Vá para fora cá dentro. Portugueses viajaram mais 20% no verão dentro de Portugal

Vá para fora cá dentro. Portugueses viajaram mais 20% no verão dentro de Portugal

27/01/2022 16:46:00

Vá para fora cá dentro. Portugueses viajaram mais 20% no verão dentro de Portugal

No terceiro trimestre, as viagens em território nacional corresponderam a 94,1% das deslocações efetuadas, verificando-se um 'acréscimo de 17,1% face ao período homólogo.

27 Janeiro 2022, 11:32No terceiro trimestre, as viagens em território nacional corresponderam a 94,1% das deslocações efetuadas, verificando-se um “acréscimo de 17,1% face ao período homólogo.Os residentes em Portugal realizaram 7,7 milhões de viagens no terceiro trimestre de 2021, verificando-se um acréscimo de 21,3% face ao período homólogo e de 83,9% face ao trimestre anterior, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Ainda assim, o gabinete estatístico nota que os valores ainda se encontram abaixo dos números registados no mesmo trimestre de 2019, menos 11,1% dado que os portugueses tinham realizado 8,7 milhões de viagens.O INE vai mais longe na sua análise ao sustentar que “o número de viagens aumentou em todos os meses do trimestre”. Em julho observou-se um aumento de 31,7%, em agosto de 13,3% e em setembro de 25,9%.

Consulte Mais informação: Jornal Económico »

Inês Pinto Miguel 27 Janeiro 2022, 11:32 No terceiro trimestre, as viagens em território nacional corresponderam a 94,1% das deslocações efetuadas, verificando-se um “acréscimo de 17,1% face ao período homólogo. Os residentes em Portugal realizaram 7,7 milhões de viagens no terceiro trimestre de 2021, verificando-se um acréscimo de 21,3% face ao período homólogo e de 83,9% face ao trimestre anterior, revela o Instituto Nacional de Estatística (INE). Ainda assim, o gabinete estatístico nota que os valores ainda se encontram abaixo dos números registados no mesmo trimestre de 2019, menos 11,1% dado que os portugueses tinham realizado 8,7 milhões de viagens. O INE vai mais longe na sua análise ao sustentar que “o número de viagens aumentou em todos os meses do trimestre”. Em julho observou-se um aumento de 31,7%, em agosto de 13,3% e em setembro de 25,9%. No terceiro trimestre, as viagens em território nacional corresponderam a 94,1% das deslocações efetuadas, verificando-se um “acréscimo de 17,1% face ao período homólogo (-4,6% face ao mesmo período de 2019; 79,3% no segundo trimestre de 2021)”. “Numa análise mensal, verificaram-se variações de +28,8% em julho, +10,1% em agosto e +17,8% em setembro”, lê-se no relatório do INE. Por sua vez, as viagens turísticas com destino ao estrangeiro registaram o valor mais elevado desde o início da pandemia, correspondendo a 454,8 mil viagens. “O ‘lazer, recreio ou férias’ manteve-se como a principal motivação para viajar no terceiro trimestre de 2021 (5,4 milhões de viagens), tendo a sua representatividade diminuído ligeiramente (69,8% do total). O motivo ‘visita a familiares e amigos’ correspondeu a 1,9 milhões de viagens (25% do total), correspondendo a um acréscimo de 24,4%. As viagens por motivos ‘profissionais ou de negócios’ (206,2 mil) aumentaram 20,2%, não se tendo alterado a sua preponderância (2,7% do total)”. Os hotéis concentraram 29,3% das dormidas turísticas no terceiro trimestre e registaram um ganho na sua representatividade (+4,3 pontos percentuais), pelo segundo trimestre consecutivo. O alojamento particular gratuito foi a principal opção de alojamento, tendo representado 56,6% das dormidas. No entanto, os turistas residentes optaram por ficar menos noites face a 2020. No terceiro trimestre, cada turista dormiu, em média, 8,24 noites nas suas viagens turísticas, menos 1,9%. A duração média mais elevada foi observada em agosto, tendo-se fixado em 9,26 noites.