No Rio, bolsonaristas lotam 6 quarteirões em ato pró-voto impresso e contra STF - ISTOÉ Independente

01/08/2021 22:35:00

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro fazem uma manifestação neste domingo, 1º, na Avenida Atlântica, em Copacabana, no Rio, pedindo a volta do voto impresso. Os manifestantes revezam-se em discursos nos carros de som dos organizadores, repetindo argumentos do presidente Jair Bolsonaro contra a votação exclusivamente digital. Fazem ataques a alvos diversos, desde parlamentares a ministros […]

Manifestantes vestidos com camisa da Seleção Brasileira, alguns com bandeiras do Brasil e muitos sem máscaras, carregam cartazes pedindo o voto impresso. Em volta de um dos carros de som, do Movimento Conservador, os manifestantes gritavam “Lula, ladrão, seu lugar é na prisão”. O youtuber Bruno Jonssen disse que a vontade popular pelo voto impresso é superior ao ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Barroso tem defendido o voto eletrônico. “Isso é democracia” discursou o youtuber.

Atuação vacilante do STF não contém a venda de armas incentivada por Bolsonaro Queda de braço entre Fernández e Kirchner expõe fratura na esquerda argentina - BBC News Brasil Câmara Técnica da Saúde pode apresentar renúncia coletiva se Queiroga não retomar vacinação de adolescentes, diz jornal

Barroso e outros ministros do STF têm defendido o voto exclusivamente eletrônico. Argumentam que a votação digital já é auditável. Dizem que, se houver a possibilidade de uma recontagem de votos impressos, candidatos derrotados tenderão a pedir recontagem. Também há preocupação com a possibilidade de mobilização, via redes sociais, de eleitores inconformados com a derrota de seus candidatos. Poderiam pressionar os escrutinadores do voto impresso e criar um ambiente favorável a soluções extraconstitucionais – por exemplo, um golpe.

O presidente Jair Bolsonaro, que venceu várias eleições por voto exclusivamente eletrônico, tem exigido que o pleito de 2022 tenha voto também impresso. Indica que não aceitará o resultado apenas digital. Explicitou essa posição principalmente depois que pesquisas indicaram que sua popularidade caía e que não seria reeleito hoje. headtopics.com

OEstadão/Broadcastrevelou que um emissário do ministro da Defesa, Braga Netto, e dos chefes militares disse ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), que, sem votação impressa e auditável, não haverá eleição no Brasil no ano que vem.

Youtuber estimula ativistas a pressionar deputadosOutro youtuber, Allan Frutuoso, apoiador de Bolsonaro nas redes sociais, prometeu divulgar na internet contatos dos gabinetes de deputados federais. O objetivo é possibilitar que os manifestantes possam cobrar os políticos, nos próximos dias, que os representantes votem a favor da PEC do voto impresso.

“Essa manifestação não termina aqui”, prometeu Frutuoso, que considerou os protestos um momento histórico.Uma manifestante, que se apresentou apenas como Valéria, defendeu em discurso que o voto impresso não seria em benefício exclusivamente de Bolsonaro.

+ Passageira agride e arranca dois dentes de aeromoça“Viemos defender não só o Bolsonaro, mas a nossa liberdade, o nosso desejo nas urnas, que precisa ser respeitado. Não estamos falando só do voto para o presidente. Vimos eleições nos EUA sendo fraudadas e não podemos menosprezar isso”, disse ela. Seu discurso repetiu fake news que embalaram a invasão do Congresso americano por apoaidores de Donald Trump inconformados com a vitória de Joe Biden na disputa pela Casa Branca. Foi aplaudida pelos manifestantes. headtopics.com

Após meses sem resposta, Cármen Lúcia manda PGR devolver ações que questionam atos do governo Bolsonaro 'É meu legado', diz compositor que acusa Adele de plagiar música gravada por Martinho da Vila - BBC News Brasil 'Não é hora de relaxar restrições', diz biomédica que sequenciou coronavírus e 'virou' Barbie

O deputado federal e ex-atleta Luís Lima (PSL), que foi candidato a prefeito do Rio em 2020, disse que o País está refém dos ministros do STF. Mencionou Daniel Silveira, o deputado federal preso por ordem do ministro do STF Alexandre Moraes. O parlamentar divulgou vídeo em que atacava e ameaçava os ministros do Supremo.

