Juegos Olímpicos, Tokio 2020, Juegos Olímpicos 2020, Deportistas, Deportes, Competiciones, Israel, Argelia, Judo, Japón, Egipto, Irán

Juegos Olímpicos, Tokio 2020

Judoca argelino abandona os Jogos Olímpicos para não enfrentar um rival de Israel

Fethi Nourine já havia se negado a competir contra um israelense no Campeonato Mundial de 2019

24/07/2021 04:30:00

Nourine, que já havia agido da mesma forma no Campeonato Mundial de Judô de 2019, dessa vez afirmou à televisão: “Não vamos fazer com que a bandeira de Israel seja erguida e não vamos sujar as mãos lutando com um israelense”

Fethi Nourine já havia se negado a competir contra um israelense no Campeonato Mundial de 2019

. O Marrocos, em troca, estabeleceu relações diplomáticas com o Estado sionista. O próximo passo será a visita a Rabat do ministro israelense das Relações Exteriores, Yair Lapid, anunciada para as próximas semanas.

À Fox News, Eduardo Bolsonaro diz que prefeito de NY é 'marxista' e que EUA podem virar Venezuela Ela diz que tá chegando! l QUE MEME É ESSE l G1 Pará fecha compra de 1 milhão de doses de CoronaVac com o Butantan | Radar

A visita ocorre após o consórcio internacional de imprensa Forbidden Stories revelar que o Marrocos tem uma lista de 10.000 números como possíveis objetivos de escuta e controle por parte do programa informático deespionagem Pegasus,

vendido pela empresa israelense NSO. Desses 10.000 números, mais de 6.000 pertencem a argelinos, entre os quais estão membros da cúpula política e militar do país, segundo o consórcio.Atletas de outros países, incluindo o Irã e o Egito, se negaram anteriormente a competir contra israelenses, pelas complexas relações entre o mundo islâmico e Israel. Até o ano passado, quando ampliou os laços diplomáticos aos Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Sudão e Marrocos, o Estado sionista só mantinha relações formais com a Jordânia e o Egito que algumas vezes foram tensas até no campo esportivo. headtopics.com

Repúdio do Egito e IrãNosJogos do Rio de Janeiro 2016, o judoca egípcio Islam el Shehaby abandonou a competição poucas horas depois de se negar a cumprimentar um rival israelense, Or Sasson, que o venceu na primeira rodada masculina na categoria de mais de 100 quilos. O egípcio, que foi medalhista no Campeonato Mundial de 2010, foi submetido à pressão de grupos islamitas de seu país nas redes sociais para que se retirasse e não enfrentasse Sasson, segundo informações do portal de notícias

Times of Israel. Posteriormente, foi alvo de duras críticas por ter sido derrotado.A Federação Internacional de Judô emitiu em abril uma ordem de proibição da participação em torneios internacionais, de quatro anos de duração, contra a Federação de Judô do Irã, após as autoridades esportivas de Teerã exigirem que seus atletas nunca enfrentassem oponentes israelenses. A entrada em vigor da ordem foi adiada para setembro deste ano, quando o judoca Saeid Mollaei abandonou a equipe iraniana durante o Campeonato Mundial de Tóquio. Do exílio, Mollaei revelou que havia recebido instruções de dirigentes esportivos do Irã para perder de propósito para poder se retirar das competições se a vitória levasse a um confronto com um israelense.

OComitê Olímpico Internacionalautorizou no começo de 2020 a inclusão de Mollaei na equipe nacional da Mongólia como refugiado. Pouco depois, o judoca iraniano viajou a Israel para participar em uma competição em Tel Aviv. “Estou competindo somente pela Mongólia, já não o faço pelo Irã. Sempre fui um atleta e nunca me envolvi com política”, declarou à época ao canal Kan, a televisão estatal israelense.

Consulte Mais informação: EL PAÍS Brasil »

Vulcão 'apaga' vilas da ilha La Palma, na Espanha - BBC News Brasil

Parte das Ilhas Canárias, La Palma tinha visto uma erupção do mesmo vulcão em 1971.

