Moro não é terceira via, é o bolsonarismo sem Bolsonaro

23/01/2022 16:39:00

Moro não é terceira via, é o bolsonarismo sem Bolsonaro

Cartacapital, Carta Capital

Moro não é terceira via, é o bolsonarismo sem Bolsonaro

O ex-juiz é uma fração do mesmo bloco de poder, a expressar tudo o que a elite aporofóbica deste país é: racista, classista e preconceituosa

Em recentes declarações à revistaVeja, Sergio Moro teceu comentários a advogados que criticaram a atuação dele enquanto juiz. Moro atacou especialmente o Grupo Prerrogativas, dizendo, entre outros absurdos, que os profissionais que o integram trabalham pela impunidade de corruptos. O discurso, por sua agressividade e total descompasso com a realidade, não pode ficar sem resposta, e é por isso que ocupo este espaço para refutá-lo.

Em primeiro lugar, é preciso dizer que a fala do ex-juiz revela uma grave deficiência cognitiva em uma área do conhecimento que ele deveria dominar. A crítica feita por ele demonstra desconhecimento do que sejam a advocacia, os direitos e o Direito. Qualquer estudante de primeiro ano de Direito sabe que advogado nenhum defende corrupto ou bandido, defende os direitos da pessoa – veja, nem a conduta nem a pessoa, mas os direitos dela. Direitos que qualquer um, mesmo tendo cometido crime, possui, pelo simples fato de ser humano. Relacionar a advocacia à defesa de crimes revela uma interpretação anti-humanista do Direito, que Moro reproduziu enquanto juiz, atuando contra os direitos dos acusados que julgou.

Consulte Mais informação:
CartaCapital »

Carlos Andreazza: 'Tebet mostra coragem ao declarar apoio a Lula'

No CBN Em Foco, você acompanha uma análise aprofundada dos temas que dominam o noticiário. Um programa que tem a proposta de separar os fatos da espuma. Com ... Consulte Mais informação >>

CiroRebeldiaDaEsperanca Mostrei para um ex amigo que o Moro estragou a Lava Jato além de não poder dizer que não sabia dos planos do Bolsanaro. Que se mistura com porcos vira porco. A ambição dele extrapolou a ética. Sei não, bozo é bem medíocre para fazer conluios com batmoro, um encobre o outro e os dois ficam rm paz

O Q o Brasil precisa saber é quando e quanto SF_Moro recebeu da Alvarez & Marsal. Se ele não tem nada a esconder deve abrir seu sigilo fiscal, telefônico, abrir tudo. Essa é a chance que o juiz tem de mostrar Q apesar de parcial, é exemplo de honestidade/ética que afirma ser. O Ciro é o melhor candidato para tirar o bolsonaro de onde não deveria estar.

Ai vou ter que concordar. Mas vcs ja arrumaram a manchete que deveria dizer: 'Lula fala em revogar a Reforma Trabalhista seguindo os passos de Ciro Gomes que ja propõe isso desde 2018'? É APENAS UM EX JUIZ LADRÃO! Perfeito!!! E Lula é Maduro, sem Masuro rafaelgeop Moro é o bolsonarismo maquiado, perfumado e das viúvas do PSDB.

Lula não é a solução, é o problema.

Ciro ataca Lula, Bolsonaro e Moro, promete acabar com o teto e reeleição | Brasil | O DiaIsolado e sem alianças partidárias encaminhadas até o momento, o PDT lançou a pré-candidatura de Ciro em Brasília, nesta sexta-feira, 21. ODia O sujo falando do mal lavado! O eleitor brasileiro e o país,ñ merecem essas merdas como candidatos.🇧🇷🇧🇷🇧🇷

LulaEoPTDestruiramOBrasil . Sabedoria e experiência Ciro é o caminho Ciro 2022 o melhor projeto necabettio Nojo deste marreco de Maringá🤮 É mesmo? As pautas do Judas são as mesmas do ladrão. Moro é uma piada de mau gosto e sem graça! christian_gpbr tem vários, que e os estilhaços de Bolsonaro . moro e uma parte maior

Moro é a continuação da 'pinguela para o fracasso' de Temer.

