Oe2022 Oe2022 Marcelo

Oe2022 Oe2022 Marcelo

'Sabem qual é a minha posição, preferiria e prefiro até ao último minuto que o Orçamento passe', diz Marcelo

27/10/2021 18:08:00

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, esclareceu, esta quarta-feira, que as “diligências” que realizou para tentar um acordo entre os partidos, aconteceram “antes do começo do debate” e com “os dois partidos principais de esquerda que podiam ser a chave”. As declarações surgem já depois de Miguel Albuquerque ter negado contactos do chefe de Estado com os deputados do PSD-Madeira.

Portugal com 19 infeções da variante Ómicron, revela à RTP a diretora-geral da Saúde Emigrante português morre em acidente de trabalho no Luxemburgo Bimi, o legume que conquistou os consumidores e tornou Portugal no terceiro maior produtor europeu

Marcelo confessou que tem consciência de que é “muito difícil” a viabilização do Orçamento do Estado para 2022, mas mantém a esperança: “Sabem qual é a minha posição, preferiria e prefiro até ao último minuto que o Orçamento passe, mas a decisão soberana é da Assembleia da República”, disse o Presidente, em declarações aos jornalistas em Aveiro.

Se o documento for chumbado, Marcelo anunciou que vai ouvir os partidos, parceiros sociais e Conselho de Estado.“Se a Assembleia decidir não dar luz verde ao Orçamento irei ouvir os partidos sobre essa matéria. Só depois disso será possível avançar”, indicou. headtopics.com

Marcelo acabou ainda por comentar a ida de Paulo Rangel a Belém, algo que aconteceu “por cortesia”, segundo o chefe de Estado.“O que não é importante é as pessoas não perceberem que o Presidente da República é como é. Recebo toda a gente, faço audiências de cortesia há seis anos. Há dois candidatos à liderança de um partido, um deles que me pede audiência de cortesia”, explicou. "Pode acontecer que tenhamos de assistir a uma dissolução da Assembleia da República e eleições e isso é que é importante para a vida das pessoas”, rematou.

Consulte Mais informação: Jornal SOL »

Novo estudo sobre a origem da Covid-19 aponta para mercado de Wuhan

Ó Sr Presidente ja estamos fartos desta pouca vergonha, faça alguma coisa pelos PORTUGUESES Neste momento só gostava que este OE fosse aprovado para espetar nas fuças do papagaio de Belém De resto quero que chumbe. O povo português merece nada e os dois partidos que acham que são a única esquerda merecem a irrelevância política. Venham os fachos para o país dos bufos

“Se precisarem de nós sabem onde estou”Miguel Albuquerque, o presidente do governo regional da Madeira deixou duras críticas à proposta de Orçamento do Estado (OE2022), mas abre a porta a negociações com o Governo. A posição de Miguel Albuquerque indica que os três deputados do PSD eleitos pelo círculo eleitoral do arquipélago possam vir a mudar o sentido de voto. O Jornal Económico, 27/10/2021

OE 2022: Miguel Albuquerque abre a porta à negociação. “Sabem onde é que eu estou”Neste momento, o voto dos deputados do PSD eleitos pela Madeira é contra o orçamento, mas Albuquerque diz-se disponível para conversar. Hipocrita Mais outro queijo Limiano!

'Se precisarem de nós sabem onde estou'. Miguel Albuquerque sinaliza disponibilidade para negociar com Governo (com áudio)Apesar de demonstrar abertura para negociar com o Governo, o presidente do governo regional da Madeira admite que o 'Orçamento é péssimo para a Madeira'.

Costa ″frustrado″ com fim da geringonça, Marcelo tenta salvar OE até ″ao último segundo″O PSD Madeira abriu a porta a negociações com António Costa, mas Rui Rio garante que os três votos dos deputados madeirenses não estão 'à venda'. Ferro vai na quarta-feira a Belém revelar a posição dos partidos face à data das possíveis eleições antecipadas. Não se pode estar sempre a lixar os parceiros e depois esperar fidelidade.

Marcelo diz que fez ″diligências complementares″ para tentar salvar OrçamentoPresidente da República diz que agora é tempo para respeitar o funcionamento da Assembleia da República

António Costa considera Orçamento do Estado 'amigo das famílias'Primeiro-ministro diz que esta proposta de orçamento 'dá prioridade particular às famílias com filhos'. Mentira Grande aldrabão mentiroso.