Egipto, Médio Oriente, Hosni Mubarak, Primavera Árabe, Revolução

Egipto, Médio Oriente

Hosni Mubarak, o ditador que viveu o suficiente para ver derrotada a revolução que o depôs

Egipto: Hosni Mubarak, o ditador que viveu o suficiente para ver derrotada a revolução que o depôs

25/02/2020 23:52:00

Egipto : Hosni Mubarak , o ditador que viveu o suficiente para ver derrotada a revolução que o depôs

O antigo Presidente do Egipto , que governou com mão-de-ferro durante 30 anos e morreu esta terça-feira aos 91 anos. A Primavera árabe que o depôs não aguentou tanto tempo.

New York Times, foi descrita como um acidente da História e Mubarak nunca imaginou ser um dia Presidente do Egipto. Nascido a 4 de Maio de 1928 numa zona agrícola do delta do Nilo, o filho de um funcionário do Ministério da Justiça ingressou na academia militar e tornou-se piloto de caças. Comandante com provas dadas, foi promovido em 1972 a chefe da Força Aérea egípcia e não teve de esperar muito pelo seu grande teste: a guerra do Yom Kippur contra Israel, em 1973. 

Detenção de jornalistas da CNN em Minneapolis “acontece em ditaduras e regimes autoritários” Graça Freitas alerta os jovens: a covid-19 “não é uma constipação”. Há 4400 casos activos na região de Lisboa DGS, divulge os dados

Elogiado pelo sucesso dos ataques aéreos iniciais contra as forças israelitas, nem que a derrota egípcia beliscou a sua reputação. A ponto de, em 1975, o PresidentePresidente Anwar al-Sadat  o nomear vice-presidente. Quando o chefe de Estado que assinara a paz com Israel foi assassinado por islamistas, em 1981, Mubarak viu as portas da presidência serem-lhe subitamente abertas. 

A primeira decisão que tomou ditou o rumo da sua governação: impôs o estado de emergência, o qual vigorou durante toda a sua presidência. Aquele que ficou conhecido por “Faraó" queria a estabilidade acima de tudo e de todos. E esta exigia eliminar qualquer dissidência, daí que tenha alargado o aparelho de segurança dpo Estado criado por Gamal Abdel Nasser e mantido por Sadat. A repressão tornou-se comum e a polícia e os serviços secretos os pilares do seu regime, perseguindo dissidentes, fossem islamitas ou laicos. Milhares foram detidos e torturados nas prisões geridas pelas forças de segurança. 

O grande aliado dos Estados Unidos Consulte Mais informação: Público »

Morreu Hosni Mubarak, antigo presidente do EgiptoEx-chefe de estado tinha 91 anos. Foi l\u0026237;der do pa\u0026237;s entre 1981 e 2011.\r\n

Morreu Hosni Mubarak, antigo Presidente do EgiptoAntigo líder autoritário egípcio, condenado por corrupção após a queda do seu regime na Primavera Árabe, morreu esta terça-feira aos 91 anos.

Morreu o antigo presidente do Egipto Hosni Mubarak Hosni Mubarak liderou o país durante 30 anos, até ser afastado do poder pelos protestos da chamada primavera árabe de 2011. Depois disso foi detido, julgado e considerado culpado de cumplicidade na morte de manifestantes. Foi libertado em 2017. Morreu num hospital do Cairo aos 91 anos.

Morreu o antigo presidente do Egito Hosni MubarakEx-chefe de Estado tinha 91 anos. Foi líder do país entre 1981 e 2011.

Morreu antigo presidente do Egito Hosni Mubarak

Hosni Mubarak. Morreu o 'faraó' da transiçãoA morte de Mubarak fecha um capítulo aberto pelo seu antecessor, Anwar el-Sadat. 30 anos de presidência do Egito terminaram com a deposição mais mediática do século. Hosni Mubarak não resistiu à multidão da Praça Tahrir que, em 2011, exigiu que partisse. O 'faraó da transição' manteve o país sempre em estado de emergência, escapou a várias tentativas de assassínio, foi condenado a prisão perpétua em 2011 e ilibado em 2017. Tinha 91 anos