Para minar Moro, Bolsonaro se aproxima da União Brasil | O AntagonistaPlano inclui abrir mão de candidaturas bolsonaristas em estados, em prol de integrantes do novo partido Se o Bolsonaro serve para o União Brasil, o União Brasil não serve para o Moro2022 . A estratégia é requentar matérias de hj de manhã? Que os dois se matem. Pena que nao tem um nome pra parar o desastre chamado lula.

O kooll do editor dessa merda de revista Ou coisa pior!!!!!! Moro e bolsonaro são uma coisa só. Ou seja, mais do mesmo. Quem quiser repetir o erro de 2018, fique a vontade. Carta Capital, a revista petista mais hipócrita do Brasil acusou todo o povo mais pobre que não votou nos candidatos da esquerda de serem idiotas. Simples assim.Mas isso mostra uma verdade sobre a esquerda no Brasil. Ela se tornou um movimento elitista e fascista

Ciro Gomes Presidente 12 💪🏼🇧🇷🌹👊🏻🚜 Moro, pequeno em estatura e em caráter. 👍✊💪

Moro pode se fortalecer no União Brasil, diz vice-presidente do PSLEm entrevista ao UOL News da noite de hoje, Júnior Bozzella (PSL-SP), deputado federal e vice-presidente nacional do PSL, afirmou que Sergio Moro (Podemos) pode se fortale Não importa o lugar, ... eternamente juíz ladrão!! Nem era para está pré candidato. Cey 💰💰💰💰💰💰💰💰

Bolsonarismo sem Bolsonaro não eh bolsonarismo. Quanta gente burra! Claro negacionista gostam de negar , é pra moro se sustentar tem q esquecer que ele é corrupto juiz ladrao , é q fodeu com o país pra ser do stf O senhor Moro é um perigoso autoritário. Com o conhecimento das leis pode fazer coisas terríveis que seu ex-chefe Bolsonaro não teve capacidade de fazer.

Realmente ele não é terceira via, mas também não é bolsonarismo sem Bolsonaro. Que pautas conservadoras Moro defende? é um tucano isentão que quando era Ministro da justiça e segurança pública ficou de braços cruzados quando a população ficou refém da ditadura sanitária. Fascista de sapatênis sem o o Carluxo.

E segue a Carta Parcial atacando toda e qualquer candidatura que não seja PT ou PSOL Assim como Ciro é lulismo sem Lula. A polarização seria melhor se fosse entre Ciro e Moro, e não entre o Bandido e o Lunático. Mas então está muito bom. Patriotismo, nacionalismo, defesa da família, dos valores religiosos e da propriedade privada. O que não podemos é permitir que a corrupção e o socialismo retornem.

Bruno Dantas tira sigilo de documentos do caso Moro | O AntagonistaNesta semana, o ministro do TCU já havia determinado o acesso integral do subprocurador Lucas Furtado, que não é o responsável pelo processo, a todos os documentos. Outro capacho a serviço do Lulladrão. O que será que ganha? Ou é servidão consentida, mesmo. Não passarão! Tão desgraçado que deixou pra fazer isso numa sexta feira. Era só isso que ele queria mesmo. SF_Moro vai deixar por isso mesmo? Pimenta no caneco dos outros é refresco, né ANTAS canalhas?

Moro cria núcleos de saúde, segurança pública e cultura | O AntagonistaAos poucos, o programa de governo de Sergio Moro vai ganhando musculatura; o ex-juiz deve começar a divulgar as primeiras propostas em fevereiro SF_Moro A lapada hj de Ciro Foi forte Viu!! SF_Moro SF_Moro Ele é muito inculto e limitado, além de corrupto

Opinião: Chico Alves - Com provável troca de partido, Moro expõe fragilidade da candidaturaEmpacado no patamar que oscila entre 9% e 10% nas pesquisas sérias de intenção de voto, o pré-candidato a presidente Sergio Moro resolveu partir para o ataque. Depois de prometer que não c Candidatura tão forte quanto do chefe POTUS. Só que aqui falta talento pra mandar por mais tempo. Deveria se tocar que é um juiz safado e não concorrer pra nada 60 % do Brasil odeia esse homem Expõe, também, a sua canalhice, seu projetinho fascistóide de poder, sua sordidez. É um mau caráter!

