Funchal quer definir estratégia local para redução do desperdício alimentar

Funchal quer definir estratégia local para redução do desperdício alimentar

27/01/2022 13:03:00

Funchal quer definir estratégia local para redução do desperdício alimentar

O Funchal faz parte do projeto Food Trails, que tem como objetivo 'criar uma rede de cidades que se constituem como locais-chave para reinventar e contribuir, conjuntamente com a comunidade e as entidades parceiras, com evidências científicas, para a transformação do sistema alimentar'.

27 Janeiro 2022, 08:04O Funchal faz parte do projeto Food Trails, que tem como objetivo “criar uma rede de cidades que se constituem como locais-chave para reinventar e contribuir, conjuntamente com a comunidade e as entidades parceiras, com evidências científicas, para a transformação do sistema alimentar”.

O Funchal quer construir uma estratégia alimentar local, de modo a reduzir o desperdício alimentar, e identificar os meios necessário e inovadores que permitam acelerar a transformação alimentar das cidades.A Câmara Municipal do Funchal é o alto patrocínio do projeto Food Trails, que tem como objetivo “criar uma rede de cidades que se constituem como locais-chave para reinventar e contribuir, conjuntamente com a comunidade e as entidades parceiras, com evidências científicas, para a transformação do sistema alimentar”.

Consulte Mais informação: Jornal Económico »

Ruben Pires 27 Janeiro 2022, 08:04 O Funchal faz parte do projeto Food Trails, que tem como objetivo “criar uma rede de cidades que se constituem como locais-chave para reinventar e contribuir, conjuntamente com a comunidade e as entidades parceiras, com evidências científicas, para a transformação do sistema alimentar”. O Funchal quer construir uma estratégia alimentar local, de modo a reduzir o desperdício alimentar, e identificar os meios necessário e inovadores que permitam acelerar a transformação alimentar das cidades. A Câmara Municipal do Funchal é o alto patrocínio do projeto Food Trails, que tem como objetivo “criar uma rede de cidades que se constituem como locais-chave para reinventar e contribuir, conjuntamente com a comunidade e as entidades parceiras, com evidências científicas, para a transformação do sistema alimentar”. Este projeto é financiado pelo programa da União Europeia “Horizon 2020”. Do Food Trails fazem parte o Funchal, Bérgamo, Birmingham, Bordéus, Copenhaga, Grenoble, Groningen, Milão, Tessalónica, Tirana e Varsóvia. Estão também envolvidas Universidades e parceiros europeus, onde se inclui: Fondazione Milano Politecnico, Eurocities, Slow Food International, EAT Fondation, Cardiff Univeristy, Wageningen Research, Roskilde Universitet e Cariplo Factory. O Funchal esteve representado no Encontro Anual de Parceiros, representado pela vereadora Margarida Pocinho, numa reunião em que se refletiu sobre “a implementação do trabalho realizado pelas cidades e parceiros envolvidos, ao longo dos últimos quinze meses, e fortalecer as atividades em desenvolvimento, que culminarão com a criação de uma estratégia alimentar urbana”.