França

França

Avião militar ultrapassou a barreira do som e fez temer uma explosão em Paris

Avião militar ultrapassou a barreira do som e fez temer uma explosão em Paris

30/09/2020 17:17:00

Avião militar ultrapassou a barreira do som e fez temer uma explosão em Paris

Um avião militar que ultrapassou a barreira do som provocou, esta quarta-feira, o receio de que tivesse ocorrido uma explosão em Paris, já que o barulho foi ouvido em grande parte da capital francesa e arredores.

"Trata-se de um caça que ultrapassou a barreira do som. Não saturem as linhas de emergência", publicou a policia no Twitter às 12.10 horas (11.10 horas em Portugal continental), logo após o incidente.O exército especificou que se tratava de um caça Rafale da base aérea de Saint-Dizier, localizada a cerca de 250 quilómetros de Paris.

João Almeida supera duro teste e segue de rosa antes da etapa rainha do Giro João Almeida mantém a camisola rosa a quatro dias do fim do Giro Jorge Jesus: «Não é por acaso que André Almeida está no Benfica»

Numa breve declaração por escrito aos media, o exército indicou que o caça interveio para"oferecer assistência a uma aeronave com a qual o contacto de rádio havia sido perdido".O Rafale foi autorizado a quebrar a barreira do som, o que ocorreu para"

alcançar a aeronave em dificuldade", especificamente no leste de Paris.Os internautas expressaram no Twitter a sua surpresa com o que ouviram e o medo de um possível ataque.O barulho do caça chegou ao torneio de ténis de Roland Garros, que decorre na zona oeste da capital, em plena partida entre o alemão Dominik Koepfer e o suíço Stan Wawrinka.

Consulte Mais informação: Jornal de Notícias »

Nagorno-Karabakh: Arménia acusa Turquia de abater um avião militar, turcos negamTurcos têm apoiado o Azerbaijão no combate em curso com os separatistas pró-arménios em Nagorno-Karabakh.

Projeto “Ajudar Beirute” terminou com um avião cheio de material médico e medicamentos: “Ninguém é demasiado pequeno para fazer a diferença”Em agosto, quando os libaneses e o mundo ficaram em choque perante a violência da explosão no porto de Beirute, a médica portuguesa Andreia Castro, fez uma mochila, encheu um caixote com o que conseguiu de ajuda médica e partiu. Há quatro dias regressou, desta vez com três toneladas de auxílio. E descobriu que ninguém está tão sozinho que não possa mudar o rumo dos acontecimentos

Ataque à faca em Paris foi ato isoladoEm França, o Procurador anti-terrorismo garante que o atacante da passada sexta feira, em Paris, agiu sozinho e sem qualquer influência de um grupo terrorista. E a comunicação social irresponsável em vez de aguardar pelos factos concretos só sabem deitar achas para a fogueira. Aquilo que este mundo cada vez mais dividido não precisa. Dasse... Em França ataque terrorista é quando morrem muitos. Neste caso é só mais um dia normal

Vereador lusodescendente ao Expresso: Paris sob ameaça de novo confinamentoEm Paris e boa parte da região adjacente, os indicadores da pandemia estão no vermelho e coloca-se a hipótese de novo confinamento. O Expresso falou com Hermano Sanches Ruivo, adjunto para as questões europeias da presidente da Câmara da capital, Anne Hidalgo

Como as “passerelles” desaparecerem em Paris e com elas outros negóciosA semana da moda começa nesta segunda-feira com a crise em alguns dos sectores ligados a esta indústria. Em Milão, a Valentino desfilou e a Armani passou na televisão. As marcas decidiram virar costas a Paris.

Mundo ultrapassou a barreira de um milhão de mortes por covid-19Parabéns China.