Mesmo sem biometria, eleitor poderá votar em 2022

27/01/2022 17:19:00

Mesmo sem biometria, eleitor poderá votar em 2022

Mesmo sem biometria, eleitor poderá votar em 2022

É falsa a afirmação de que será exigido cadastro de biometria para votar nas eleições gerais de 2022. Publicações com variações

O conteúdo foi classificado comoO Comprova iniciou esta checagem buscando as informações em canais oficiais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e de Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de diferentes estados brasileiros a respeito do processo de cadastramento biométrico. O sistema foi um mecanismo criado pela Justiça Eleitoral para tornar o processo eleitoral brasileiro ainda mais seguro.

Resolução nº 23.615/2020Nessa segunda-feira (24 de janeiro), pela viralização de conteúdos com mesmo teor do post checado nesta verificação, o TSE e outros TREs de todo o país divulgaram informações em seus canais oficiais (site e redes sociais como o Facebook), classificando como falsas as alegações de que o eleitor que não realizar o cadastramento biométrico até 4 de maio estará impedido de votar na eleição, seja em primeiro (2 de outubro) ou segundo turno (30 de outubro).

Consulte Mais informação:
UOL Notícias »

Balaio do Kotscho - Voltamos à censura da época da ditadura militar por ordem da Justiça?

É gravíssima a decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal de proibir a veiculação das denúncias contidas nas reportagens do UOL sobre o império imobiliário construído com dinheiro vivo pela família presidencial.Na noite de 13 de dezembro Consulte Mais informação >>

Se puderem votar bolsonaro em 2018 sem cérebro, o que seria de uma simples biometria né

Coleta de dados do Censo 2022 começa em agostoA coleta dos dados demográficos, em contato com a população, começará no dia 01 de agosto; antes, seria em junho, mas foi necessário adiar devido à mudança da banca do concurso que vai contratar os recenseadores. Mais de 1 milhão de brasileiros se candidataram para as vagas. No Orçamento, mais de R$ 2 bilhões estão destinados ao censo do IBGE. O último ocorreu em 2010; 2020 foi adiado por causa da pandemia.

Para ficar de olho: veja quais foram as principais revelações da Copinha 2022De Endrick, do Palmeiras, a Rwan Seco, do Santos, torneio cumpriu o seu papel de ser um celeiro de craques

Fora do Grêmio, Douglas Costa encaminha acerto com clube para 2022; entenda - ISTOÉ IndependenteDepois de se despedir do Grêmio, o atacante Douglas Costa pode definir seu futuro na temporada 2022 nos próximos dias. Conforme o GZH Notícias, o jogador está aberto a escutar as ofertas dos clubes, mas tudo indica que o atleta vai assinar com o Los Angeles Galaxy, da MLS. De acordo com informações do portal, […]

FMI prevê crescimento de 0,3% da economia brasileira para 2022O Fundo Monetário Internacional (FMI) reduziu consideravelmente a previsão de crescimento do Brasil para 2022. De acordo com a nova projeção do FMI, o Brasil deve crescer 0,3% neste ano: GloboNews Mas cadê o crescimento em V do paulo guedes? Pobre Brasil. VAI TER RECESSÃO

Início da coleta para o Censo 2022 começa em 1º de agosto, informa o IBGEColeta de dados do IBGE está atrasada em dois anos devido à pandemia e divergências relacionadas ao orçamento...

Mineiro 2022: quem vai impedir o tricampeonato do Atlético-MG?A competição começa nesta terça-feira, 25 de janeiro, e o Galo é o time a ser batido. Cruzeiro e América-MG tentam evitar o feito alvinegro

Um texto sobre o boato no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informa que o cadastro biométrico está suspenso desde 2020 devido à pandemia de covid-19, e que"nenhuma eleitora ou eleitor que não realizou o cadastramento será proibido de votar".DURAÇÃO: 00:02:08 Copie o código abaixo para usar no seu site: Código copiado! Censo deve ser realizado em 2022.PUBLICIDADE A Copa São Paulo de Futebol Junior é, historicamente, um celeiro para revelar jogadores.Copyright © 2022 - Três Editorial Ltda.

O Comprova procurou o autor de uma postagem com mais de 4 mil interações no Twitter por e-mail, WhatsApp e perfis no Facebook, mas não obteve resposta até a publicação desta verificação. O conteúdo foi classificado como porque apresenta uma mentira, sem fundamento na realidade, para gerar confusão sobre o processo eleitoral. Como verificamos? O Comprova iniciou esta checagem buscando as informações em canais oficiais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e de Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) de diferentes estados brasileiros a respeito do processo de cadastramento biométrico. O GLOBO monta a lista com nomes que devem ganhar oportunidades no elenco profissional de seus clubes após brilharem na Copinha. O sistema foi um mecanismo criado pela Justiça Eleitoral para tornar o processo eleitoral brasileiro ainda mais seguro. Conforme o TSE, a adoção da biometria — usada pela primeira vez na eleição de 2008, em três cidades brasileiras — reduziu significativamente a intervenção humana no processo de votação..