Cagão Está errado! Vá, lute e ganhe, seja exemplo de amor pela sua gente, seu povo, sua nação. É possível protestar contra a opressão do povo palestino sem ser pedante, covarde ou ter a pretensão de ser portador de qualquer pureza. Deplorável comportamento. Gente que isso Arregouuuuuu!!! brabo Se fosse um afrodescendente......

Lembrei de uma partida de futebol entre Irã e EUA. Acho que foi numa Copa. Clima amistoso e de congraçamento. Lindo foi a ação da família que doou órgãos do familiar linchado por palestinos. E doou para uma palestina. Melhor ele largar o esporte. Babaca! Justo 👏👏👏👏 É só excluir o atleta das olimpíadas para sempre, pois ele está indo totalmente contra o principal intuito dos jogos, que é união dos povos.

Judoca argelino se recusa a lutar contra adversário de Israel e abandona as Olimpíadas - ISTOÉ IndependenteO judoca argelino Fethi Nourine anunciou que irá deixar Tóquio e não disputará os Jogos Olímpicos. O motivo da decisão foi o sorteio das chaves da modalidade, que indicou um possível confronto entre o argelino e o israelita Tohar Butbul pela segunda fase da competição na categoria até 73kg. + Confira quem serão os porta-bandeiras […] Esse não é o espírito olímpico! Quando os jogos foram criados, até guerras eram interrompidas. Que decisão imbecil...

Era uma posição parecida que eu esperava da seleção brasileira na 'Cepa América'. Nobre ato! O que Israel faz é inaceitável. Assentamentos ilegais na Cisjordânia, massacre de palestinos... a lista não tem fim. 👏👏👏 Fantástico Um paspalho. Se todos seguissem o exemplo dele e usassem motivação política p/ não enfrentar um adversário, não haveria razão p/ os jogos olímpicos.

Judoca argelino se recusa a lutar contra adversário de Israel e abandona as Olimpíadas - ISTOÉ IndependenteO judoca argelino Fethi Nourine anunciou que irá deixar Tóquio e não disputará os Jogos Olímpicos. O motivo da decisão foi o sorteio das chaves da modalidade, que indicou um possível confronto entre o argelino e o israelita Tohar Butbul pela segunda fase da competição na categoria até 73kg. + Confira quem serão os porta-bandeiras […] Esse não é o espírito olímpico! Quando os jogos foram criados, até guerras eram interrompidas. Que decisão imbecil...

Veja fotos da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de TóquioOs Jogos Olímpicos de Tóquio começam oficialmente nesta sexta-feira (23), depois de terem sido adiados por um ano em razão da pandemia da Covid-19.

A controversa Olimpíada de Tóquio em números - BBC News BrasilProtestos, adiamento, altos custos, testes de covid e até estado de emergência decretado. Veja um resumo das controvérsias da Olimpíada: Tá tendo mais de mil infectados por dia em Tóquio. Me perdoem pelo incômodo, tenho três filhas e estamos passando necessidades, não temos quase alimentos, contas e aluguel atrasado, por favor quem puder nos ajude, me doe qualquer valor, não tenho condições, de RT pra me ajudar, Deus abençoe.***** Pix= beneditoribeiro832gmail.com

Entre o vírus e o vazio, o esporteEditorial | Começa uma edição empobrecida dos Jogos Olímpicos. Mas os atletas poderão inspirar um mundo esgotado Sabemos da necessidade da caixa e lutamos por mais convocações, apenas 3mil não é o suficiente para atender a população ContrataCaixa tamojuntobmd JornalNacional JornalDaRecord FalaBrasil BurburinhoNews UzielBueno AprovadosCEF14 Casemiro_Neto bocaonews BandJornalismo xicosa Enquanto o vírus está solto por aí, sem controle, com muitos interrogantes, para quê estes jogos?!

Olimpíada de Tóquio 2020: as imagens da abertura dos Jogos - BBC News BrasilApós o adiamento em um ano e superação de milhares de inconvenientes, as Olimpíadas de Tóquio começaram com a cerimônia de abertura no Estádio Olímpico. O globo formado por drones e só O que esta farda está fazendo aí? Uma vergonha ....nenhum brasileiro no desfile ..... Eu aqui do EUA esperando ...toda feliz.... E nada !!!...uma decepção