Nasa, Ciência, Marte, Espaço

Nasa, Ciência

Perseverance transforma CO2 em oxigénio em Marte

Perseverance transforma CO2 em oxigénio em Marte

22/04/2021 20:01:00

Perseverance transforma CO2 em oxigénio em Marte

Experiência é pioneira e abre a porta à possibilidade de uma futura missão humana criar o seu próprio ar para respirar.

SubscreverMarte é um planeta inóspito cuja fina atmosfera é composta maioritariamente por dióxido de carbono.Segundo a NASA, dispositivos como o MOXIE podem um dia ajudar a fornecer ar respirável para os astronautas que permaneçam no planeta e um propelente para foguetões que descolem da sua superfície.

Lei húngara que discrimina população LGBT+ “é uma vergonha”, diz Ursula von der Leyen UEFA enviou ″sinal errado″ ao proibir cores do arco-íris em Munique Ministério Público pede pena de prisão efectiva para Armando Vara

O instrumento separa os átomos de oxigénio das moléculas de dióxido de carbono, que são formadas por um átomo de carbono e dois átomos de oxigénio. Um produto residual, o monóxido de carbono, é lançado na atmosfera marciana.

O processo de conversão de dióxido de carbono em oxigénio requer uma temperatura extremamente elevada. Se se combinar o oxigénio gerado com hidrogénio tem-se água, igualmente essencial para a sobrevivência de astronautas em Marte. headtopics.com

Durante o primeiro teste,o MOXIE produziu pouco mais de cinco gramas de oxigénio, o equivalente a cerca de 10 minutos de oxigénio respirável para um astronauta. O dispositivo, feito com materiais tolerantes ao calor, foi projetado para gerar até 10 gramas de oxigénio por hora.

Em Marte, quatro astronautas precisariam de uma tonelada de oxigénio para respirar durante uma estada de um ano na superfície do planeta, de acordo com o investigador principal do MOXIE, Michael Hecht, do Observatório Haystack do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos.

Transportá-los num foguetão de regresso à Terra exigiria sete toneladas de combustível e 25 toneladas de oxigénio (um foguetão tem de possuir mais oxigénio em relação ao peso da carga para queimar o seu combustível).

"Transportar 25 toneladas de oxigénio da Terra para Marte seria uma tarefa árdua. Transportar um conversor de oxigénio de uma tonelada - um descendente maior e mais potente do MOXIE que poderia produzir as tais 25 toneladas - seria muito mais económico e prático", salienta o comunicado da NASA, que espera que o instrumento do robô Perseverance extraia oxigénio pelo menos nove vezes durante cerca de dois anos, em diversas condições atmosféricas e temperaturas. headtopics.com

IL considera “incompreensível” que Portugal não tenha condenado lei húngara anti-LGBTQI José Miguel Júdice: “Tenho 71 anos, vivo em Lisboa e ainda só recebi a primeira dose da vacina. Há zonas do país em que está tudo vacinado” Sadio Mané, jogador do Liverpool, gastou uma fortuna para... construir um hospital

Desde 18 de fevereiro em solo marciano, mais concretamente na cratera Jezero,onde terá havido um lago há 3,5 mil milhões de anos, o novo veículo robotizado da NASA vai procurar sinais de vida microbiana passada em Marte e caracterizar a sua geologia e clima, abrindo caminho para a exploração humana do planeta, uma ambição dos Estados Unidos depois do regresso à Lua, apontado para 2024.

Trata-se do primeiro robô que irá extrair e guardar amostras de rocha e poeira da superfície de Marte que serão enviadas para estudo mais detalhado na Terra em 2031 numa outra missão, que contará com a parceria da Agência Espacial Europeia.

Consulte Mais informação: Diário de Notícias »

Biden quer cortar emissões de CO2 para metade até 2030Biden indicou na cimeira de líderes do clima que os Estados Unidos querem ainda chegar a 2050 com emissões carbónicas neutras. Claro... Como? Vai mandar tirar as vacas de circulação e toda a indústria automóvel?

Biden anuncia redução para metade das emissões de CO2 dos EUA até 2030A poucas horas da cimeira virtual sobre as alterações do clima para as quais convidou 40 chefes de Estado, o Presidente dos EUA lança as bases para que os EUA retomem a liderança na diplomacia climática. E para uma revolução na economia norte-americ

Alemanha vai reforçar metas climáticas e impor redução mais drástica nas emissões de CO2Obrigado a reformular a lei climática pelo Tribunal Constitucional Federal, o Governo de Merkel acelera agora as metas climáticas no país.

CO2. Acordo provisório na UE sobre neutralidade climáticaA presidência Portuguesa da União Europeia fechou hoje um acordo provisório sobre o objetivo de alcançar a neutralidade climática dentro de três décadas.

Pós-pandemia. Emissões de CO2 devem registar segundo maior aumento de sempre com retoma