Jair Bolsonaro, Brasil

Jair Bolsonaro, Brasil

Bolsonaro à tona tenta salvar eleições de 2022

Bolsonaro à tona tenta salvar eleições de 2022

28/10/2021 15:17:00

Bolsonaro à tona tenta salvar eleições de 2022

Presidente brasileiro tem somado elevadas taxas de rejeição. Especialistas acreditam que para reconquistar o povo, chefe de Estado irá lançar 'políticas populistas'.

Presidente brasileiro tem somado elevadas taxas de rejeição. Especialistas acreditam que para reconquistar o povo, chefe de Estado irá lançar"políticas populistas".O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, começa hoje o último ano de mandato. Mas a possibilidade de reeleição em 2022 parece estar cada vez mais distante. O líder conservador, escolhido para o cargo em 2018, soma agora a maior taxa de rejeição desde a redemocratização do Brasil, uma larga pasta de acusações criminosas, um país a enterrar-se na pobreza, com a pior taxa de desemprego dos últimos nove anos e a ser dizimado pela fome.

Novas tabelas do IRS isentam de imposto salários e pensões até 710 euros F1 na Arábia Saudita: Hamilton critica leis que afetam a comunidade LGBTQ+ e Vettel organizou uma corrida de karting só para mulheres Um caminho de liberdade | Jornal Económico

Perante os desastrosos resultados das sondagens, Bolsonaro já ativou a máquina política para o último ano eleitoral e está a tentar manter-se à tona do mar de promessas por cumprir. A estratégia parece ser a mesma há três anos:"medidas populistas" - como o reforço dos auxílios e subsídios - e"uma governação muito ideológica", antevê Carlos Fino, jornalista doutorado em Comunicação pela Universidade do Minho e ex-conselheiro da embaixada portuguesa no Brasil.

Consulte Mais informação: Jornal de Notícias »

Novo estudo sobre a origem da Covid-19 aponta para mercado de Wuhan

OE 2022: Presidente da República com ronda de audiências até decisão finalMarcelo Rebelo de Sousa vai reunir-se com partidos políticos no sábado.

OE 2022: Governo chega ao limite para tentar viabilizaçãoNa segunda-feira, o primeiro-ministro chamou os ministros para uma avaliação do cenário de crise política.

OE 2022: primeiro dia de debate termina sem aprovação à vistaNo debate, a esquerda acusou o Governo de não aceitar as propostas apresentadas e a direita declarou o óbito à geringonça. Fora do debate, Marcelo continuou a fazer diligências e surge uma possível luz vinda da Madeira.

“Estes ataques já são a campanha legislativa”: Diana Ramos analisa debate do OE 2022 no parlamentoVídeos - “Estes ataques já são a campanha legislativa”: Diana Ramos analisa debate do OE 2022 no parlamento

OE 2022: UGT desiludida com chumbo que compromete medidas positivas para trabalhadores'Não é aceitável, estou muito desiludido e desgostoso, isto é um desrespeito para com o país e para com os trabalhadores', diz Carlos Silva. Este Sr defende tudo menos os trabalhadores A UGT e outros, fãs apenas de porta voz do Governo, devia ter mais poder dentro da política e como uma segunda opinião não cúmplice na justiça, mais tempo de antena no canal público, e passar informação dos verdadeiros problemas dos trabalhadores!

OE 2022: CGTP diz que chumbo deve-se a falta de vontade política do GovernoO Parlamento chumbou esta quarta-feira a proposta de OE 2022. Estes sindicatos só se preocupam e tomam as posições do PCP, sempre foi e será.... Os trabalhadores são a última das suas preocupações