Em debate na Globo, Haddad se compromete com paridade de gênero no secretariado

28/09/2022 06:16:00

Em debate na Globo, Haddad se compromete com paridade de gênero no secretariado

Em debate na Globo, Haddad se compromete com paridade de gênero no secretariado

Segundo o petista, 'a riqueza do Brasil é respeitar as pessoas na sua diferença'

Apoie Siga-nos no O candidato do PT ao governo de São Paulo, Fernando Haddad, reforçou nesta terça-feira 27, em debate na TV Globo , o compromisso “de ter paridade de homens e mulheres no secretariado”, caso seja eleito.Segundo o Ministério da Saúde, foram aplicadas 483,02 milhões de vacinas contra a covid-19 no Brasil - Rovena Rosa / Agência Brasil Segundo o Ministério da Saúde, foram aplicadas 483,02 milhões de vacinas contra a covid-19 no Brasil Rovena Rosa / Agência Brasil.Covid-19: Brasil registra 6.Ministro da Educação, Victor Godoy, disse que os alunos não têm o 'conhecimento exigido daquela série específica' - Marcelo Camargo/Agência Brasil Ministro da Educação, Victor Godoy, disse que os alunos não têm o 'conhecimento exigido daquela série específica' Marcelo Camargo/Agência Brasil.

Ao abordar a diversidade, ressaltou a importância de medidas como a política de cotas nas universidades e no serviço público.“Na diversidade é onde o governo federal mais errou.Errou em várias, mas nesta, em especial, primou pelo erro”, disse Haddad em embate direto com o candidato bolsonarista, Tarcísio de Freitas (Republicanos).“Tratou mal as mulheres; tem uma postura frente aos negros brasileiros completamente indigna; e não respeita as religiões que não são evangélicas, ou seja, persegue a religião e diz que as minorias têm de se submeter à maioria, como se a liberdade religiosa não fosse um princípio constitucional.” Segundo Haddad, “a riqueza do Brasil é respeitar as pessoas na sua diferença: a pessoa com deficiência, o indígena, a mulher, o negro, a comunidade LGBT – de que a todo momento ele [Bolsonaro] debocha”.

Relacionadas.

Consulte Mais informação:
CartaCapital »
Loading news...
Failed to load news.

Kkkkkkkkkkkk olhas as pautas

Covid-19: Brasil registra 6.567 casos e 32 mortes em 24 horas | Brasil | O DiaDesde início da pandemia foram 34,63 milhões de casos e 685.782 óbitos. ODia

Covid-19: Brasil registra 6.809 novos casos nas últimas 24h | Brasil | O DiaMédia móvel semanal de vidas perdidas foi de 57, baixa de 3% em relação à de duas semanas. ODia

Educação tem desafio de lidar com desnível entre alunos, afirma ministro | Brasil | O DiaVictor Godoy ressaltou que os alunos não têm o 'conhecimento exigido daquela série específica'. ODia

Brasil registra 49 mortes por Covid e média volta a registrar tendência de quedaSão 685.930 óbitos e 34.688.063 casos conhecidos de Covid-19 registrados desde o início da pandemia, segundo dados reunidos pelo consórcio de veículos de imprensa. Lembrando que boa parte dessas mortes poderiam ter sido evitadas se o atual presidente tivesse feito seu papel enquanto presidente e comprado vacinas ao invés de fazer lives no Facebook Pra qm não sabe, estudos recentes estão confirmando que o 'remédio do piolho ' (o qual é proibido dizer o nome pela sensura que vivemos hj) está se confirmando cada vez mais eficaz. Logo saberemos qm são os verdadeiros g3n0c1das 👍🏻 Vão abafar até quando os casos no Chile? A CNN e outros canais de mídia ,inclusive alemão, já informou o que está acontecendo por lá. E então?

Covid: Brasil registra 49 mortes em 24 horas, diz consórcio | O AntagonistaO número desta terça (27) é quase idêntico ao do Conass, que contabilizou 46 óbitos no período; média de mortes diárias caiu em 27%.