gabriel Boric, anunciou nesta sexta-feira (21) seu gabinete de governo com uma a presença majoritária de mulheres na chefia, ao todo são 14 ministras e 10 ministros.“Temos certeza que a riqueza do Chile está, justamente, na diversidade de sua gente", disse Boric em um pronunciamento.

O presidente de 35 anos qualificou sua formação ministerial como "diversa", com pessoas de origens e formações distintas."Esse gabinete tem a missão de lançar as bases para as grandes reformas que nos propusemos realizar em nosso programa", afirmou o presidente eleito.

Consulte Mais informação: g1 »

Virada Cultural tem shows de Chico César, Gloria Groove e outros artistas em São Paulo

Chico César e Glória Groove são os convidados do CBN São Paulo e falam sobre suas participações nos shows da Virada Cultural, que acontece neste fim de semana na capital paulista. Chico toca no palco Butantã. Groove vai se apresentar no palco Itaquera. 'Esse show tem uma importância tremenda de trazer a Lady Leste Tour pra dentro da minha Zona Leste', celebra. 'É um show que leva o nome das minhas origens exatamente neste lugar, por isso que tem todo esse gostinho especial de jogar em casa.' Consulte Mais informação >>

Allende foi assassinado pela CIA usando o Pinochet de arma. E agora a mesma Cia coloca o Boric de presidente! Que loucura Os machistas e misóginos da diretalha surtaaaaaaam. RipChile 👏👏👏 lá deram um basta no neoliberalismo q de tão injusto e explorador da sociedade, só foi posto em prática com um governo autoritário de um ditador,pinochet,os EUA apoiaram, agora o povo vai poder ter aposentadoria, educação e saúde,q perderam com os liberais no poder q privatizaram

Coitado do Chile, vai entrar em decadência. Começa muito bonitinho, e descamba depois de alguns anos. Quem esperava governo radical eram os retardad0s bolsonaristas. A esquerda chilena sempre teve o modelo europeu social democrata. Um governo com igualdade, coisa q o Brasil nunca vai ter

'Nossa geração vai acabar com o racismo', diz neta de Martin Luther King Jr. ao subir no púlpito do avô 50 anos depois'Depois de uma pandemia que está roubando nossa infância, e uma insurreição que quase roubou nossa democracia, eu acredito que seremos a geração que vai acabar com o racismo estrutural', disse a jovem g1 Cala a boca rede globo. achei que era a mini pastorinha

Fortes ondas em Tonga provocam desastre ecológico com óleo no litoral do Peru | CNN BrasilUm derramamento de óleo em uma refinaria no Peru durante fortes ondas causadas pela explosão de um vulcão em Tonga, no último fim de semana, foi classificado pelo governo peruano como um “desastre ecológico” nesta quarta

Anvisa decide nesta quinta uso da CoronaVac em criançasAnvisa decide nesta quinta uso da CoronaVac em crianças 💉 Decisão ficará a cargo da diretoria colegiada, com votos separados e definição por maioria simples Alguém tem alguma dúvida que o Cabo Barra Torres vai liberar Se para adultos essa porcaria não serviu de nada. Imagina para crianças. Tão inútil quanto o BostaDória.

Ex-assessor de Bolsonaro confirma rachadinha na família do presidenteEXCLUSIVO | Amigo e ex-assessor de Bolsonaro confirma rachadinha na família do presidente LEIA Um dos amigos mais próximos do capitão, Waldir Ferraz diz que uma ex-mulher do presidente comandou o esquema nos gabinetes de Jair, Flávio e Carlos Total de pessoas surpresas: 0 Só é surpresa p gado

Ex-assessor de Bolsonaro confirma rachadinha na família do presidenteEXCLUSIVO | 'Ana Cristina Valle que fazia, mas quem é que assinava? Quem assinava era ele (Jair Bolsonaro)', diz ex-assessor e amigo do presidente sobre esquema de rachadinha LEIA TEM QUE SER MUITO IDIOTA para acreditar que o BOZO não sabia. Quase 30 anos rolando rachadinha e o BOZO nunca viu nenhuma suspeita de riquezas, de gastos, carros e casas ? Tem que ser muito imbecil para acreditar que o BOZO não era o beneficiario final. BolsonaroNaCadeia Família Peculato. Mais uma narrativa

Equipe faz transplante de rins de porco em homem com morte cerebral nos EUACirurgiões americanos transplantaram com sucesso dois rins de porco em um humano com morte cerebral. Procedimento marcou um grande passo em décadas de pesquisas para o uso de órgãos de animais para transplantes.A operação, que ocorreu em 30 de s Us veganos piram

O presidente eleito do Chile, Gabriel Boric, comemora sua vitória no segundo turno da eleição presidencial chilena, com apoiadores, na capital Santiago, em 19 de dezembro de 2021 — Foto: Luis Hidalgo/AP O presidente eleito do Chile, Gabriel Boric, anunciou nesta sexta-feira (21) seu gabinete de governo com uma a presença majoritária de mulheres na chefia, ao todo são 14 ministras e 10 ministros. “Temos certeza que a riqueza do Chile está, justamente, na diversidade de sua gente", disse Boric em um pronunciamento. O presidente de 35 anos qualificou sua formação ministerial como "diversa", com pessoas de origens e formações distintas. "Esse gabinete tem a missão de lançar as bases para as grandes reformas que nos propusemos realizar em nosso programa", afirmou o presidente eleito. Na Defesa, Boric anunciou Maya Fernanda Allende, neta do ex-presidente socialista Salvador Allende, deposto e morto durante o golpe de estado liderado pelo general Augusto Pinochet. Mais mulheres no poder Dos 24 cargos possíveis na chefia do governo, Boric anunciou nomes femininos em mais da metade deles, além de Maya Fernanda Allende, há ainda: Moderação na economia Um dos destaques está no atual chefe do Banco Central do Chile, Mario Marcel, assumindo o comando do Ministério da Fazenda, uma escolha que parece ter sido bem recebida pelos mercados. Marcel, um especialista moderado ligado ao Partido Socialista, embora sem militância, terá entre seus desafios promover uma reforma tributária prometida por Boric. "Assumimos com enorme carinho e energia o desafio de consolidar a recuperação da nossa economia sem reproduzir suas desigualdades estruturais", disse o jovem líder. "Estamos falando de um crescimento sustentável acompanhado de uma justa redistribuição de riqueza." Ainda farão parte do governo de Boric: