Um mês antes da morte, mãe levou Henry a hospital após sessão de tortura

Um mês antes da morte, mãe levou Henry a hospital após sessão de tortura de Dr. Jairinho.

12/04/2021 18:42:00

Um mês antes da morte, mãe levou Henry a hospital após sessão de tortura de Dr. Jairinho.

Monique Medeiros alegou que a criança, que estava mancando após espancamento feito pelo vereador Dr. Jairinho, havia caído da cama

um mês antesdo menino ser torturado e espancado dentro de casa, na madrugada de 8 de março, quando Henry chegou morto ao hospital.Documento do hospital aponta que Henry estava mancando Real D'or/ReproduçãoA16ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro

A pior eleição do mundo: no Peru, a escolha entre horrível e horroroso | Mundialista Bolsonaro promete zerar pedágio e incita motoqueiros para atos no RJ e SP | Maquiavel Famoso após o BBB, Gil do Vigor desabafa: 'Eu queria ter voz porque muita gente como eu grita e não tem quem ouça'

conseguiu comprovar os espancamentos por meio dado álbum de fotos do celular de Monique. Nas reproduções de tela, a babáThayna de Oliveira Ferreiranarra, em tempo real, a sessão de tortura feita por Dr. Jairinho contra a criança, que levou ao menos uma rasteira e um chute. A criança ficou

mancandoapós as agressões.No dia seguinte, por volta de 12h, Monique levou o filho para atendimento na unidade hospitalar. Apesar de saber da sessão de espancamento, ela alegou aos médicos e enfermeiros que a criança teria“caído da cama” headtopics.com

por volta das 17h, conforme a ficha médica a que VEJA teve acesso. O menino fez radiografia no joelho esquerdo, mas a estrutura óssea e os ligamentos ficaram preservados mesmo após as agressões de Dr. Jairinho.Fac-simile do prontuário de atendimento de Henry em 13 de fevereiro Real Dor/Reprodução

Na madrugada em que Henry morreu, pouco mais de um mês depois, o casal também alegaria que a criança teria “caído da cama”, hipótese que já foi descartada pelas investigações. Olaudo de reprodução simulada

da Polícia Civil rejeitou que a criança tenha morrido por queda da cama ou da poltrona que havia no quarto. Peritos fizeram diversas simulações – inclusive de uma possível queda de uma estante de 1,20 metro de altura – e constataram que os ferimentos não são compatíveis com a versão inicial dada por Monique e dr. Jairinho.

Policiais fazem reprodução simulada no apartamento em que Henry morreu Polícia Civil/DivulgaçãoOsdois foram presosprovisoriamente na última quinta-feira, 8, por atrapalhar as investigações e coagir testemunhas. Monique e Dr. Jairinho vão responder por headtopics.com

Randolfe: Pazuello poderá ser preso se mentir na CPI da Covid Renan: O Brasil virou um cemitério e quem fez isso não ficará impune EUA prendem homem que usou verba de auxílio a empresas na pandemia para comprar um Lamborghini, uma Ferrari e um Bentley

homicídio duplamente qualificadotortura.Na madrugada desta segunda-feira, 12, Monique foi transferida do Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói (região metropolitana do Rio) para o hospital doComplexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste da capital. A mãe de Henry está com infecção urinária, fez exames e deve retornar à unidade prisional em Niterói ainda nesta segunda.

Consulte Mais informação: VEJA »

Resumão diário #28: Quinta-feira, 29 de abril

Hoje tem a segunda reunião da CPI da Covid, quando os senadores devem aprovar o plano de trabalho da comissão. O Ministério da Saúde prometeu distribuir a partir desta quinta-feira mais de 5 milhões de doses contra a Covid-19. Joe Biden completa 100 dias como presidente hoje, e na véspera, fez seu primeiro discurso como presidente no Congresso.

O medico que atendeu achou normal? Bolsonaristas!!! Monstros!! Cadeia é pouco!!! Que lixo de uma mãe “Mãe” Eu sou mãe e sinto repúdio em saber que essa vagabunda é chamada de “mãe”. Maldita 🤬 Presa ela vai 'cair várias vezes da cama' com ajuda das companheiras de cela 👍🏻 Só não vai conseguir tirar self como fez no depoimento,ir no salão pós-enterro ou postar foto de bolsa de marca nas redes sociais mesmo com o filho morto.😡

Vadia, conivente com a tortura que o psicopata submetia a criança, em troca de vida boa pra ela. Monstra ... Barbarie!