“Apuração secreta (de votos) é crime. Os mesmos ministros que soltaram Lula são contra o voto impresso e auditável. Precisamos da contagem apenas do voto impresso, ainda que demore dois a três dias para contar”, disse. Consulte Mais informação: Revista ISTOÉ »

Documentos da CPI colocam crise mais perto da família Bolsonaro - Política - Estadão

Em novo episódio de ‘Por Dentro da CPI’, Eliane Cantanhêde analisa ação de lobista no Ministério da Saúde e sua proximidade com o filho ‘Zero Quatro’ do presidente

votodemocrático Jornalismo canalha. Escolheram o lado da militância política. Tentar menosprezar uma manifestação legítima. Pois é... voto impresso tá igual aos documentos da Precisa... ahahahah A LIXOÉ não tinha como negar a manifestação pq tentou esconder a verdade mas ficou impossível pq foi gigante kkk

Então é no mínimo o dobro. 🇧🇷 BrasilPeloVotoAuditavel Seus bostas é a favor da Democracia pelo voto impresso auditavel e escrutinio publico dos votos. ratifiquem essa merda de titulo.. Desonestidade intelectual! Voto auditável! É o povo querendo transparência, democracia e verdade. BrasilPeloVotoAuditavel VotoImpressoAuditavelJa

Não necessariamente Bolsonoristas. Qualquer cidadão que não quer ser manipulado pela quadrilha que hoje está no poder. só no rio e 4 quarteirões é só de miliciano

Jair Bolsonaro promete moderação à Ciro Nogueira - ISTOÉ IndependenteNa manhã da última terça-feira (27), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou à Ciro Nogueira que iria se moderar. Na conversa do chefe do executivo com o novo ministro da Casa Civil, foi solicitado por Ciro que o presidente não atacasse mais a CPI da Covid e o Supremo Tribunal Federal (STF). Na ocasião, […] Uma NAÇÃO jamais vai respeitar quem solta o maior LADRÃO da história Mas tem que fala mesmo desses corruptos ah maioria são bandidos na cpi Mas como pode o cara não atender ao seu patrão?

Onde mesmo?! Ah... no Rio... Bolsonaro 2022 olha aí a foto kkkk

Flexibilização no Rio: o que dizem especialistas sobre a estratégia da prefeitura no combate à CovidInfectologista disse que Comitê Científico municipal não foi consultado. Secretaria de Saúde afirmou que só alguns membros foram ouvidos G1 flexibilização RioDeJaneiro Eu também não consultaria: todos sabemos qual seria a resposta Alias eu dispensaria esse comitê criaria um imaginário que sempre fala a mesma coisa. Questão de respeito com dinheiro público Eu não entendo , para que ter comitê científico se não é consultado . É só para dizer que tem?

Paes se reúne com candidato ao governo do Rio pelo PDT de Ciro Gomes | RadarPaes se reúne com candidato ao governo do Rio pelo PDT de Ciro Gomes (via radaronline) radaronline _RodrigoNeves_ radaronline Ninguém Segura Paes-Neves radaronline Ótimo nome o do PDT... Acho que será RJ sair desse buraco de governadores toscos da direita

O flagelo do rio Paraná, que enfrenta sua pior seca em 70 anosO segundo curso hídrico mais extenso da América do Sul padece diante de uma baixa histórica no nível da água. Em seu delta, no leste da Argentina, pântanos são ameaçados pela seca e pelos incêndios —muitas vezes propositais, feitos em meio a uma disputa por terra causada pela pecuária. Em 2020, mais de 300.000 hectares de pastagens e florestas foram queimados na área, devastando a fauna e a flora nativas. Em 2021, com as águas em nível mais baixo nos últimos 77 anos, o risco ao ecossistema é ainda maior; um bioma fundamental e que tem papel enquanto reserva de água doce e também para filtrá-la e evitar inundações. Nesta reportagem fotográfica, feita entre 2018 e 2021, o EL PAÍS percorre o trecho final do Paraná para mostrar as consequências desse desastre natural —e quais os efeitos causados nas comunidades que dependem dos pântanos para sobreviver O importante é a produção para alimentar os fast foods na Europa e EUA. Tristeza

Etapa do Tour da França no Rio lança uniformes dos ciclistasNA EXPECTATIVA! 👀🚴🏻🚴🏻‍♂️🇧🇷 Etapa do Tour da França no Rio lança uniformes dos ciclistas lancenet

Rio começa nova etapa da vacinação; calendário acelera com uma idade por dia e sem repescagemCapital fluminense recebeu 234 mil doses. Por enquanto, só está prevista repescagem no fim da campanha de imunização dessa fase, quando chegar na faixa etária de 18 anos, prevista para o dia 18 de agosto.