Como cientistas querem usar DNA para armazenar dados - BBC News Brasil

Pesquisadores dizem que deram um grande passo no armazenamento de informações em moléculas de DNA.

08/12/2021 05:53:00

Uma equipe em Atlanta, nos Estados Unidos, acaba de desenvolver um chip que, segundo eles, poderá multiplicar por 100 a qualidade das formas existentes de armazenamento em DNA.

Pesquisadores dizem que deram um grande passo no armazenamento de informações em moléculas de DNA.

EpisódiosFim do PodcastExistem diversas formas possíveis de armazenar essas informações em DNA. O zero do código binário, por exemplo, pode ser representado pelas bases adenina ou citosina e o 1 pode ser representado por guanina ou timina. Ou um e zero poderão ser mapeados com apenas duas das quatro bases.

Cientistas afirmam que, formatados em DNA, todos os filmes já produzidos poderão ocupar um volume menor que um cubo de gelo.Com toda essa confiabilidade e compactação, não surpreende o amplo interesse despertado pelo DNA para que se torne o próximo meio de arquivo de dados que precisam ser mantidos indefinidamente.

As estruturas do chip utilizado para cultivar o DNA são chamadas de microcavidades e têm apenas algumas centenas de nanômetros de profundidade - menos que a espessura de uma folha de papel.O protótipo atual do microchip é um quadrado com cerca de 2,5 cm que possui numerosas microcavidades, permitindo que várias fitas de DNA sejam sintetizadas paralelamente. Isso permitirá o cultivo de quantidades maiores de DNA em espaço de tempo mais curto. headtopics.com

Opinião: A irracional tentativa de atribuir a Lula a pecha de adversário da democracia

Como se trata de um protótipo, nem todas as microcavidades estão conectadas. Isso significa que a quantidade total de dados que pode ser armazenada em DNA com esse chip específico atualmente é menor que a que podem produzir as principais empresas de síntese em chips comerciais.

Mas Guise explica que essa situação mudará quando tudo estiver concluído. O recorde atual de armazenamento de dados digitais em DNA é de cerca de 200 MB, em que cada síntese isolada leva cerca de 24 horas para ser concretizada. A nova tecnologia poderá escrever 100 vezes mais dados em DNA no mesmo período de tempo.

O alto custo atual do armazenamento em DNA restringiu a tecnologia a clientes muito específicos, como os que procuram arquivar informações em cápsulas do tempo. Mas a equipe do GTRI acredita que o seu trabalho poderá ajudar a diluir esse custo.

Por que a educação na primeira infância é uma etapa fundamental | por Vera Murányi

O instituto formou parcerias com duas companhias de biotecnologia da Califórnia, nos Estados Unidos, para elaborar uma demonstração comercialmente viável dessa tecnologia: a Twist Bioscience e a Roswell Biotechnologies.Crédito, headtopics.com

Legenda da foto,Nicholas Guise, do GTRI, testa circuitos eletrônicos no microchipInicialmente, a armazenagem de dados em DNA não irá substituir as torres de servidores existentes para oferecer acesso rápido e frequente às informações. Devido ao tempo necessário para leitura das sequências, essa técnica seria mais útil para informações que precisam ser mantidas disponíveis por longos períodos, mas que são acessadas apenas ocasionalmente.

Atualmente, esse tipo de dados é armazenado em fitas magnéticas que devem ser substituídas a cada cerca de 10 anos. Mas, com DNA, "desde que mantidos sob temperatura suficientemente baixa, os dados sobreviverão por milhares de anos, de forma que seu custo de propriedade cai a quase zero", explica Guise.

Apple cria Guia de Segurança para usuários de AirTags

"Muito dinheiro é gasto para escrever o DNA no princípio e para ler o DNA, na outra ponta. Se pudermos tornar o custo dessa tecnologia competitivo com o custo de registrar os dados magneticamente, o custo de armazenamento e manutenção das informações em DNA ao longo de tantos anos deverá ser inferior", afirma ele.

O armazenamento em DNA tem uma taxa de erro mais alta que o armazenamento convencional em discos rígidos. Em colaboração com a Universidade de Washington, nos Estados Unidos, os pesquisadores do GTRI criaram uma forma de identificar e corrigir esses erros. headtopics.com

O trabalho conta com o apoio da organização governamental norte-americana Intelligence Advanced Research Projects Activity (IARPA), que incentiva a ciência dirigida à solução de desafios relevantes para a comunidade norte-americana de inteligência.

Consulte Mais informação: BBC News Brasil »

CBN Em Foco - 28/01/2022 - Os novos embates de Bolsonaro e a politização dos jovens

No CBN Em Foco, você acompanha uma análise aprofundada dos temas que dominam o noticiário. Um programa que tem a proposta de separar os fatos da espuma. Hoje... Consulte Mais informação >>

Como EUA ajudaram Irã a iniciar polêmico programa nuclear - BBC News BrasilFaz duas décadas que o programa nuclear do Irã é uma das principais preocupações dos EUA. Mas o governo americano teve papel crucial na origem dessa tensa questão geopolítica. TUDO que os EUA fazem nos países explorados econômicamente, dá errado Enquanto os EUA ficam preocupados com a possibilidade do IRÃ desenvolver armas atômicas, aumenta o próprio arsenal. Mas é evidente. Que merda no mundo que não tem algum nível de culpa dos Estados Unidos?

Sem títulos e na berlinda: entenda como Jorge Jesus pode ser demitido pelo Benfica em dezembroMíster é o nome mais desejado para comandar o Flamengo, segundo a torcida Rubro-Negra. Em mês decisivo, treinador pode não aguentar a pressão até o fim do contrato

Notebook: saiba como escolherAcer, Asus, Apple, Dell… conheça modelos e veja como fazer a melhor compra para estudar, trabalhar e jogar.

Bolsonaro altera regras do ProUni e Haddad classifica mudanças como 'lixo'Presidente liberou o acesso ao Programa Universidade para Todos a alunos de escolas privadas E a filha do bolsonaro que furou fila e nao fez a prova pra entrar no colégio militar? Governo da elite, o pobre que se foda Ele está certo Qual é a lógica de tirar a vaga de aluno da escola pública q tem q estudar e trabalhar, pra dar pra quem pode pagar escola particular? Embora alguns aqui digam que era pobre e estudou ensino médio ou parte em particular, é pq não teve q fazer escolha por comer.

Como Will Smith transformou superação pessoal em grande negócioEm 2021, o astro de Hollywood lançou autobiografia, reality-show sobre emagrecimento, documentário sobre a natureza e pode ser indicado ao Oscar

Presente no EA Sports FIFA 22, Champions League tem Liverpool, Ajax e Bayern como destaquesTemporada 2021/22 da UEFA Champions League vai se aproximando da fase de mata-mata e tem Liverpool, Ajax e Bayern como principais destaques; saiba mais