Veja

Veja

Pesquisa: 93% diz sentir aumento de preços no mercado, e 78% nas farmácias | Maquiavel

Levantamento foi feito em todo o país pelo instituto Paraná Pesquisas entre os dias 12 e 16 de junho

21/06/2021 21:09:00

A percepção de que o aumento de preços foi muito grande é maior entre os brasileiros de 60 anos VEJA

Levantamento foi feito em todo o país pelo instituto Paraná Pesquisas entre os dias 12 e 16 de junho

Da Redação21 jun 2021, 14h32Cartazes de protesto contra o aumento dos preços na Avenida Paulista, em São Paulo Roberto Parizotti/DivulgaçãoPublicidadePublicidadeA grande maioria da população afirma que está sentindo algum tipo de aumento de preços nos supermercados e nas farmácias, segundo levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas entre os dias 12 e 16 de junho em todo o país.

Anistia Internacional aponta 32 violações de direitos humanos nos mil dias do governo Bolsonaro Marcelo Adnet: “O Brasil precisa de humor” Chuva ajuda a apagar incêndio na Chapada dos Veadeiros

Na pesquisa, dois em cada três brasileiros (65,8%) disseram que os preços “aumentaram muito” nos supermercados e outros 27,1% disseram que “aumentaram” — ou seja, no total, 92,9% relataram sentir uma alta dos custos. Outros 4,6% afirmaram que os valores “permaneceram iguais” e 1,4% acreditam que eles “diminuíram” – 1,1% não soube ou não quis responder.

A percepção de que o aumento foi muito grande é maior entre os brasileiros de 60 anos ou mais (73,4%), as mulheres (71,4%) e os entrevistados com idades entre 45 e 59 anos (70,1%).Segundo o IPCA, calculado pelo IBGE e usado como indicador oficial da inflação, a alta dos alimentos e bebidas foi de 0,44% em maio, pouco acima da taxa de 0,40% em abril. A inflação da alimentação no domicílio, no entanto, desacelerou – foi de 0,23% em abril contra 0,47% em maio, principalmente por conta das frutas (-8,39%), da cebola (-7,22%) e do arroz (-1,14%). O grande vilão tem sido a carne, que subiu 2,24% em maio e tem uma alta acumulada de 38% nos últimos 12 meses. headtopics.com

FarmáciaJá em relação aos medicamentos, 43% disseram que os preços “aumentaram muito” e 34,6% afirmaram que eles “aumentaram” — ou seja, 77,6% apontam algum tipo de alta. Outros 18% acreditam que eles “permaneceram iguais” e 1,4% que eles “diminuíram” – 3,1% não souberam ou não quiseram opinar.

Continua após a publicidadeA percepção de que os preços aumentaram muito é maior entre os brasileiros com 60 anos ou mais (55,9%), aqueles que têm apenas o ensino fundamental (51,8%) e as mulheres (49,1%).Segundo o IBGE, a alta em maio do setor de saúde e cuidados pessoais foi de 0,76%, a terceira maior, atrás apenas de habitação e transportes.

Consulte Mais informação: VEJA »

Vulcão 'apaga' vilas da ilha La Palma, na Espanha - BBC News Brasil

Parte das Ilhas Canárias, La Palma tinha visto uma erupção do mesmo vulcão em 1971.

Os Políticos bonzinhos de Brasília não sentem nada ,por que nós otários brasileiros pagamos salários absurdos para eles virem na mordomia Isso mostra sociedade desconectad..qualquer um que abasteça o carro ou vá ao supermercado regulamente vê os aumentos dos preços....

Hospitais privados de SP têm alta de 20% nas internações em leitos clínicos para covid-19 - Saúde - EstadãoSegundo levantamento de 18 de junho feito pelo SindHosp, oito em cada dez hospitais relataram ocupação acima de 80%; pesquisa indica ainda queda na faixa etária de internados uma pena tudo isso, são paulo deveria ser exemplo para o brasil, já que a coronavac saiu dai, já estão questionado a vacina, sua eficácia etc. É fácil empurrar a culpa e gastos para as empresas privadas.

A lendária marca de carros Aston Martin lança condomínio de luxo em MiamiMontadora britânica, símbolo de arrojo na vida real e no cinema, entra no mercado residencial com um empreendimento que tem seu nome e seus veículos Parece que o rico fica cada vez mais rico e o pobre cada vez mais pobre.

A favela que está combatendo a covid-19 e o desemprego de jovens ao mesmo tempo - BBC News BrasilEm Paraisópolis, na capital paulista, dois projetos têm ajudado a juventude do bairro a entrar no mercado de trabalho. SamCowie84 A favela precisa fazer, porque se depender do presimente e de ArthurLira_ , vamos todos morrer de covid.

Empresário de David Ospina fala sobre futuro do jogadorAtuações na Copa América podem abrir mercado europeu ao goleiro que tem revezado na titularidade do Napoli com Alex Meret

Mulheres lideram setor de pesquisa em cana-de-açúcar - Economia - EstadãoEm uma área dominada por homens, dupla é responsável no CTC por desenvolver variedades mais eficientes e resistentes a pragas Economia E as mulheres negras? Economia Precisamos criar políticad públicas para incentivar os homens no setor de pesquisas

Como será o pagamento do pedágio de livre passagem ou por quilômetro rodadoNova lei pode obrigar motoristas a instalarem tags especiais nos carros. Pedágio livre de cancelas pode reduzir filas nas rodovias Vai ser mais caro… Ou seja: mais uma vez o brasileiro vai se ferrar de verde e amarelo. Pelo visto, a saída terá de acontecer pelo aeroporto internacional de Guarulhos mesmo.