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro., antecipando a quarta disputa do ex-ministro e ex-governador do Ceará em uma campanha presidencial.De acordo com O Globo, uma opção citada nos bastidores seria João Roma desistir do governo da Bahia e apoiar ACM Neto O outro flanco aberto é na eleição ao governo de Goiás , que deve contar com os bolsonaristas Ronaldo Caiado.Sob questionamento interno, PDT formaliza candidatura presidencial de Ciro "Antes mesmo da filiação ao Podemos, sugerimos a possibilidade de [Moro] não se filiar ao Podemos e ir direto ao União Brasil, mas já tinha um caminho pavimentado para o Podemos, que é legítimo.

Foto: Eduardo Matysiak/AFP Em recentes declarações à revista Veja , Sergio Moro teceu comentários a advogados que criticaram a atuação dele enquanto juiz. Moro atacou especialmente o Grupo Prerrogativas, dizendo, entre outros absurdos, que os profissionais que o integram trabalham pela impunidade de corruptos." No discurso, o pré-candidato do PDT vinculou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ex-aliado político, ao presidente Jair Bolsonaro, a quem acusou de praticar genocídio na pandemia de covid-19. O discurso, por sua agressividade e total descompasso com a realidade, não pode ficar sem resposta, e é por isso que ocupo este espaço para refutá-lo. Em primeiro lugar, é preciso dizer que a fala do ex-juiz revela uma grave deficiência cognitiva em uma área do conhecimento que ele deveria dominar."Seria exagero dizer que os presidentes, apesar de diferentes em muitas coisas, foram iguaizinhos em economia, e que o modelo econômico que copiaram uns dos outros nos trouxe a este beco sem saída?", afirmou Ciro. A crítica feita por ele demonstra desconhecimento do que sejam a advocacia, os direitos e o Direito."Nós conversamos e trabalhamos em conjunto, inclusive a possibilidade aventada inicialmente era do União Brasil indicar o candidato a vice [de Moro, no Podemos].

Qualquer estudante de primeiro ano de Direito sabe que advogado nenhum defende corrupto ou bandido, defende os direitos da pessoa – veja, nem a conduta nem a pessoa, mas os direitos dela."Eu ajudei o Lula em todas as eleições. Direitos que qualquer um, mesmo tendo cometido crime, possui, pelo simples fato de ser humano. Relacionar a advocacia à defesa de crimes revela uma interpretação anti-humanista do Direito, que Moro reproduziu enquanto juiz, atuando contra os direitos dos acusados que julgou." Ciro prometeu acabar com o teto de gastos públicos, medida implementada durante o governo do ex-presidente Michel Temer em 2016 e que limita o crescimento das despesas à inflação do ano anterior. A hostilidade do ex-juiz com a advocacia não é novidade. Durante audiências da Lava Jato, ele entrou em conflito com advogados dos réus, confundindo o exercício ético da advocacia com obstaculização de investigações, e escancarando sua total ausência de imparcialidade."Prometo, portanto, acabar com essa ficção fraudulenta chamada teto de gastos e colocar em seu lugar um modelo que vai tocar o Brasil adiante sem inflação e com equilíbrio fiscal verdadeiro" Ao direcionar ataques ao pré-candidato do Podemos, Sérgio Moro, Ciro Gomes prometeu encaminhar uma proposta de reforma do combate à corrupção a ser debatida a partir de março deste ano, antes da campanha.

