Fernando Santos promete seleção ″dinâmica e criativa″ frente ao Gana

23/11/2022 16:16:00

Fernando Santos promete seleção 'dinâmica e criativa' frente ao Gana

Fernando Santos promete seleção 'dinâmica e criativa' frente ao Gana

O selecionador nacional está muito otimista para a estreia marcada para esta quinta-feira (16.00 horas), embora avise para a surpresa que envolveu a Argentina, dizendo que o Gana é uma equipa imprevisível. O técnico e Bruno Fernandes garantem que as questões em torno de Ronaldo 'não vão tirar o foco'.

e receba as informações em primeira mão.Fernando Santos LUSA/JOSE SENA GOULAO Na véspera da estreia de Portugal no Campeonato do Mundo de 2022, Fernando Santos recorreu a uma metáfora para enaltecer o espírito de confiança que se vive na selecção por estes dias: "Confiamos em nós, no nosso trabalho, e, quando é assim, é como o código postal, como eu costumo dizer: ‘Meio caminho está andado'”, vincou, a propósito do embate de quinta-feira, com o Gana.Fernando Santos: "A única palavra escrita no balneário é "nós"" Há 28 min Na antevisão à partida contra o Gana, o selecionador nacional garantiu que o plantel de Portugal para o Mundial 2022 está unido.Rogério Azevedo, enviado-especial ao Catar Por Rogério Azevedo, enviado-especial ao Catar Fernando Santos, selecionador de Portugal, falou esta quarta-feira em conferência de imprensa para projetar o jogo com o Gana, amanhã, às 16 horas, que marca a estreia da equipas das quinas no Mundial do Catar.

Subscrever Ainda sobre os ganeses, sublinhou que é uma seleção"muito bem organizada", tendo mostrado isso"no último jogo [particular] com a Suíça"."Se não estivermos alerta, esta equipa tem jogadores de enorme qualidade.Não é tema, não é assunto, nem do próprio.Como tal, temos de pensar no que temos de fazer, que é potenciar as nossas características", disse, lembrando que na história dos Mundiais Portugal"teve sempre jogos apertados" com seleções africanas, que são"equipas muito criativas e imprevisíveis".O selecionador nacional admite que o primeiro jogo"é sempre o mais importante", afinal"a vitória traz energias mais positivas", mas ainda assim não deixou de lembrar que no Euro 2016, Portugal começou com três empate e ganhou o Campeonato da Europa.Abraçando o desafio de “ dar uma enorme alegria aos portugueses” ao longo da competição, mas sem traçar uma meta objectiva, Fernando Santos alertou para os méritos do Gana - “É uma equipa muito organizada e muito rápida nas transições” - e para a mudança do paradigma no futebol nos últimos anos."Assinava já isso", garantiu sorridente.Há cada vez mais equilíbrio, é difícil, mas confiamos em nós e confiamos uns nos outros.

A esse propósito voltou a expressar a"ambição, desejo e sonho de ser campeão do mundo".Hoje em dia, cada vez mais as equipas são muito fortes, a maior parte dos jogadores jogam em grandes campeonatos, habituados às questões tácticas, hoje já não há tanto essa diferença”, sublinhou, reforçado a ideia de que a palavra ‘nós’ é o íman agregador do grupo de trabalho."Acredito que temos a capacidade de, pelo menos, lutar por isso.Não somos presunçosos, mas estamos convictos da qualidade da nossa equipa e dos nossos jogadores", sublinhou.“Há questões que não têm a ver comigo, são questões burocráticas, da FIFA, de quem de direito.Questionado sobre o facto de o Mundial 2018, na Rússia, ter sido uma desilusão e sobre se existem diferenças em relação ao que se vive agora no Qatar, Fernando Santos fez uma revelação curiosa:"A única palavra escrita na nossa sala de palestras é 'nós'.Estão aqui jogadores que ganharam as duas competições [Euro 2016 e Liga das Nações] que sabem que isso é fundamental.Com Bruno Fernandes ao lado - e o médio do United assegura que não falou com Ronaldo sobre o tema da rescisão de contrato -, Fernando Santos abordou também as últimas duas competições mais relevantes (Mundial 2018 e Euro 2020), argumentando que há quatro anos a indefinição em torno do futuro de “um grupo de jogadores” (aquando das rescisões no Sporting) acabou por provocar algum ruído e que, Europeu, a covid-19 também não ajudou.Essa seleção de 2018, e da qual o Bruno [Fernandes] fazia parte, lembram-se que veio a seguir a um incidente [ataque à academia e rescisões no Sporting] em que seis, sete jogadores chegaram ao estágio sem clube e todos nós acabámos por falar muito nisso, estavam várias vidas em jogo.

O Mundial 2018 surgiu após um incidente, pois seis ou sete jogadores chegaram à Rússia sem clube e todos falavam nisso.Vi até um deles a falar com o chefe da guarda sobre esse assunto.“Todos me dão garantias, cabe-me procurar exponenciar as suas características para que eles em campo se sintam mais confortáveis e, sem perderem a concentração, possam fazer um grande jogo”.Tivemos jogadores a fazer contratos e a renovar naquela altura.O ambiente era bom, mas houve alguma dispersão.Além disso, havia o covid-19, cada um para seu lado.Os portugueses podem estar divididos na hora da convocatória, mas amanhã quando começar as praças vão estar cheias e todos agarrados às televisões e queremos dar-lhes uma grande alegria.

