Cortiça, Investigação

Cortiça, Investigação

Cortiça em vez de plástico para combater o desperdício alimentar

Cortiça em vez de plástico para combater o desperdício alimentar

17/02/2020 03:09:00

Cortiça em vez de plástico para combater o desperdício alimentar

Portugal tem mais de 700 mil hectares de floresta de sobreiro, a maior do mundo, e é o maior produtor mundial de cortiça (100 mil toneladas/ano). A maior parte serve para rolhas, o produto mais exportado. Mas o que acontece com o desperdício?

Investigadores do Centro de Investigação de Materiais (Cenimat), da Universidade Nova de Lisboa (FCT-Nova), estão a estudar aplicações para o desperdício resultante da indústria corticeira. Neste laboratório, tenta-se aproveitar ao máximo a matéria-prima e combater as perdas. Entre muitas das pesquisas, há uma que envolve uma

Anitta assume ser viciada em sexo Comissão Europeia 'risca' a nova Superliga ''É preciso uma política estruturada que retire da pobreza aqueles que estão cronicamente nela''

membrana biodegradável que num futuro próximo poderá vir a substituir os plásticos que envolvem os alimentos. Além de ecologicamente sustentável, pode ser uma solução para evitar que milhares de toneladas de alimentos sejam atirados para o lixo.

No Cenimat trabalha-se a cortiça em várias vertentes. Começando pela mais simples: a sua utilização como substrato para impressão de dispositivos eletrónicos."Trabalhar o substrato desta matéria-prima é um desafio, sobretudo por ser pouco plano. É preciso preparar a superfície e depois otimizar as camadas, que são sobrepostas headtopics.com

", afirma Luís Pereira, investigador e coordenador de vários projetos neste centro. Consulte Mais informação: Diário de Notícias »

Portugal e Índia reforçam cooperação económicaForam assinados acordos em várias áreas, como a segurança alimentar e a defesa. Quantas lojas de fruta podree com mais de 50 empregados ? Quem ganha na entrada de milhões de indus no país?

Praga de gafanhotos origina cena bíblica na África OrientalNações Unidas pedem um financiamento de 76 milhões de euros para erradicar as nuvens destes insetos, que ameaçam provocar uma crise alimentar sem precedentes.

No pavilhão do trabalho, para combater a “pobreza laboral”Jovens e históricos da CGTP cruzaram-se num congresso de despedida de Arménio Carlos e de consagração da nova liderança. Isabel Camarinha reclama aumentos de 90 euros nos salários e critica injecção no Novo Banco.

Trump coloca forças especiais nas cidades para combater imigração ilegalPresidente americano vai enviar forças de elite, habituadas a trabalhar na fronteira, para operações de detenção e deportação de imigrantes ilegais nas cidades-santuário.

Champions: FC Porto perde na PolóniaDragões seguem em posição de apuramento para os oitavos-de-final

Restaurantes da Sertã oferecem entradas com Maranho para combater época baixaEste é uma iguaria tradicional da região