Trump acusado de usar o Facebook para demover 3,5 milhões de afro-americanos de votarem em Clinton

Trump acusado de usar o Facebook para demover 3,5 milhões de afro-americanos de votarem em Clinton

29/09/2020 01:50:00

Trump acusado de usar o Facebook para demover 3,5 milhões de afro-americanos de votarem em Clinton

Investigação jornalística diz que Trump recorreu a publicidade negativa contra a candidata democrata no Facebook atacando o eleitorado indeciso de 16 estados

JornalistaUma investigação do canal “Channel 4” revela que a campanha de Donald Trump se concentrou, durante a corrida presidencial de 2016, em tentar demover afro-americanos tendencialmente democratas de votarem.O atual presidente norte-americano terá alegadamente proliferado anúncios negativos contra Hillary Clinton no Facebook junto do eleitorado indeciso de 16 estados, todos conquistados posteriormente pelo republicano.

Europa entrega dinheiro a Portugal para financier lay off e evitar despedimentos Portugal e a defesa do Estado de direito na União Europeia Bolsonaro sofre derrota nas eleições municipais e clama contra 'fraude'

A campanha de Trump terá compilado uma base de dados sobre 198 milhões de norte-americanos, com o apoio da consultora Cambridge Analytica, contendo informações sociais e económicas dos eleitores, segmentando-os em oito categorias.

Uma delas, considerada fulcral e intitulada de grupo de “dissuasão”, agregava eleitores, na grande maioria afro-americanos, que provavelmente votariam em Clinton ou não votariam de todo.Usando o poder das redes sociais, a campanha de Trump colocou o foco em disseminar propaganda negativa contra a candidata democrata no feed de todos aqueles que potencialmente poderiam ter o sentido de voto inclinado para Hillary.

Os anúncios alegavam em alguns casos que a concorrente na corrida à Casa Branca não simpatizava com afro-americanos.Em Michigan, onde Trump venceu com uma vantagem de 10 mil votos, 15% dos eleitores eram negros, sendo que esses eleitores correspondiam a 33% do grupo de dissuasão identificado naquele estado.

Calcula-se que em 2016, em todo o território dos EUA, 2 milhões de eleitores afro-americanos que quatro anos antes votaram em Barack Obama acabaram por não manifestar o apoio no boletim de voto a Hillary Clinton. Consulte Mais informação: Expresso »

Investigação revela evasão fiscal por parte de Trump em 10 dos últimos 15 anosUma investigação do jornal norte-americano The New York Times revela que o atual presidente dos EUA fugiu ao fisco durante anos e tem centenas de milhões de dólares em dívidas a vencer ATÉ TU EXPRESSO...FAKE NEWS!! Evasão fiscal? Tipo Bill Clinton que deduzia nas suas declarações de IRS, roupa usada como cuecas e meias e às quais atribuía um valor?

Investigação do ''New York Times'' revela anos de fuga ao fisco de TrumpInvestigação do “New York Times“ revela anos de fuga ao fisco de Trump Fez muito bem.. Se eu pudesse faria o mesmo como fazem muitos políticos e não só..

Investigação do ″New York Times″ revela anos de evasão fiscal de TrumpO jornal norte-americano 'The New York Times' publicou este domingo um trabalho de investigação no qual revela que o presidente dos EUA fugiu ao fisco durante anos.

Conflitos de interesse, taxas de consultoria exorbitantes e fortunas no cabeleireiro: o que diz a investigação do New York Times sobre TrumpO retrato fiscal do Presidente norte-americano, que tudo tem feito para manter secreta a sua vida tributária, mostra o contrário do que Trump tem apregoado. Além de dívidas e litígios, apontam habilidades muito duvidosas para fugir ao fisco e a captação para os seus negócios de elevadas somas de dinheiro de lobistas e autoridades estrangeiras

Biden acusa Trump de nomear juíza para o Supremo para eliminar ObamacareBiden voltou a pedir que o Senado não se pronuncie antes das eleições presidenciais. Biden tem mesmo medo de uma juíza conservadora. Até lembra o medo dos pedófilos Biden ainda assedia crianças? Ainda bem...

Impostos pagos por Trump n\u00e3o parecem alterar o rumo das presidenciaisPagos? Contem a historia como deve ser contada! Espantoso o tempo que tiveram para fazer o estudo entre a saída da noticia do NYT e o vosso artigo.