Agora, é diferente e é muito notória a alegria e a espontaneidade desde o primeiro dia da concentração." O tema Cristiano Ronaldo esteve, obviamente, em cima da mesa antes na antevisão do jogo com o Gana, mas Fernando Santos optou por desvalorizar o eventual impacto que terá na equipa das quinas."Não nos vai tirar o foco.Aliás, não ouvi qualquer comentário sobre este assunto entre os jogadores.Ainda há pouco estavam 20 jogadores sentados a ver o jogo de Marrocos com a Croácia, enquanto outros estavam nos matraquilhos, e isso não é assunto, nem para o próprio Cristiano.Sei que se não houvesse erros no futebol ficaria sempre 0-0, mas há falhas desnecessárias.

Agora, se falam ao telefone não sei, cada liga para quem quer e fala o que quer, como é óbvio." Pelo que tem visto neste início de Mundial, Fernando Santos considera que"os jogadores vêm no auge da sua forma" porque o torneio se disputa a meio da época, o que em sua opinião torna"os primeiros jogos muito competitivos e intensos, o que não é normal em Mundiais".Nesse sentido, considera que"a questão da recuperação e do repouso será fundamental" durante o campeonato, lembrando que nos primeiros dias no Qatar"houve algumas dificuldades com o sono".Questionado com a polémica sobre as braçadeiras arco-íris que foram proibidas pela FIFA, o selecionador nacional disse ser"um defensor da liberdade, democracia e direitos humanos desde há muitos anos", lembrando ter feito"um vídeo sobre os direitos humanos", mas ainda assim procurou evitar a polémica:"Há questões que não têm a ver connosco, são questões da FIFA, deixo isso para os outros." Bruno Fernandes finta a polémica que envolve Ronaldo Bruno Fernandes foi o jogador que marcou presença na sala de imprensa e, como seria previsível, foi confrontado com incontáveis perguntas sobre Cristiano Ronaldo, que até à última terça-feira foi seu companheiro de equipa no Manchester United.O Gana é uma equipa super bem organizada, muito rápida nas transições e ataques rápidos, com jogadores de muita qualidade, conhecemos bem o adversário e respeitamos isso, mas temos de pensar em nós, em potenciar as nossas capacidades e em chegar à vitória.

O médio garantiu que CR7 não falou com ele sobre a polémica em torno da sua saída de Old Trafford."É algo que só diz respeito a ele e à sua família.Não falámos sobre isso.Estamos todos focados na seleção e no Mundial", disse, lembrando que esta é uma competição que"qualquer jogador gostaria de jogar e chegar a uma final" e, como tal, todos estão"conscientes do que é preciso fazer para representar melhor o país".Bruno Fernandes disse ainda não se sentir desconfortável com a situação criada por Ronaldo.» Planeamento é muito diferente? «No passado tínhamos uma semana de descanso e duas semanas para encontrar o ritmo.

"Foi uma honra enorme representar a seleção com Cristiano e jogar com ele no clube.Foi um sonho realizado, mas todos sabemos que nada dura para sempre.Foi bom enquanto durou, mas ele agora tomou outra decisão para a sua vida e a sua carreira", rematou, explicando depois o episódio da sua chegada tardia ao estágio, que levou Ronaldo a perguntar-lhe se tinha viajado de barco:"Estive duas horas dentro do avião e a minha disposição era melhor", gracejou, lembrando que CR7 não tem esses problemas porque"tem o seu avião".Partilhar.

Consulte Mais informação:
Diário de Notícias »
Loading news...
Failed to load news.

Fernando Santos e o código postal antes do Gana: “Meio caminho está andado”Seleccionador destaca o espírito de união que se vive entre os jogadores portugueses e alerta para o equilíbrio a que se tem assistido na maioria dos jogos do Mundial.

Fernando Santos:A única palavra escrita no balneário énós - CNN PortugalCNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo. Publicidade da NOS no qatar

Conferência de imprensa: tudo o que disse Fernando Santos (Portugal)A BOLA, toda a informação desportiva. Acompanhe todas as notícias do seu clube ou modalidade preferida, para onde quer que vá.

Um áudio para o engenheiro: O streaming de Fernando Santos na Twitch - CNN PortugalCNN Portugal. O canal de informação, com uma cultura multiplataforma, que acompanha, em tempo real e em diversos meios, os acontecimentos que marcam o país e o mundo.

Jogou em Portugal e garante: «Gana com espírito renovado e bastante confiança» (Gana )A BOLA, toda a informação desportiva. Acompanhe todas as notícias do seu clube ou modalidade preferida, para onde quer que vá.

Confusos? Ingleses colocam Pedro Malheiro como um dos jovens a seguir no... Mundial do QatarPortugal - Confusos? Ingleses colocam Pedro Malheiro como um dos jovens a seguir no... Mundial do Qatar