Fisco quer mais empresas acompanhadas por Unidade de Grandes Contribuintes

Fisco quer mais empresas acompanhadas por Unidade de Grandes Contribuintes

21/06/2021 23:39:00

Fisco quer mais empresas acompanhadas por Unidade de Grandes Contribuintes

As entidades relacionadas com as multinacionais que têm um total de rendimentos igual ou superior a 750 milhões de euros por ano vão passar a ser acompanhadas pela Unidade de Grandes Contribuintes (UGC).

A medida permitirá alargar o leque de empresas que entram na esfera de alcance da UCG e que à luz dos critérios atuais poderiam ‘escapar’ ao acompanhamento desta Unidade, uma vez que passarão a ser abrangidas as entidades relacionadas com multinacionais com rendimentos de valor igual ou superior a 750 milhões de euros e que, por esse motivo, estão obrigadas a apresentar uma declaração de informação financeira e fiscal por país ou jurisdição fiscal (o referido “Country-by-Country Report”).

Amy Winehouse morreu há 10 anos. BBC estreia documentário com imagens inéditas António Costa diz que renovação de carruagens tem 95% de incorporação nacional Incêndio deflagra no Palácio da Justiça do Porto

À luz das regras em vigor, a Unidade de Grandes Contribuintes acompanha entidades com um volume de negócios superior a 200 milhões de euros, bem como organismos de investimento coletivo sob a supervisão da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) e as entidades supervisionadas pelo Banco de Portugal e pela Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões, exceto mediadores de seguros.

Além de contribuintes coletivos, a UCG acompanha também particulares de elevado rendimento, definição onde cabem pessoas que auferem rendimentos superiores a 750 mil euros ou com uma capacidade patrimonial acima dos cinco milhões de euros. headtopics.com

Consulte Mais informação: Jornal Económico »

Tholos do Barro. Valorizar sepultura megalítica com cinco mil anos

Fisco quer que planos prestacionais de dívidas em cobrança executiva possam ser pedidos no PortalA Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) pretende disponibilizar no Portal das Finanças um acesso para que os contribuintes possam efetuar por via eletrónica um pedido de pagamento a prestações de dívidas que se encontrem em processo de cobrança executiva.

Fisco quer que planos prestacionais de dívidas em cobrança executiva possam ser pedidos no PortalObjetivo é de reduzir a pressão do atendimento nos Serviços de Finanças e simplificar a interação dos contribuintes com a administração fiscal.

Mais três mortos e 941 novos casos de covid nas últimas 24 horasDados da DGS indicam que estão internadas mais 16 pessoas com covid-19, mas há menos duas em unidades de cuidados intensivos. 3? Informação duvidosa ...desconfie. e grande parte são vacinados senão mesmo todos...

Coelima: A têxtil que era grande de mais para cairPevidém foi centro da indústria durante décadas graças a este colosso que fazia roupa de cama. Cavaco salvou-a em 1991, a banca ajudou em 2011. Agora vive a terceira crise – e adivinha-se a solução que tem faltado: um accionista industrial.

Mais três mortes e 941 casos de covid-19. Domingo com mais infecções em quatro mesesInternamentos nas unidades de cuidados intensivos descem pela primeira vez ao fim de cinco dias.

A história da mensagem numa garrafa que atravessou o Atlântico e foi encontrada nos AçoresRapaz de Rhode Island enviou missiva por mar em 2018. Três anos depois foi encontrada por um luso-americano a mais de 4280 Km.