OMS alerta para a aceleração da propagação do novo coronavírus

01/04/2020 23:06:00
OMS alerta para a aceleração da propagação do novo coronavírus

O número de mortos mais do que duplicou numa semana.

OMS alerta para a aceleração da propagação do novo coronavírus

O número de mortos mais do que duplicou numa semana.

Pandemia já matou mais de 43 mil pessoas em todo o mundoO novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 828.000 pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 41.000.Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Ocontinente europeu, com mais de 458.000 infetados e mais de 30.000 mortos, é aquele onde se regista atualmente o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 12.428 mortos em 105.792 mil casos confirmados até terça-feira.

Consulte Mais informação: SIC Notícias » Sob panelaço, Bolsonaro diminui tom de confronto com a OMS

Sob panelaço, Bolsonaro diminui tom de confronto com a OMS'Prevenção importa mas o emprego deve ser preservado', disse o presidente do Brasil , em discurso à nação, ao usar palavras distorcidas do diretor geral do organismo para simular uma aproximação de pontos de vista Ele tá balançando um vento mais forte derruba. Não se pode acha que 'fake news' são bases sólidas para uma gestão pública É preciso ser líder para fazer o que ele faz. Pela tugalandia é um presidente das selfies e o PM das mentiras. se fosse o lula nem reportavam nada

OMS pede perdão da dívida para países vulneráveis evitarem colapso devido ao coronavírusOrganização faz este apelo em conjunto com o Banco Mundial e com o Fundo Monetário Internacional.

ANA propõe aos trabalhadores licenças sem vencimento e redução do período de trabalhoAssim como a antecipação de férias para reduzir o impacto da crise provocada pelo novo coronavírus.

Obama critica Trump por desvalorizar avisos de pandemia mortalAntigo presidente dos Estados Unidos critica sucessor por desvalorizar os perigos do novo coronavírus

Turquia vai libertar 90 mil presos, excluindo jornalistas e políticosPara limitar o contágio do novo coronavírus.

OMS pede perdão da dívida para países vulneráveis evitarem colapso devido ao coronavírusOrganização faz este apelo em conjunto com o Banco Mundial e com o Fundo Monetário Internacional.

O diretor-geral da OMS diz que em breve haverá 1 milhão de infetados e mais de 50 mil mortos em todo o mundo.e receba as informações em primeira mão.Lusa 19:58 A Organização Mundial de Saúde (OMS) apelou esta quarta-feira à comunidade internacional para perdoar a dívida dos países mais vulneráveis, que arriscam o colapso económico por causa da pandemia da covid-19.Amor e família em tempos de Covid-19 e isolamento A ANA - Aeroportos de Portugal propõe aos trabalhadores licenças sem vencimento, redução em 20% do período normal de trabalho durante três meses e o gozo antecipado de férias para reduzir o impacto da crise provocada pelo novo coronavírus.

Pandemia já matou mais de 43 mil pessoas em todo o mundo O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 828.000 pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 41. Jair Bolsonaro, logo pela manhã, em conversa com os jornalistas no Palácio do Alvorada, aproveitou esse vídeo para legitimar a tese de que a reclusão social, recomendada pelos ministérios da Saúde de quase todos os governos mundiais, incluindo o seu, deve ser flexibilizada, pois afeta a economia.000.. Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia. O diretor da OMS afirmou ainda que, por ter crescido entre a pobreza, entende a situação. O continente europeu , com mais de 458. Assumindo que as medidas já adotadas"serão provavelmente insuficientes" para proteger o emprego, caso a recuperação não aconteça no curto prazo, a ANA apela então à"mobilização voluntária e solidária dos trabalhadores da empresa", através da adesão a uma ou mais das medidas propostas.

000 infetados e mais de 30. Mesmo com esse reparo do líder da OMS, à noite Bolsonaro voltou a insistir na distorção das suas declarações.000 mortos, é aquele onde se regista atualmente o maior número de casos, e a Itália é o país do mundo com mais vítimas mortais, com 12.428 mortos em 105. Ainda, acrescentou na ocasião estar tranquilo caso seja contaminado pelo vírus por ter"histórico de atleta" e acusou a imprensa de provocar pânico.792 mil casos confirmados até terça-feira. 187 mortes e 8. No total, são 5717 casos oficiais confirmados no país - 1138 diagnósticos confirmados em um dia - e 3,5% de letalidade, informou o ministério. Dos casos de infeção, pelo menos 165 mil são considerados curados.

251 casos de Covid-19 em Portugal A Direção-Geral da Saúde (DGS) anunciou esta quarta-feira a existência de 187 mortes e 8.251 casos de Covid-19 em Portugal. Os principais ministros do governo, Sergio Moro (justiça) e Paulo Guedes (economia), também vêm fazendo quarentena voluntária, no que vem sendo entendido como um choque com o seu líder. O número de óbitos subiu de 160 para 187, enquanto o número de infetados aumentou de 7.443 para 8.251, mais relação a ontem, o que representa um aumento de 10,9%. Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Há, ao todo, 43 casos recuperados a registar, um número que se manteve intacto nos últimos sete boletins divulgados pela DGS. .