IL acredita que obter 4,5% dos votos é ″francamente alcançável″

27/01/2022 15:49:00

IL acredita que obter 4,5% dos votos é 'francamente alcançável'

Eleições Legislativas 2022, Iniciativa Liberal

IL acredita que obter 4,5% dos votos é 'francamente alcançável'

João Cotrim Figueiredo faz um balanço 'bastante positivo' da campanha, apesar de considerar que talvez não seja a pessoa ideal para o fazer.

SubscreverA poucos dias do decisivo dia 30 de janeiro, Cotrim Figueiredo faz um balanço"bastante positivo" da campanha, apesar de considerar que talvez não seja a pessoa ideal para o fazer por ser presidente do partido e cabeça de lista por Lisboa e, por isso, não ter"suficiente objetividade".

Mas, baseando-se na opinião de quem o rodeia, nomeadamente da sua comitiva, o liberal referiu que o `feedback´ que recebe é de que o partido está a crescer."Estava à espera deste crescimento. Quando fixamos o objetivo claro dos 4,5% dos votos a nível nacional e dos cinco mandatos muita gente achou que era ambicioso, mas eu acredito que é francamente alcançável", afirmou.

Consulte Mais informação: Diário de Notícias »

LORIGA Loriga loriga História de Loriga - History of Loriga - Information about Loriga in PDF files. Votação pífia.

PS, PSD, CDS e IL opuseram-se à descida dos passes sociais, como diz João Ferreira?CNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

″Voto de Adolfo Mesquita Nunes na IL é bem-vindo″, diz Cotrim FigueiredoO líder da Iniciativa liberal, João Cotrim Figueiredo, afirmou que o voto de Mesquita Nunes não é bem-vindo por vir do CDS, mas sim por ser de uma pessoa que toma a opção na sequência de uma análise que é coincidente com a do partido.

Legislativas: voto de Mesquita Nunes na IL não surpreende Rodrigues dos Santos - SIC NotíciasO líder do CDS voltou esta terça-feira a Braga para se reunir com veteranos de guerra.

Tracking Poll: PS aumenta vantagem para o PSD, Chega sobe, IL volta a descerCNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

Líder do CDS vê 'sem surpresa' apoio de Mesquita Nunes à ILCNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo. Ironia ou humor qual a diferença!?

Líder do CDS vê ″sem surpresa″ apoio de Mesquita Nunes à ILFrancisco Rodrigues dos Santos afirmou que não se manifesta 'por apoios políticos de pessoas que não são militantes' do seu partido.

e receba as informações em primeira mão.João Ferreira PUB No site oficial, o PCP afirma que tem apresentado desde 1997 sucessivas propostas para a redução dos preços dos passes sociais, sendo que as mesmas foram “sistematicamente” chumbadas na Assembleia da República.e receba as informações em primeira mão.SIC Notícias Francisco Rodrigues dos Santos diz que não se surpreende com o apoio de Adolfo Mesquita Nunes à Iniciativa Liberal.

Subscrever A poucos dias do decisivo dia 30 de janeiro, Cotrim Figueiredo faz um balanço"bastante positivo" da campanha, apesar de considerar que talvez não seja a pessoa ideal para o fazer por ser presidente do partido e cabeça de lista por Lisboa e, por isso, não ter"suficiente objetividade". Mas, baseando-se na opinião de quem o rodeia, nomeadamente da sua comitiva, o liberal referiu que o `feedback´ que recebe é de que o partido está a crescer. A redução dos preços dos passes sociais acabou mesmo por chegar, contudo, em abril de 2019, integrada no Orçamento do Estado para esse ano. "Estava à espera deste crescimento. Questionado sobre se sabia desta intenção de voto, o presidente da IL revelou que o antigo vice-presidente do CDS-PP lhe ligou durante a tarde para lhe contar. Quando fixamos o objetivo claro dos 4,5% dos votos a nível nacional e dos cinco mandatos muita gente achou que era ambicioso, mas eu acredito que é francamente alcançável", afirmou. A proposta de Orçamento do Estado para 2019 foi aprovada com votos favoráveis de PS, BE, PCP, PEV e PAN. Cotrim Figueiredo acredita que a sua mensagem está a passar e que as pessoas já entenderam que existem alternativas às medidas que têm sido tomadas e às políticas que têm sido seguidas.

Se ficar acima do objetivo traçado significa que a campanha foi"muito bem-sucedida", já se ficar abaixo haverá tempo para se tirarem consequências, assumiu. PUB PUB PUB A Iniciativa Liberal chegou ao Parlamento após as legislativas de 2019, já esta medida tinha sido aprovada e implementada. E acrescentou:"não convidamos ninguém, não pedimos apoio a ninguém, não andamos atrás de ninguém, fazemos o nosso caminho e com mérito nosso há muita gente que decide juntar-se a esta onda liberal". Com a reforma estrutural do Sistema Nacional de Saúde (SNS), a privatização da TAP e a taxa única do IRS de 15% na agenda, o liberal optou por fazer uma campanha mais discreta e mais focada em reuniões de trabalho com associações empresariais, administrações de hospitais e direções de escolas do que em arruadas ou feiras. "Nós tentamos adaptar a nossa maneira de fazer campanha à nossa vontade de passar as ideias", explicou. Cotrim de Figueiredo vincou que a redução do preço dos passes sociais está presa a uma “lógica de facilitismo” e “não de justiça social”, apontando que o passe social “é pago por todo o país para beneficiar Lisboa e Porto” (de notar que esta redução abrange municípios espalhados por todo o país). O presidente da IL apontou que o foco da campanha esteve nas mensagens, sobretudo no facto de existir uma"alternativa viável àquilo que as pessoas consideram como uma espécie de desesperança e falta de horizontes". E são precisamente essas mensagens que, enquanto se desloca no"votocarro" liberal, Cotrim Figueiredo vai preparando, enquanto ouve música, consulta as redes sociais e debate com quem o acompanha, confidenciou. Conclusão: Parcialmente verdadeiro.

Partilhar .