Marcelo sugere aos privados que lutem por protagonistas políticos mais fortes

Marcelo sugere aos privados que lutem por protagonistas políticos mais fortes

Marcelo Rebelo De Sousa, Portugal

21/07/2021 23:40:00

Marcelo sugere aos privados que lutem por protagonistas políticos mais fortes

O Presidente da República exortou esta quarta-feira os representantes do setor privado a lutarem por protagonistas políticos mais fortes que lhes deem eco em momentos eleitorais e que constituam uma solução alternativa.

Numa intervenção de 20 minutos, o chefe de Estado considerou que emPortugal"os protagonistas políticos, económicos e sociais defensores de um percurso diferente não têm logrado alcançar força persuasiva para que o seu discurso constitua um discurso alternativo e, sobretudo, constitua uma solução alternativa".

"Não é impunemente que fomos das primeiras monarquias absolutas da Europa e das últimas a deixarem de o ser - se é que em quadros mentais o deixámos de ser, no que respeita à supremacia do Estado sobre a sociedade civil", observou.

No final do seu discurso, o Presidente da República incentivou o setor privado a"prosseguir o seu empenho ou, se quiser, a sua luta, para ter protagonistas institucionais, políticos e outros, mais fortes, para ter discurso político com mais eco nos momentos de decisão popular e eleitoral", mesmo que esteja descontente com o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR). headtopics.com

Marcelo sugere revisão da lei eleitoral e reponderação do dia de reflexão

"Nomeadamente distinguindo o que é seu efetivo papel e o peso do investimento privado daquilo que pode ser um desperdício irreversível, para converter o sentimento aqui hoje expresso em acicate para o que são os anos imediatos: travar a batalha cultural, travar a batalha institucional, travar a batalha correspondente ao seu efetivo peso na criação do Produto Interno Bruto (PIB), com trabalho, competência, visão de longo fôlego, qualificação e responsabilidade social", completou.

pediu aos privados que atuem"com realismo e com independência, com sentido do bem comum, evitando a perpetuação da inelutável e casuística tendência de os poderes públicos quererem influenciar e determinar o seu sentir".

Consulte Mais informação: Jornal de Notícias »

Como? O Sr Marcelo deve ter saudades dos Espírito Santo, dos Balsemãos e de outros que tais. É bom que fale para os 62 por cento que o elegeram e deixe os outros em paz.

Marcelo sugere aos privados que lutem por políticos mais fortesO chefe de Estado considerou que em Portugal 'os protagonistas políticos, económicos e sociais defensores de um percurso diferente não têm logrado alcançar força persuasiva para que o seu discurso constitua um discurso alternativo e, sobretudo, constitua uma solução alternativa'. Realmente tem razão, e deviam começar por ele próprio 😂🤣😋😂 Sr. Presidente, o que é um político mais forte? Pode especificar? Deve estar a referir-se à bosta do PSD, CDS, IL ou do racista, do Chega/💩💩💩

Marcelo na Madeira sugere que há vida além das contas públicas equilibradasPresidente da República diz que o país não pode continuar a crescer abaixo dos 2%. Tem de crescer acima dos 3%, para recuperar a competitividade que tem perdido para os parceiros europeus. Cada vez mais Sampaio Aumentem o salário minimo e deixem o povo viver em vez de sobreviver. E como é que isso vai acontecer, cm a esquerda no poder? Cm uma carga fiscal asfixiante? Cm os tentáculos do polvo a bloquearem tudo? Cm imigração em massa de terceiros mundistas (livre circulação de pessoas na CPLP)? Este país que, n tem industria, será uma nova áfrica!

Barcelona aperta regras aos mais novos: da proibição de usar telemóveis aos penteados 'bizarros'Barcelona - Barcelona aperta regras aos mais novos: da proibição de usar telemóveis aos penteados 'bizarros'

Igor Costa, o professor em comunhão com a natureza de Rio de MelO protagonista do episódio 20 de 'Um Outro País' é Igor Costa, o professor agricultor que se mudou por Rio de Mel depois de um grande incêndio que afetou a região.

Katsouranis diz que Samaris é para ficar: «Se a equipa lhe der tempo, voltará mais forte»Benfica - Katsouranis diz que Samaris é para ficar: «Se a equipa lhe der tempo, voltará mais forte»

Marcelo considera que criação de condições para PME 'continuam insuficientes'Marcelo Rebelo de Sousa adiantou que 'não se trata de uma questão de preferir mais ou menos Estado, mais ou menos privado ou estatal', mas sim de uma necessidade de criar meios para que o tecido empresarial português se torne 'mais produtivo e mais competitivo'.