Alteração a artigo do RD da Liga gera desconforto na FPF

29/06/2022 14:01:00

Alteração a artigo do RD da Liga gera desconforto na FPF

Liga, Fpf

Alteração a artigo do RD da Liga gera desconforto na FPF

Em causa está o esvaziamento de sanções aos jogadores que se recusem, sem justificação válida, a irem às seleções nacionais de Portugal. Novo regulamento votado pelos clubes, que terá de passar na AG da FPF desta quarta-feira, remete para a FIFA, que tem sanções mais brandas

A alteração ao artigo 150.º do Regulamento Disciplinar da Liga, já votada pelos clubes, está a gerar desconforto no seio da Federação Portuguesa de Futebol.O artigo 150.º do Regulamento Disciplinar diz respeito à cedência de jogadores às seleções nacionais de Portugal. O anterior regulamento - que é o que está em vigor até à ratificação de um novo em AG da FPF que se realiza nesta quarta-feira a partir das 17h00 - contemplava sanções aos jogadores caso, «sem justificação aceite pela Direção da FPF», não comparecessem a treinos, jogos ou reuniões (estágios, por exemplo) das seleções nacionais. Nesses casos, os jogadores estariam sujeitos a ter de cumprir castigos entre um e dois meses, incorrendo desde logo a uma suspensão automática com a duração máxima de 15 dias a contar da data de não comparência até à deliberação definitiva sobre o castigo.

Consulte Mais informação: maisfutebol »

Hoje há decisão sobre a história dos campeões nacionais (FPF)A BOLA, toda a informação desportiva. Acompanhe todas as notícias do seu clube ou modalidade preferida, para onde quer que vá.

FPF anuncia data da Supertaça (Supertaça)A BOLA, toda a informação desportiva. Acompanhe todas as notícias do seu clube ou modalidade preferida, para onde quer que vá.

Renovado o acordo com o BPI (FPF)A BOLA, toda a informação desportiva. Acompanhe todas as notícias do seu clube ou modalidade preferida, para onde quer que vá.

23 títulos para o Sporting? AG da FPF debate hoje recontagem de títulos nacionaisA Federação Portuguesa de Futebol ( FPF ) discute esta quarta-feira, em Assembleia Geral, três pareceres sobre recontagem de títulos nacionais.... 24sapo Andam a mendigar por titulos. Ao ponto que eles chegaram

Faltar à Seleção deixa de ter castigoNorma do novo regulamento disciplinar da Liga pode levar a chumbo na AG da FPF Ao Naldo não faz diferença porke esse manda na seleção e só joga quando quer e contra quem quer. Comigo a treinador, ficava quase sempre no banco!

VÍDEO: golo de Areia (FC Porto) nos melhores do ano na ChampionsPonta internacional português em destaque na Liga dos Campeões de andebol

@Dmarques1988 A alteração ao artigo 150.Por Nuno Paralvas Oitenta e quatro delegados analisam, discutem e votam hoje, a partir das 17 horas, em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), presidida por José Luís Arnaut, três propostas sobre a categorização dos troféus conquistados entre 1921 e 1938.Por Redação A Federação Portuguesa de Futebol anunciou a realização do jogo da Supertaça Cândido de Oliveira para 30 de julho, sábado, com início marcado para as 20.Por Redação A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta segunda-feira, a renovação do acordo com o BPI até 2024.

º do Regulamento Disciplinar da Liga, já votada pelos clubes, está a gerar desconforto no seio da Federação Portuguesa de Futebol. O artigo 150. O processo, com origem em reclamação do Sporting, ainda sob a presidência de Bruno de Carvalho, levou a FPF a criar, em 2018, a Comissão Independente para a Análise dos Títulos Nacionais, que produziu dois pareceres, ambos com consequências na atribuição de troféus.º do Regulamento Disciplinar diz respeito à cedência de jogadores às seleções nacionais de Portugal. O encontro que atribui o primeiro troféu da época será transmitido em direto na TVI. O anterior regulamento - que é o que está em vigor até à ratificação de um novo em AG da FPF que se realiza nesta quarta-feira a partir das 17h00 - contemplava sanções aos jogadores caso, «sem justificação aceite pela Direção da FPF», não comparecessem a treinos, jogos ou reuniões (estágios, por exemplo) das seleções nacionais. Se nenhum dos três pareceres for aprovado por maioria, mantém-se a atual categorização e respetiva contabilização. Nesses casos, os jogadores estariam sujeitos a ter de cumprir castigos entre um e dois meses, incorrendo desde logo a uma suspensão automática com a duração máxima de 15 dias a contar da data de não comparência até à deliberação definitiva sobre o castigo. Durante este tempo, conquistámos e construímos muitas coisas em conjunto e mesmo nos momentos difíceis, como foi o caso do período da pandemia, reforçámos os nossos laços, alargando o âmbito desta parceria.

O que diz o artigo 150. Ler Mais.º do Regulamento Disciplinar da Liga em vigor: A nova proposta remete para o Regulamento do Estatuto e Transferências de Jogadores, que apenas determina que se um jogador faltar à convocatória de uma seleção não é elegível - salvo concordância da Federação em questão - para jogar pelo clube durante essa janela de cedência à respetiva seleção nem nos cinco dias a contar do último jogo, não havendo informação sobre penas suplementares a aplicar. Assim, à luz do novo regulamento aprovado em sede de clubes mas que terá ainda de ser ratificado em AG da FPF para ver a luz do dia, os jogadores (e, por inerência, os clubes) deixariam de estar sujeitos às sanções em vigor caso se recusassem ir à seleção, situação que a FPF considera não salvaguardar os seus próprios interesses. Se o novo regulamento disciplinar for chumbado, mantém-se em vigor o que foi aprovado para 2021/22. Nesta quarta-feira, também na AG da FPF, será conhecida a decisão relativa aos pareceres - .