A urna só é liberada para votação quando o leitor biométrico identifica as impressões digitais do eleitor, as quais são verificadas eletronicamente a partir do banco de dados unificado da Justiça Eleitoral. Ao todo, foram seis gols em seis jogos, além de atrair olhares de clubes europeus aos montes. Por causa da pandemia da covid-19, o processo de cadastramento biométrico no país precisou ser suspenso. A medida foi determinada pelo TSE, por meio da Resolução nº 23.615/2020 , para prevenir a infecção pelo vírus. Ele foi o artilheiro do Peixe na competição, com seis gols em nove jogos. O Comprova verificou também os prazos estipulados no calendário eleitoral de 2022 e as datas que devem ser observadas pelos partidos, candidatos e eleitores.

A data mencionada na publicação alvo desta checagem [4 de maio] diz respeito ao prazo limite para que eleitores realizem operações de transferência do local de votação e revisão de qualquer informação constante do Cadastro Eleitoral. Nessa segunda-feira (24 de janeiro), pela viralização de conteúdos com mesmo teor do post checado nesta verificação, o TSE e outros TREs de todo o país divulgaram informações em seus canais oficiais (site e redes sociais como o Facebook), classificando como falsas as alegações de que o eleitor que não realizar o cadastramento biométrico até 4 de maio estará impedido de votar na eleição, seja em primeiro (2 de outubro) ou segundo turno (30 de outubro). Na semifinal, anotou dois dos três tentos que o time marcou contra o América-MG. O projeto de checagens também conversou com a advogada atuante em direito público e defesa de mulheres Maíra Recchia. Verificação Biometria suspensa O texto verificado pelo Comprova, compartilhado por um perfil pessoal no Facebook, e propagado no WhatsApp e outras redes sociais, afirma que o cadastro eleitoral encerra em 4 de maio de 2022 e, de forma equivocada, aponta que quem não tiver registrado a biometria até esta data não poderá votar. No entanto, o próprio TSE, em um release publicado na tarde de segunda-feira (24), informou que o eleitor sem biometria não será impedido de votar em 2022. O atacante Vitinho foi o artilheiro do tricolor paulista com cinco gols e concorre ao prêmio de craque da competição.

Reiterou, ainda, que o cadastro biométrico continua suspenso em todo o país. Além disso, todas as informações relativas à biometria, assim como a suspensão do cadastramento em função da pandemia da covid-19 foram divulgadas pelo TSE em seus canais oficiais (site e redes sociais). As mesmas informações também foram publicadas por Tribunais Regionais Eleitorais de diferentes partes do país. Foi o artilheiro geral da Copinha, com oito gols, um deles espetacular na partida contra o São Paulo. Impressão digital A advogada atuante em direito público e defesa de mulheres Maíra Recchia explicou ao Comprova que a biometria é uma forma de identificar o eleitorado pela impressão digital."[A biometria] veio para conferir maior agilidade no processo de identificação daquele(a) que irá votar.

Nesse formato, a urna só é liberada para votação quando o leitor biométrico identifica as impressões digitais da eleitora ou do eleitor, após o competente cadastramento biométrico na Justiça Eleitoral", esclareceu. Considerado a estrela tricolor da Copinha, correspondeu à expectativa com bolas na rede. Recchia enfatiza, assim como os órgãos eleitorais, que em virtude da pandemia da covid-19 o cadastramento biométrico foi suspenso, mas que aqueles que não se cadastraram continuam aptos a votar conforme a resolução do TSE número 23.669/2021 . "Essa resolução trata dos atos gerais do processo eleitoral, e dispõe que a carteira de identidade, identidade social, passaporte ou outro documento de valor legal equivalente, inclusive carteira de categoria profissional reconhecida por lei, certificado de reservista; carteira de trabalho e carteira nacional de habilitação são documentos suficientes para comprovar a identidade do(a) eleitor(a) e permitir o exercício do voto. Ou seja, quem ainda não se cadastrou biometricamente basta (portar um desses documentos)", disse.

Por que investigamos? O Comprova investiga conteúdos suspeitos sobre pandemia, políticas públicas e eleições. O projeto observa os dados de viralização e o impacto desses conteúdos para decidir pela verificação. Nos últimos anos, tem se tornado comum a circulação de mensagens e informações falsas com o intuito de descredibilizar e tumultuar o processo eleitoral no país. A mesma publicação analisada nesta checagem do Comprova teve variações divulgadas por perfis pró-Bolsonaro no Facebook, Twitter e WhatsApp. Todas sugerem a existência de um"complô" entre o TSE e a mídia tradicional para ocultar uma suposta obrigatoriedade de realização de cadastramento biométrico para participação no processo eleitoral deste ano.

O suposto"complô" teria o objetivo de afastar das urnas apoiadores do presidente Bolsonaro, impedindo uma possível reeleição. Uma das postagens teve mais de 4.000 interações. A segurança no sistema eleitoral é um dos principais alvos de desinformação hoje nas redes sociais. O conteúdo aqui verificado também foi investigado pelo .