Após ficar à beira do colapso na saúde, Portugal implementa restrições e números da Covid-19 melhoram

Após implementar um lockdown, o país conseguiu controlar as taxas de transmissão do coronavírus e, consequentemente, o número diário de mortes caiu.

04/03/2021 23:30:00

Após implementar um lockdown, o país conseguiu controlar as taxas de transmissão do coronavírus e, consequentemente, o número diário de mortes caiu G1

Após implementar um lockdown, o país conseguiu controlar as taxas de transmissão do coronavírus e, consequentemente, o número diário de mortes caiu.

Portugal começou o ano de 2021 com o sistema de saúde perto do colapso e apresentava uma das piores tendências de alta de infecções e mortes por Covid-19 do mundo, mas um lockdown reverteu a situação: a taxa de incidência de Covid-19 do país atualmente é uma das cinco menores da Europa, de acordo com informações desta quinta-feira (4) do Centro Europeu de Controlo de Doenças (ECDC, na sigla em inglês).

TCU inocenta Dilma e responsabiliza Gabrielli e mais 6 por compra da refinaria de Pasadena Polícia Federal aciona o Supremo contra Ricardo Salles e diz que ministro dificultou ação de órgãos ambientais Dilma Rousseff é absolvida pelo TCU no caso da refinaria de Pasadena

Na terça-feira, os dados de ocupação hospitalar mostravam que o país tinha atingido a menor taxa de internação por Covid-19 em quatro meses.Trata-se de uma mudança em relação à situação do começo do ano. A situação começou a se alterar em 15 de janeiro, quando o governo ordenou um lockdown. Poucos dias depois, o país começou a reagir, e os números começaram a se igualar aos de outubro.

Imagem de pessoas com máscaras no aeroporto de Lisboa, em 15 de junho de 2020 — Foto: Rafael Marchante/ReutersO número de mortes diárias em dezembro não passava de 100. Porém, em janeiro, muito mais gente passou a morrer de Covid-19: no dia 15 de janeiro, foram 159. Os números continuaram a piorar -- no dia 31 daquele mês, foram 303 mortes. headtopics.com

No fim de fevereiro, o número diário voltou a ser menos de 100. Nos últimos dias, é em torno de 50.O primeiro-ministro do país, António Costa, pediu às pessoas que sigam cumprindo as restrições para que se possa acabar gradualmente com o lockdown.

"A ideia de que uma tragédia não se repete é falsa, pode acontecer de novo se as pessoas repetirem os mesmos comportamentos", afirmou. 5 min Retorno escolar é prioridade em plano de reabertura de PortugalAs autoridades de saúde do país afirmam que parte da piora que ocorreu em janeiro se deve a uma variante do coronavírus que foi inicialmente detectada no Reino Unido.

Outro vilão foi o relaxamento das regras de prevenção à Covid-19, o que ocorreu principalmente no fim do ano. "Não podemos cometer esses erros novamente", afirmou Costa.A expectativa é que os planos para tornar o lockdown menos rígido sejam revelados no dia 11 de março. "Há mais gente que foi vacinada do que o número de infectados, e isso deve fazer com que possamos olhar o futuro com esperanças renovadas", disse a ministra de Saúde, Marta Temido.

A população de Portugal é de cerca de 10 milhões, e 885 receberam pelo menos uma dose da vacina.Veja os vídeos mais assistidos do G1 Consulte Mais informação: G1 »

Serrana está há 13 dias sem intubar; vacinação em massa contra o coronavírus termina hoje - Saúde - Estadão

Último caso de intubação foi em 29 de março na UPA da cidade. Resultados do Projeto S serão divulgados em maio pelo Instituto Butantan

A va, juraaaaaaaa Por favor para de mentiras. Deputado Federal Daniel Silveira preso por fazer críticas ao STF, Trabalhar virou crime repreendido com geração e humilhação. Ministros da Corte mandam soltar traficantes, pois, segundo eles, é desproporcional prender alguém por portar 188 quilos de cocaína.

Teucu Lockdown é a coisa mais egoísta e elitista que pode existir. Quem é rico tem dinheiro pra ficar em casa, o pobre recebe auxílio e a classe média toma no olho do cu. É proibida de trabalhar e tem que financiar esse escárnio! DoriaGenocida que nem eleição. zero casos O Golpe está aí cai quem quê LockdownNao vidas importam, empregos também quem manda vc fica em casa concerteza tem seus Empregos Garantidos.

Mas tem que ser um lockdown msm N adianta n ter a fiscalização adequada e centenas de pessoas saírem para festas clandestinas MENTIRA: todos os países europeus apresentaram redução de casos e óbitos nos últimos dois meses, INDEPENDENTE de lockdown. E espere sair da quarentena pra ver o que vai acontecer (como foi da primeira vez)!

Já que o jegue não quer comprar as vacinas esse será o único jeito. Primeiro mundo é outro papo ;) Sorte de quem mora lá Mentirosos...estamos na estaca zero...Governadores não conseguiram resolver nada...Os hospitais faraônicos foram desmontados...o dinheiro à rodo foi jogado no lixo e hoje nos trancam em casa de novo pra encobrir sua incompetência!!O Povo está indignado!!!

Na verdade, na Argentina não deu certo né... Igual a Argentina... Enquanto isso no Brasil fecham as academia e etc e deixam as igrejas abertas, qual o sentido disso? Não adianta, o brasileiro só pensa no próprio cu.. e pensar que a 40 anos atrás o mundo inteiro conhecia a fama do brasileiro de empático, hospitaleiro, hoje viramos um bando de fdp

E na Argentina? Receita pra combater a pandemia = lockdown e vacinação em massa DoriaGenocida Quem imaginaria que Lockdown funcionaria 🤔 Com certeza foi um lockdown de verdade, não essas medidas de meia tigela que implementamos no Brasil. Precisamos de um lockdown de verdade aqui.