Fumar pode propagar Covid-19 até oito metros de distância, alertam pneumologistas

Fumar pode propagar Covid-19 até oito metros de distância, alertam pneumologistas

20/01/2022 22:25:00

Fumar pode propagar Covid-19 até oito metros de distância, alertam pneumologistas

Além de associar o tabaco aos casos mais graves da Covid-19, a Sociedade Espanhola de Pneumologia alerta que o fumo pode ser um veículo de transmissão da doença. Nem as esplanadas são seguras.

▲"A propagação do SARS-CoV-2 faz-se por aerossóis quando respiramos e é maior quando fumamos ou vaporizamos", avisam os pneumologistas espanhóisGetty Images▲"A propagação do SARS-CoV-2 faz-se por aerossóis quando respiramos e é maior quando fumamos ou vaporizamos", avisam os pneumologistas espanhóis

Getty ImagesTem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.O fumo do tabaco pode transportar partículas de SARS-CoV-2 até oito metros de distância, de acordo com a Sociedade Espanhola de Pneumologia e Cirurgia Toráxica (SEPAR), que por ocasião da revisão da lei antitabaco do país, pede que a proibição de fumar em espaços fechados se estenda às esplanadas. “O fumo do tabaco convencional e o fumo dos dispositivos eletrónicos é um excelente veículo para a transmissão do vírus entre as pessoas”, alertam os pnemologistas espanhóis, em declarações citadas pelo

Consulte Mais informação: Observador »

Acredito que foi o tabaco que contaminou o mundo com COVID vamos banir o tabaco e legalizar a branca e a castanha para compensar o equilíbrio da saúde mental...mas antes vamos apoiar os contaminados a sair de casa para votar... com o patrocínio do partido socialista! O desgoverno O vírus vai resistir à temperatura da queima do tabaco e depois vai agarradinho às particulas de fumo infectar milhões... fdx... E os peidos ? Também vão proibir os peidos ? Ide mas é fazer o esfregaço onde faz o chinês...

Covid-19: China deteta 87 novos casos nas últimas 24 horas

Infeções por covid-19 em crianças aumentam após regresso às aulasDeve ser dos lapis de cor.

Covid-19: Alemanha ultrapassa 100 mil casos diários pela primeira vez

Lionel Messi recuperado da Covid-19 volta aos treinos do PSGFutebol - Lionel Messi recuperado da Covid-19 volta aos treinos do PSG

Covid-19: Europeus consumiram mais canábis e menos ecstasy em 2021, revela inquéritoO consumo de canábis aumentou e o de ecstasy diminuiu, entre março e abril de 2021, quando vigoraram restrições provocadas pela pandemia de covid-19, revela um inquérito ‘online’ à ingestão de drogas em 30 países hoje divulgado.

Covid-19: Alemanha regista mais de 100 mil casos pelo segundo dia consecutivoEm termos relativos bem menos do que em Portugal.

i ▲ "A propagação do SARS-CoV-2 faz-se por aerossóis quando respiramos e é maior quando fumamos ou vaporizamos", avisam os pneumologistas espanhóis Getty Images ▲ "A propagação do SARS-CoV-2 faz-se por aerossóis quando respiramos e é maior quando fumamos ou vaporizamos", avisam os pneumologistas espanhóis Getty Images Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante. O fumo do tabaco pode transportar partículas de SARS-CoV-2 até oito metros de distância, de acordo com a Sociedade Espanhola de Pneumologia e Cirurgia Toráxica (SEPAR), que por ocasião da revisão da lei antitabaco do país, pede que a proibição de fumar em espaços fechados se estenda às esplanadas. “O fumo do tabaco convencional e o fumo dos dispositivos eletrónicos é um excelente veículo para a transmissão do vírus entre as pessoas”, alertam os pnemologistas espanhóis, em declarações citadas pelo La Vanguardia , e pelos demais órgãos de comunicação social do país vizinho. “A propagação do SARS-CoV-2 faz-se por aerossóis quando respiramos e é maior quando fumamos ou vaporizamos. Em espaços de fumadores, coronavírus com um diâmetro de 0,1 milionésimo de metro podem ligar-se a partículas maiores de fumo, com esses aerossóis carregados de partículas virais a poder atingir distâncias de oito metros”. Além disso, de acordo com a Sociedade Espanhola de Pneumologia, “a presença de histórico de tabagismo aumenta em 79% mais as hipóteses de o infetado precisar de cuidados intensivos ou morrer e, em 96% dos casos, de desenvolver Covid-19 grave.” Ainda dentro dos perigos agravados que o tabaco terá no controlo da propagação do novo coronavírus, a SEPAR lembra os contactos sem máscara — e consequente maior risco de transmissão de eventuais gotículas infetadas — que o tabaco proporciona. Mais do que travar as cadeias de transmissão da pandemia, a associação de pneumologistas diz que proibir o fumo nas esplanadas e outros espaços públicos abertos deve ser aprovada “permanentemente, para que contribua para evitar a propagação desta e de outras infeções respiratórias.” PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR Já em setembro do ano passado, a diretora da Agência Internacional para a Investigação do Cancro da Organização Mundial da Saúde, Elisabete Weiderpass, defendia medidas rígidas para derrotar o “inimigo número um” da saúde pública, entre elas “proibir que se fume nos lugares ao ar livro onde haja gente”. Na introdução da entrevista à investigadora brasileira, o El País destacava que, em praticamente um ano e meio, a pandemia contabiliza 4,6 milhões de mortos. A cada ano, o tabaco mata oito milhões de pessoas. Em Portugal, os números mais recentes da Direção-geral da Saúde mostram que o tabaco contribuiu para a morte de mais de 13 mil pessoas em 2019, entre elas 1.771 por exposição ao fumo passivo. Leia também: