EUA começam a enviar migrantes haitianos do Texas para casa

EUA começam a enviar migrantes haitianos do Texas para casa

19/09/2021 20:45:00

EUA começam a enviar migrantes haitianos do Texas para casa

Alguns dos milhares de migrantes haitianos que atravessaram o território do México para um campo fronteiriço do Texas foram hoje enviados de avião para o Haiti pelos EUA, num esforço de impedir outros de entrar no país

Um funcionário norte-americano disse à Associated Press (AP) que três voos partiram de San Antonio para Port-au-Prince e que irão chegar ao destino durante a tarde. Este responsável pediu para não ser identificado por não estar autorizado a falar do tema em termos públicos.

Novavax anuncia vacina contra a Ómicron para janeiro Novas tabelas do IRS isentam de imposto salários e pensões até 710 euros Catarina Martins defende aumento de ″todos os salários″

Muitos dos migrantes viveram na América Latina durante anos, mas agora procuravam asilo nos Estados Unidos, uma vez que as oportunidades económicas no Brasil e em outras zonas diminuíram.Milhares têm debaixo e perto da ponte da cidade de Del Rio, na fronteira do Texas, e muitos deles afirmaram que não serão dissuadidos pelos planos dos Estados Unidos. Alguns afirmaram que o recente terramoto que devastou o Haiti e o assassinato do Presidente haitiano Jovenel Moïse aumentaram os receios de regressar a um país mais instável do que quando partiram.

"No Haiti não há segurança", afirmou Fabricio Jean, um haitiano de 38 anos que chegou ao Texas com a sua mulher e as duas filhas."O país está numa crise política", acrescentou.Dezenas de pessoas atravessaram o Rio Grande no sábado, voltando a entrar no México para comprar água, comida e fraldas na Ciudad Acuña, antes de regressar ao acampamento do Texas. headtopics.com

Junior Jean, haitiano de 32 anos, assistiu as pessoas atravessarem o rio, com água pelos joelhos, a transportando de forma cautelosa caixas de água ou sacos de comida.Jean contou que morou nas ruas do Chile nos últimos quatro anos, resignado a procurar comida nos caixotes do lixo.

"Estamos todos à procura de uma vida melhor", acrescentou.O primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry, escreveu no sábado, na rede social Twitter, que está preocupado com as condições no campo fronteiriço e que os migrantes são bem-vindos de volta.

"Queremos tranquilizá-los que já foram tomadas medidas para recebê-los melhor no regresso ao país e de que não serão deixados para trás", referiu na mensagem deixada na rede social. No entanto, o primeiro ministro haitiano não adiantou detalhes sobre as medidas.

Um outro político haitiano questionou hoje se o país tem capacidade de lidar com o fluxo de migrantes regressados ao Haiti e disse que o Governo deveria interromper a repatriação."Temos a situação no sul devido ao sismo. A economia é um desastre [e] não há empregos", disse o ministro Mathias Pierre, acrescentando que a maioria dos haitianos não consegue satisfazer as suas necessidades básicas. headtopics.com

Cientistas sul-africanos apontam que risco de reinfeção poderá triplicar com variante Omicron Hospital de Almada sem novos casos de Covid entre os profissionais de saúde Moedas anuncia passagem de ano com “grandes restrições” e sem concertos em Lisboa - mas não exclui (para já) fogo de artifício

"O primeiro-ministro deveria negociar com o governo dos Estados Unidos para parar estas deportações neste momento de crise", defendeu. Consulte Mais informação: Expresso »

Novo estudo sobre a origem da Covid-19 aponta para mercado de Wuhan

Milhares de migrantes em condições precárias na fronteira dos EUA com o MéxicoAgrava-se a falta de comida e água potável.

EUA deverão aprovar 3.ª dose da vacina da covid-19 para maioria da populaçãoAdiantou o principal conselheiro epidemiologista da Casa Branca, Anthony Fauci. 🤡🤡🤡🤡

EUA prometem acelerar ritmo de deportação de migrantes aglomerados na fronteira SulO Departamento de Segurança Interna dos Estados Unidos anunciou que vai “obter mais transportes para acelerar o ritmo e aumentar a capacidade dos voos de expulsão para o Haiti e outros destinos” nas próximas 72 horas. Deitam abaixo o muro do maluco e agora andam nestes trabalhos 👏 👏 👏 Abram os olhos portugueses

Manifestação junto ao Capitólio dos EUA em apoio aos acusados do ataque de janeiroForte dispositivo policial destacado para acompanhar o protesto.

EUA preparam voos para deportar haitianos que atravessaram fronteiraMilhares de migrantes em condições precárias na fronteira dos EUA com o México Vêm a pé de um país com falta de tudo e voltam para lá de avião. Ser forem em executiva, tem direito a uma refeição. São demasiado pobres?

França convoca embaixadores da Austrália e EUA devido a acordo do Indo-PacíficoEm causa está a construção de 12 submarinos. tudo flaso O RU já passou a perna à UE.