Oms, Coronavirus Covid-19, Pandemia, Coronavirus, Enfermedades İnfecciosas, Enfermedades Respiratorias, Ms Brasil, Cuarentena, Vacunas, Vacunación, Ciencia, Medicina, Sanidad Pública, Sanidad Privada

Oms, Coronavirus Covid-19

Dalcolmo: “Em vez de perder tempo com vacina privada, Brasil precisa de diplomacia para comprá-las”

Pesquisadora da Fiocruz diz que país precisa fechar e vacinar 150 milhões até o meio do ano para não inviabilizar imunidade coletiva. “Perderemos muitos jovens, mesmo sem comorbidades”

07/04/2021 23:00:00

Pesquisadora da Fiocruz diz que país precisa fechar e vacinar 150 milhões até o meio do ano para não inviabilizar imunidade coletiva. “Perderemos muitos jovens, mesmo sem comorbidades”

Pesquisadora da Fiocruz diz que país precisa fechar e vacinar 150 milhões até o meio do ano para não inviabilizar imunidade coletiva. “Perderemos muitos jovens, mesmo sem comorbidades”

, cerca de 10% da população, recebeu a primeira dose do imunizante.A isso se soma a necessidade de o país promover um confinamento rígido por duas ou três semanas, no mínimo. “Mesmo que estivéssemos neste momento imprimindo

TCU inocenta Dilma e responsabiliza Gabrielli e mais 6 por compra da refinaria de Pasadena Polícia Federal aciona o Supremo contra Ricardo Salles e diz que ministro dificultou ação de órgãos ambientais TCU absolve Dilma por irregularidade na compra da refinaria de Pasadena

um ritmo de vacinação ideal de duas milhões de doses por dia, ainda assim seria necessário mantermos medidas de distanciamento social. A vacina sozinha não é um milagre”, destaca. Para isso, ela diz, se faz necessário também um auxílio emergencial suficiente para que as pessoas fiquem em casa. “Tem que parar com essa conversa falsa, essa dicotomia, que

. Não é, é da saúde pública.”Pergunta.Março registrou mais de 60.000 mortes por covid-19. O que podemos esperar para o mês de abril?Resposta.um mês de abril muito triste, muito grave. A taxa de transmissão está extremamente alta. E quem está causando doenças são as novas variantes, o que significa que muita gente jovem está adoecendo, e não necessariamente com comorbidades. Mudou o perfil de pessoas que demandam assistência e a pressão no sistema hospitalar segue muito alta. Isso é muito grave, porque vamos ter morte numa faixa etária mais jovem, numa fase muito produtiva das vidas. Acho que headtopics.com

, porque isso se acompanha de um ritmo de vacinação ainda aquém do desejável.P.É razoável pensar num cenário de 5.000 mortes diárias?R.Matematicamente é possível. O que propiciaria isso ocorrer? Manter uma transmissão muita alta, sem fechamento de nada, todo mundo circulando, transporte coletivo funcionando... Nesse caso podemos chegar, sim, porque há um exaurimento do sistema saúde. Há também outras doenças que não estão sendo tratadas adequadamente. Estão sendo negligenciadas. Muita gente vai morrer e não é de covid-19, mas sim de outras doenças. Por isso a situação no Brasil é muito trágica.

P.diz que três semanas de confinamento rígido é o tempo necessário para que comece a existir um efeito significativo e se reduza as mortes pela doença. Afinal, o que precisa ser feito?R.O Brasil precisa fechar por duas semanas pelo menos, ou três, para diminuir a circulação do vírus. Quando disse isso pela primeira vez,

as pessoas disseram que eu estava fazendo apocalipse, mas não, eu estou sendo realista. Os epidemiologistas nos ensinam muito bem. Uma doença que se transmite com a facilidade com que a covid-19 se transmite, que não é de uma pessoa para outra, mas de uma pessoa para várias outras mesmo estando assintomático, é muito séria. E temos que realmente vacinar muita gente e muito rápido. Há estudos recentes mostrando que quanto mais gente vacinada, você consegue influenciar a transmissão inclusive nos não-vacinados, suavizando a taxa de transmissão na comunidade. Isso é muito interessante. Mas, para isso, precisaríamos ter vacina, e nós não temos vacina. E tem outras coisas que parecem detalhes, mas não são. O uso de máscaras... As

, não podem ser essas máscaras que não filtram nada e que as pessoas estão usando.P.Temos imunizantes de eficácia mais baixa, o que exige uma cobertura de vacinação bastante ampla. Mas a vacinação ocorre lentamente. Existe o risco de inviabilizarmos a imunidade coletiva? headtopics.com

Dilma Rousseff é absolvida pelo TCU no caso da refinaria de Pasadena As acusações não reveladas de crimes sexuais contra o fundador das Casas Bahia, Samuel Klein Bolsonaro é 'grande responsável' por 'desastre' de covid, diz vice-presidente de delegação do Parlamento Europeu para o Brasil - BBC News Brasil

R.Existe. Consulte Mais informação: EL PAÍS Brasil »

Amanda Mars: “O método jornalístico do correspondente consiste em extrair de toda história particular a tendência de fundo”

Diretora da sucursal de Washington conta como se põe no lugar do leitor para encontrar as perguntas corretas

Mas colmo vai dal Dra? Diga assim: fudeu!!! Se a Fiocruz conseguir entregar vacinas e ajudar o Butantã. Que grave! Abra mão de qualquer rendimento antes de defender fechamento. O povo precisa trabalhar. Então fala para ela para dar um pulo na Fiocruz e avisar isso para eles. Já que os atrasos já ultrapassaram qualquer nível de bom senso...

Precisamos que a OMS tenha coragem para fechar um acordo de produção apenas da vacina de Oxford e Astrazeneca. Nada de negociar com Russos e Chineses e nada de vacinas que precisam de refrigerados caros e que também sejam caras. Tá na hora dessa nação ter colhão.