Ao atacar os advogados e não compreender que as pessoas são detentoras de direitos, Moro descortina também um déficit moral democrático, pois os direitos são os mais relevantes valores morais de uma democracia, aquilo que lhe confere civilidade. Uma sociedade civilizada é justamente uma sociedade que respeita os direitos – o que não se viabiliza sem advogados." O que Ciro propõe implantar no governo, se eleito, é o que chama de Plano Nacional de Desenvolvimento. Moro disse ainda que os advogados aos quais critica se arvoram uma superioridade moral em relação ao Ministério Público e aos juízes da Lava Jato. Mas o que ocorreu foi justamente o contrário. Em uma tentativa de atrair a líder da Rede Sustentabilidade, Marina Silva, para a vice na chapa, Ciro Gomes afirmou que a ex-ministra tem"todos os dotes para ser uma presidente do Brasil" e que é cedo para falar em vice. Eles é que reivindicaram para si a figura do que Hans Kelsen chama de líder populista, que se apresenta como superior à moralidade da sociedade e que tem força para trazer a ordem.

O populista de direita crê numa ordem e numa homogeneidade social em que todos pensam da mesma forma e em que aqueles que se opõem devem ser tratados como inimigos. Na economia, defendeu uma política para acabar com o déficit fiscal, ou seja, garantir que o governo arrecade mais do que gasta, mas abandonado o chamado tripé macroeconômico (meta de inflação, meta fiscal e câmbio flutuante). O agora candidato à Presidência da República perseguiu ferrenhamente Lula não por um desejo genuíno de combater a corrupção, pois sempre soube que o ex-presidente era inocente. Perseguiu Lula por preconceito.". Assim como boa parte da elite sulista eurocêntrica, ele não aceita que um homem sem educação formal, originário das classes mais pobres e nordestino, tenha feito um dos melhores governos da nossa história. Moro executou um processo fraudulento contra Lula para impedi-lo de ser candidato novamente.

Aliás, é bom que se diga, não há processo no plano filosófico-político mais corrupto do que um juiz criar um processo falso, enganoso, para interferir na democracia. Como juiz, Moro apropriou-se do sentido dos direitos da nossa Constituição, interpretando-os conforme seus interesses. O resultado disso, como vimos, foi a eleição de Bolsonaro, que o recompensou com o Ministério da Justiça. A hostilidade do ex-juiz contra os advogados, especialmente contra os do Grupo Prerrogativas, certamente está calcada no fato de que foram eles que demonstraram ao STF a total parcialidade de Moro. Evidenciaram que ele agiu politicamente, o que, para quem ainda tinha alguma dúvida, se comprova agora com sua candidatura e a de seus pares.

Os advogados aos quais Moro critica conhecem os processos e sabem que ele agiu com dolo, manipulando o processo para gerar uma condenação injusta. Se Moro fosse um juiz isento, jamais teria aceito o cargo de ministro de Bolsonaro e, agora, empreendido essa candidatura, contrariando, inclusive, o que afirmou quando ainda estava na magistratura. Mas o fato é que Moro nunca foi um juiz, no sentido material da expressão. Foi um militante político que se valeu da jurisdição para alcançar notoriedade e chegar ao poder. Ao atacar os advogados, Moro ataca os direitos, algo que remonta ao século XV e vem sendo construído com luta e sacrifício, com sangue nas calçadas, por lideranças políticas e pessoas comuns interessadas no desenvolvimento da civilização.

Por fim, é bom frisar que Moro não é terceira via coisa alguma. É o bolsonarismo sem Bolsonaro, uma fração do mesmo bloco de poder que compartilha uma visão de mundo profundamente autoritária e extremista de direita. O bloco que representa e expressa tudo que a elite aporofóbica deste país é: racista, classista e preconceituosa. • PUBLICADO NA EDIÇÃO Nº 1192 DE CARTACAPITAL , EM 26 DE JANEIRO DE 2022. Este texto aparece na edição impressa de CartaCapital sob o título “Bolsonarismo sem Bolsonaro” Cadastre-se e leia GRATUITAMENTE! Além de ganhar acesso ao melhor conteúdo de CartaCapital, você poderá gerenciar as newsletters que recebe e salvar matérias e artigos para ler quando quiser.

.