Como o Facebook permite que governos enganem seus próprios cidadãos

Após denunciar a brecha que permite que governos de países pobres continuem enganando suas populações, Sophie Zhang foi demitida

12/04/2021 20:45:00

Após denunciar a brecha que permite que governos de países pobres continuem enganando suas populações, Sophie Zhang foi demitida! tecmundo

Após denunciar a brecha que permite que governos de países pobres continuem enganando suas populações, Sophie Zhang foi demitida

The GuardianFacebooktem conduzido a divulgação de campanhas falsas de governos e políticos em todo o mundo. Utilizando uma brecha propositalmente ignorada pela rede social, políticos fingem apoio popular e criam campanhas espúrias contra seus oponentes.

Bruno Covas tem quadro clínico irreversível, diz boletim médico Ministro Ricardo Lewandowski concede a Pazuello direito de ficar em silêncio na CPI da Covid Bruno Covas piora e estado de saúde é considerado irreversível - Política - Estadão

Trabalhando com documentação interna da empresa, e com base no testemunho de uma ex-cientista de dados do Facebook, Sophie Zhang, o periódico mostra como a equipe deMark Zuckerbergfiscaliza essa sensível atividade de forma seletiva: rapidez quando se trata de práticas em países como os EUA, Coreia do Sul e Taiwan, e “vista grossa” em mais pobres como Afeganistão, Iraque e toda a América Latina.

Zhang afirmou ao periódico que o tratamento dissimilar é pautado apenas por um possível impacto nas relações públicas com os países ricos. Ao denunciar essa discrepância aos seus superiores, ela foi demitida por “mau desempenho”. headtopics.com

Como os políticos usam essa brecha do Facebook?Sophie Zhang (Fonte: The Guardian/Reprodução) Consulte Mais informação: TecMundo »

G1 Ouviu #139 - Juliette, a melhor cantora do BBB21... Maquiadora pode virar popstar após o reality? | G1 Ouviu | G1

Em uma edição com Projota, Karol Conká, Pocah, Rodolffo e Fiuk, uma cantora amadora virou aposta musical do Big Brother. G1 analisa performances e futuro Juliette Freire na música.

Nei entendi mas compreendi

Publicação de Bolsonaro é marcada como falsa por Facebook e InstagramO presidente postou vídeo que comparava títulos de matéria feita em 2019, mas erro de tradução do espanhol altera sentido da 'denúncia' Parabens pelo minimo mas foi bem atrasada essa ação É o mínimo diante das asneiras e do mau caratismo desse canalha 😕

“Facebook trata brasileiros como cidadãos de segunda classe”, diz especialista em privacidade - Link - EstadãoNova política de privacidade do aplicativo de mensagens permite que o Facebook use dados dos usuários para fins de monetização, mas União Europeia e Reino Unido estão isentos da mudança

'Dança do carpinteiro': como um clássico de Woodstock virou meme com Ivete, Safadão e mais'If i were a carpenter', clássico folk de Tim Hardin, ganhou versão de Ronnie Von em 1967. Agora, brega do maranhense Elias Monkbel viraliza em passo do Orlandinho, 'rei do piseiro'; entenda.

Bolsonaro age como ‘monarca presidencial’, diz Celso de MelloNa decisão em que mandou o Senado abrir uma CPI para investigar a atuação do governo na pandemia, o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Monarcas sabem usar talhares... Avisa ao senhor Celso, amiguinho do Sarney, que ele agora é um zero jurídico. Mesmo que eu não compactue com Bolsonaro, ex ministros é mesmo que nada e devem se recolher a sua pomposa aposentadoria! Mas um monarca pelo menos deixa o primeiro ministro governar. Bolsonaro não governa e não deixa ninguém mostrar algum tipo de competência em seu governo. Cercou-se de pessoas medíocres.

Henry Borel: Como polícia teve acesso a mensagens de WhatsApp apagadas por casal - BBC News BrasilPrograma israelense usado por investigadores brasileiros é capaz de acessar dados de Facebook, WhatsApp, Telegram, e pode identificar senhas, conversas de bate papo, dados sobre localização, anexos de e-mails e conteúdos apagados queria ver esse verme encarando um homem do tamanho dele...na prisão Curioso que mensagens de outros criminosos não consegue descobri ou não que.