Ruas inundadas e estradas cortadas: chuva intensa lança o caos na região de Lisboa (veja os vídeos)

08/12/2022 03:43:00

Proteção Civil regista mais de 100 ocorrências devido ao mau tempo na Grande Lisboa. IPMA coloca Lisboa sob alerta vermelho até às 2h

Lisboa voltou a ficar ‘debaixo de água’. Mau tempo na noite de quarta para quinta-feira deixou várias ruas alagadas, carros submersos e estações de metro inundadas. Acompanhe as últimas atualizações no Expresso:

Proteção Civil regista mais de 100 ocorrências devido ao mau tempo na Grande Lisboa. IPMA coloca Lisboa sob alerta vermelho até às 2h

Leia também Vários túneis e ruas em Lisboa foram encerrados ao trânsito devido a inundações provocadas pelas chuvas fortes.Há 30 min 01:03 Chuva não dá tréguas e em Queluz de Baixo já há carros retidos e ruas completamente alagadas 03:08 Mau tempo.A chuva forte e trovoada registadas nas últimas horas estão a provocar um pico nas ocorrências registadas pela Proteção Civil na noite desta quarta-feira na região da Grande Lisboa.Mau tempo gera pico de ocorrências Paulo Pimenta/Arquivo A cidade de Lisboa está, nas últimas horas, a ser afectada por chuvas e ventos fortes, com a precipitação a causar inundações em várias ruas um pouco por toda a capital.

"Os túneis do Campo Grande, da zona do Campo Pequeno e da Avenida João XXI, estão fechados.A Avenida 24 de julho também está interditada e a Avenida de Berna também", disse Tiago Lopes.A região de Lisboa está a ser das mais atingidas esta quarta-feira à noite A chuva forte que atingiu a região de Lisboa ao final da tarde desta quarta-feira provocou inundações em várias zonas residenciais e dificuldades no trânsito nas principais vias de acesso.De acordo com o comandante dos Sapadores Bombeiros de Lisboa, pelas 23h40, foram registadas"aproximadamente 100 ocorrências ativas".Meia hora depois, pelas 23h15, o número de ocorrências escalou para 54, com 116 operacionais mobilizados e 38 meios terrestres."Não há feridos, nem vítimas mortais a lamentar até agora", salientou.Os concelhos mais afetados são Lisboa, Oeiras e Sintra, onde a Proteção Civil regista mais ocorrências.Tiago Lopes disse ainda que na área Xabregas há uma situação de pessoas retidas em veículos.O mesmo acontece quando se tenta ligar para os bombeiros: o sinal de linhas ocupadas é uma constante.

"Temos também no hospital Francisco Xavier um princípio de inundação e estamos juntamente com os Bombeiros Voluntários da Ajuda a dar o apoio.Em comunicado, com base na análise do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) para as próximas 48 horas, a ANEPC alertava para a previsão de chuva, por vezes forte, mais intensa e frequente na região sul na quarta-feira e na quinta na zona centro.E temos no Teatro Nacional D.Maria II uma situação de inundação", acrescentou.Com base nas previsões, a ANEPC admitia a ocorrência de inundações em zonas urbanas, causadas por acumulação de águas pluviais devido à obstrução dos sistemas de escoamento, assim como cheias, potenciadas pelo transbordo do leito de alguns cursos de água, rios e ribeiras.O comandante salientou também que na cidade há"pequenos focos de inundação quer no espaço privado, quer em espaço público", dizendo que"vai demorar um bocado até a água escoar toda", não tendo previsões para o fim dos trabalhos.Questionado sobre se houve pessoas que tiveram que abandonar as suas casas devido a inundações, Tiago Lopes disse que não tinha registos.

"Tivemos algumas situações na via pública de pessoas que ficaram retidas nos veículos, mas em casa não", disse.De acordo a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), há cerca de 164 ocorrências ativas no distrito de Lisboa, sendo que os concelhos mais afetados são Lisboa, Oeiras e Sintra.A Avenida Marginal, em Oeiras, entre Algés e Cruz Quebrada está encerrada ao trânsito.Em São Domingos de Rana, em Cascais, na Amadora e em Queluz, Sintra, também há varias ruas encerradas.Em Odivelas, também foram registados casos de automóveis parcialmente cobertos pela água.

.

Consulte Mais informação:
Expresso »
Loading news...
Failed to load news.

Caótico!! ManolisGiak83 Estas imagens são uma vergonha. Sempre que chove mais um bocadinho é esta treta. Se os políticos em vez de andarem a falar de 'alterações climáticas' e de 'descarbonização', corrigissem este problema que existe há décadas, é que faziam alguma coisa de jeito. É um problema velho, que nenhum presidente da CML, conseguiu resolver apesar de não se difícil a solução. Porém, somos a cidadã da web summit

goncalves_ceu 🎥 Redes Sociais | SIC Notícias | D.R.

Mau tempo: Proteção Civil regista dezenas de ocorrências em LisboaCNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

Mau tempo gera pico de ocorrências em Lisboa com ruas inundadas e estradas cortadas (veja os vídeos)Proteção Civil regista mais de 40 ocorrências devido ao mau tempo na Grande Lisboa

Chuva forte deixa ruas inundadas e estradas cortadas em LisboaImagens publicadas nas redes sociais mostram efeitos do mau tempo que se faz sentir na noite desta quarta-feira.

Proteção Civil da Madeira emite recomendações devido a previsão de chuva forteProteção Civil emite um comunicado onde avisa uma aproximação e passagem de superfície frontal fria pelo que prevê-se períodos de chuva ou aguaceiros pontualmente fortes e acompanhados de trovoada.

Proteção Civil alerta para chuva, vento forte e agitação marítima até quinta-feiraCom base na análise do Instituto Português do Mar e da Atmosfera para as próximas 48 horas, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil alerta para a previsão de chuva, por vezes forte, mais intensa e frequente na região sul na quarta-feira e na quinta na zona centro Ela é bem precisa para encher as barragens alentejanas e algarvias...seja bem -vinda a chuva

Chuva intensa e vento forte: Proteção Civil reforça avisos à populaçãoCondições adversas vão sentir-se até sexta-feira à noite em todo o país, com especial incidência no centro e sul. Por Almada chove e troveja. O António Costa largou um flato. 💥